O Planeta TV

Novo "Vídeo Show" repete fórmula de antigos programas da Globo

E mais: O fracasso de "Além do Horizonte" é assustador!

Por: Jeferson Cardoso

Foto: Divulgação/TV Globo

Não curti o novo "Vídeo Show". Na verdade, trata-se de um "Encontro com Zeca Camargo". Na estreia, Susana Vieira ofuscou o apresentador, que estava bem soltinho e falando mais alto que os personagens do cabaré de "Joia Rara".

Não consegui compreender o formato do programa. As reportagens entravam do nada no meio das brincadeiras (ou seria bate-papo?). As matérias só eram compreendidas depois de certo tempo, após os próprios entrevistados explicarem a reportagem.  

Encerrada as matérias, Zeca Camargo prosseguia com a convidada como se nada tivesse acontecido.

O "Vídeo Show" está cada vez mais descaracterizado. Esse novo formato, pra mim, é uma versão do "Vídeo Game" com o "Encontro com Fátima", com o objetivo de destacar o elenco da emissora, função que já faz o "Mais Você", "Domingão do Faustão", "Estrelas" e o "Encontro com Fátima".

"A gente ficou meses, semanas olhando como poderíamos fazer essa história da TV Globo incrível de uma maneira diferente e chegamos a um formato inovador e que é muito ousado", disse Zeca Camargo na coletiva de imprensa.

Formato inovador? Ousado? Só Santa Clara na causa!

Quanto à audiência... não espero muito coisa de um programa cuja formula é desgastada. Entendo que dez pontos seja lucro. Afinal, essa é a média do programinha no ano de 2013. Diante do que está sendo apresentado, a tendência é piorar.

Amor à Vida

Assisti ao capítulo desta segunda, 18/11, e a impressão foi a mesma. Novela de texto fraco e atuações exageradas. Parece que a moda agora é gritar, xingar, vulgarizar... Tudo por pontinhos de audiência.

Enfim, não perderei tempo falando sobre essa novelinha de Walcyr Carrasco. Nem posso, já que não a acompanho.

A audiência de 42,5 pontos não é nenhuma surpresa para uma novela relançada. O que importa mesmo é o seu desempenho final, que até o momento é de 35,1 pontos na Grande São Paulo. Não é um fiasco, mas também está longe de ser um fenômeno.

"Amor à Vida" tem uma ótima sinopse. Pena que foi mal desenvolvida e escrita por Walcyr Carrasco. Nada contra o autor, mas, pra mim, seus últimos trabalhos são dignos de Troféu Framboesa de Ouro – aquele que premia os piores do ano.

Por fim, não há felicidade maior do que vê Walcyr Carrasco penar para aumentar a audiência de "Amor à Vida", que deve chegar ao fim empacada nos 35 ou no máximo 36 pontos. Um a mais que tão criticada "Salve Jorge", e três (ou quatro) a menos que os clássicos "Avenida Brasil" e "Fina Estampa". FIM!

Hilda Furacão

O Canal Viva começa a reprisar hoje, a partir das 23h, a minissérie "Hilda Furacão". É a primeira vez que assistirei à essa obra escrita por Gloria Perez. Estou ansioso, pois sempre tive vontade de acompanhar.

Para noveleiros de plantão, e indico a novela "Água Viva". Lourdes Mesquita (Beatriz Segall) é uma vilã magistral. Isso sim que é novela!

Vale a Pena Ver de Novo

Uma correção, a substituta de "O Cravo e a Rosa" não estreará em janeiro, e sim em fevereiro após o lançamento de "Em Família", provavelmente uma ou duas semanas depois.

A trama escolhida ainda não foi divulgada oficialmente, mas "Cobras & Lagartos", "Ti-Ti-Ti" e "Caras & Bocas" são as mais cotadas. Em tempo: a Globo também não oficializou a censura à trama de João Emanuel Carneiro.

Em meio às especulações, sabe-se apenas que a re-reprise de "O Cravo" está surpreendendo, com médias de 20 pontos no Rio de Janeiro e 14 em São Paulo. São números surpreendentes para os dias de hoje.

Além do Traço Retumbante

É incompreensível a aprovação da sinopse dessa novelinha das sete. É muito ruim. É terrível! Pra mim, é a pior novela das sete já produzida, superando outros fracassos retumbantes, como "Tempos Modernos", "Três Irmãs" e "Guerra dos Sexos". Essas outras pelo menos tinham um pouco de sentido.

"Além do Horizonte" é sem noção. A história é confusa; sem graça; fraca; uma grande bobagem. Um capítulo pior que o outro; sem ganchos até para os comerciais. Parece uma novela escrita por amadores, sem nenhum conhecimento do gênero.

A minha paciência, como telespectador, chegou ao fim. Fiz de tudo, tentei, não deu. Infelizmente, mais um horário com a TV desligada.

Sei que muitos lembrarão os elogios dos dois primeiros capítulos. Uma ilusão. Na verdade, fui afobado e estou comendo cru. Deveria, como tenho feito nos últimos anos, ter esperado, no mínimo, dez capítulos para ter exposto a minha opinião. Entretanto, não me arrependo. Afinal, a opinião oscila de acordo com aquilo que é levado ao ar. Hoje posso adorar, amanhã não. Não vejo problema nisso. Só que muitas pessoas não compreendem e acabam considerando uma contradição.

A direção da emissora, certamente, fará alguma coisa para reverter a terrível (porém merecedora) audiência, de 20 pontos. Não sei se conseguirão salvar a novelinha, que tem um elenco bem parecido com as novelas de Íris Abravanel no SBT.

Por fim, assim como "Amor à Vida", evitarei ao máximo falar sobre essa produção. Observarei calado o desespero da Globo, e voltarei ao assunto assim que a emissora anunciar o fim desse fracasso retumbante.  

Pecado Mortal

Das novelas que estão no ar na TV aberta, "Pecado Mortal" é a única que me chama a atenção. É uma boa trama, não mais que isso. A novela não merece a baixa audiência, hoje de 6 pontos, mas também não é digna dos dois dígitos. Como assim? Que contradição é essa?

Não é contradição, apenas uma constatação. "Pecado Mortal", pra mim, é agradável, mas tem muita coisa que poderia ser ajustada para ser mais bem compreendida. Gosto muito da novela, e nem por isso devo considerá-la digna de uma audiência extraordinária. Estou sim insatisfeito com os 6 pontos, no entanto, acredito, que 8 pontos seria o ideal.  

Vamos dar um tempo nesse assunto, né? Chegaaaaaaa!

Tadinha!

Coitada da jornalista Neila Medeiros. Foi mais uma vítima de Silvio Santos. A coitada se iludiu tanto que chegou a afirmar que o "SBT Notícias" teria vida longa e que a direção estava feliz com os resultados. Uma semana depois, o telejornal – que tinha como missão acabar com o sucessinho do "Cidade Alerta" (da Record) – perdeu a quarta colocação para a TV Cultura.

Diante do fracasso, e sem dó e piedade, Silvio Santos mandou tirar o "SBT Notícias" do ar e demitiu 21 profissionais que estavam envolvidos no projeto. Neila, que trocou Brasília por São Paulo, está sem destino e praticamente desempregada. O seu contrato era renovado mensalmente. Uma pena, é uma ótima profissional. Espero que tenha oportunidade em outra emissora, pois o seu talento não é digno do SBT.

As tardes do SBT

Há algum afirmo que a boa fase do SBT no horário vespertino estava com os dias contados. Fui criticado e acusado de perseguir a emissora. Que seja, é o meu ponto de vista.

Penso que o SBT não merece os 4 pontos de audiência que alcança na média-dia. A emissora dedica 50% de sua programação a enlatados. Uma vergonha!

Quanto às re-reprises das novelas, o fracasso não é nenhuma novidade. Hoje, até mesmo a inédita "Cuidado com um Anjo" registra 5 pontos; a outras já se aproxima dos 3. Já vi esse vi antes e sei onde vai chegar: ao traço.

À noite, a situação também é crítica. "Chiquititas" perdeu o fôlego; e "Rebelde"... prefiro nem comentar.

O SBT, desculpe a sinceridade, serve apenas para assustar a Record.

Das próximas novelas...

Estou empolgado com o remake de "Meu Pedacinho do Chão". Gosto das novelas de Benedito Ruy Barbosa, e tenho saudade de suas histórias arrastadas, mas bem contadas.

Não espero muita coisa de "Geração Brasil", de Izabel de Oliveira e Filipe Miguez. Temo apenas que repitam o elenco de "Sangue Bom" e "Cheias de Charme".

Pra mim qualquer coisa é melhor que "Amor à Vida", então indicarei "Em Família". Pena que depois da insossa "Viver a Vida" não tenho mais confiança em Manoel Carlos.

Fico por aqui. Obrigado pela atenção. Até a próxima! =)



Publicidade

Comentários (41) Postar Comentário

GabrielUtrera comentou:

Fina Estampa. Audiência sim, Clássico NÃO.


Jeferson Cardoso respondeu:

Não vou entrar nesse mérito. Não sei se é foi um clássico; estou comentando a audiência, que foi extraordinária. ;)


Aline Martins comentou:

Adoro esses post que misturam tudo. Eu não vi os capitulos inicias de Alem do Horizonte, mas os 2 q vi semana passada tbem nao me comoveram, resultado: Não assisto. Amor a Vida não gosto tbem, acho chaaaaata. Não gostei do "velho" Video Show. Gosto de Pecado Mortal e ela não me incomoda. No Vale a Pena Ver de Novo gostaria q voltasse qualque uma menos uma trama do Walcyr. Tbem estou com um pé atras com a Maneco, mas acho que pelo menos o texto será melhor q Amor a Vida. ;) Bjs Jeff, otimo post.


Jeferson Cardoso respondeu:

Obrigado Aline. ;)


Thiago comentou:

Você descreveu tudo o que acho de além do horizonte. É o pior treco que já exibiram, não dá pra chamar de novela. Sem contar que quase não tem estrelas da globo atuando lá, tirando Flávia Alessandra e mais uns dois ou três meio conhecidos, o que resta é ator de segunda linha. Assustador.. Não dá pra acreditar que isso tá no ar.


Jeferson Cardoso respondeu:

Flávia - com a exceção de Duas Caras - está interpretando a mesma personagem há anos. A produção não muda nem o visual da atriz. É dose!


Adriano comentou:

Além do Horizonte - Os 3 primeiros capítulos foram bons, mais realmente não está legal agora, muito confuso, a tal busca pela felicidade já deveria ter começado e deveria ter mais ação, a novela tem um elenco desconhecido mais não justifica, Flor do Caribe tbm teve e foi um relativo sucesso para os dias de hoje.
Joia Rara - Eu gosto da novela, não é um Cordel encantado, mais é linda... Acho que Mariana Ximenes está tendo um destaque maior, adoro a personagem dela e seu romance com o ator novato que está super bem no papel tbm.
Amor a Vida - Depois de três semanas sem noção, veio a revelação, Walcyr quando quer escreve uma cena digna, mais mesmo assim temos que parabenizar Mateus Solano e Paolla Oliveira que se saíram muito bem. No mais a novela foi regular, não sei o pq, acho que a novela do Maneco vai ser diferente, espero que esteja certo e que venha uma novela boa.
SBT - Acho que está na hora de pensar mais na hora de exibir uma novela, re-re-re-reprise, duas novela no máximo já ta bom.
Chiquititas -Acho a novelinha boa, mais insistir na segunda temporada já é burrice, que venha Patinho feio.


Jeferson Cardoso respondeu:

Cena digna? Rssrsrsrsrs


Douglas Pereira comentou:

Jeferson, na época da enquete lançada pelo canal Viva, você já sabia que ia gostar tanto de Água Viva? Ou a novela te surpreendeu positivamente?
Pelo que acompanho das suas postagens, você gosta bastante! rsrsrs
Eu também adoro! ;)


Jeferson Cardoso respondeu:

Douglas, confesso que não esperava muita coisa de Água Viva. E demorei para entrar no ritmo da novela. É maravilhosa! Perfeita! Pelo menos por enquanto. \o/


Lili comentou:

Olá Jefferson. Vejo que a situação da TV andar complicada e cada dia pior. Até agora não entendi essa mudança da globo em suas chamadas e vinhetas. Vinhetas com visual retro, parece coisa de TV dos anos 60. E as chamadas mais parece daqueles seriado antigo e com linguagem de TV a cabo. Os filmes até que funciona. Mas para que fazer isso também com as chamadas da novelas e programas. Ultimamente a GLOBO vem descaído muito e não vejo a concorrência fazer nada para contra ataque, então todas na defensiva. A impressão que dar que está tudo bom e é melhor não mexer para piora.
Realmente tenho que concorda Video Show já era. Espero que com ajuste consiga mudar. Alem do Horizonte só por Deus e as outras nem vou falar. Em relação ao SBT a explicação e muito simples e faz sentido, para que o Silvio Santos vai investir em algo novo sendo que os repeteco dão mais audiência, quando a novelas cair em audiência basta reprisa chaves e os filmes que já passaram mais de 1000 e depois voltar as novelas. Um bom exemplo foi agora o SBT noticias, que visivelmente era superior aos seus concorrente no horário por sinal um boa ideia, mas olhar que deu, povo preferiu a palhaçada do Marcelo Rezende e o Sanguinário a Datena a culpa afinal de contas é de quem do SBT ou do telespectador. Fizeram maior barulho pelo Rebelde, a emissora colocou no ar, que por sinal um péssima estrategia ouvir o povo do twitter que só fica no facebook e ver series e novela no youtube para que TV. Olhar agora o resultado, apesar que bem feito o Ratinho estava melhorando e conseguiram mais uma vez acaba o programa.
Agora o Domingo da Gente, na minha modesta opinião poderia dar um boa audiência e seria talvez o azarão da Record se soubesse utilizar muito bem a ideia do programa. Daria para fazer uma mistura de Esquenta com o Artigo formato do Domingo legal e no comando um apresentador popular e esse a record tem o Geraldo Luis. Não acho que este programa seja a cara da Ticiane, Luciana ou Galisteu. Este formato tem apelo popular e tem que ser apresentar por um apresentador do mesmo gênero, senão já sabemos o final.
Ultimamente a impressão que dar que a Tv atual está sendo dirigida por amadores e que estão ali apenas por dinheiro e a TV do passado se foi, pelo jeito a tendencia e pior por que se fosse a uns 10 anos atrás a Globo do jeito que está sofreria muito para mantém o primeiro lugar em vários horários, mas a concorrência é pior que ela.

LRS comentou:

Nunca Falei sobre amor a vida até por que não assisto mas ontem assistir a cena da grande revelação, e ainda bem que a globo tem os melhores atores do Brasil. O texto apresentado era muito fraco, terrível e em algumas situações os atores soltavam frases sem pé nem cabeça.
Quanto a novela das sete concordo plenamente com você, nem a novela Máscaras da Record tinha uma trama tão sem sentindo a novela não tem ganchos as tramas paralelas conseguem ser mais sem graças do que a principal o elenco é fraco, Juliana Paiva que consegue pelo menos dar conta do recado. Não entendo qual o critério da Globo na escolha de seu autores, o Marcos Bernstein sei que é um ótimo roteirista de CINEMA e tanto ele quanto o Carlos Grégorio começaram como colaboradores de novela a pouco tempo, ou seja, os dois tem pouca experiencia na área, Enquanto isso autores como Antônio Calmon e Euclides Marinho continuam na geladeira. E se a emissora quer investir em novos autores porque não o Emanuel Jacobina ele já colaborou em varias novelas, escreveu algumas temporadas da malhação e sua única novela solo é uma das minhas favoritas que foi Coração de Estudante. Acho que a globo precisa urgente de alguém que entenda de televisão afinal de que serve ter o melhor time se não tem um bom técnico.


Jeferson Cardoso respondeu:

É, pelo jeito o público em geral se sente envergonhado com o texto desta novela. É tenso!


LRS comentou:

Nunca Falei sobre amor a vida até por que não assisto mas ontem assistir a cena da grande revelação, e ainda bem que a globo tem os melhores atores do Brasil. O texto apresentado era muito fraco, terrível e em algumas situações os atores soltavam frases sem pé nem cabeça.
Quanto a novela das sete concordo plenamente com você, nem a novela Máscaras da Record tinha uma trama tão sem sentindo a novela não tem ganchos as tramas paralelas conseguem ser mais sem graças do que a principal o elenco é fraco, Juliana Paiva que consegue pelo menos dar conta do recado. Não entendo qual o critério da Globo na escolha de seu autores, o Marcos Bernstein sei que é um ótimo roteirista de CINEMA e tanto ele quanto o Carlos Grégorio começaram como colaboradores de novela a pouco tempo, ou seja, os dois tem pouca experiencia na área, Enquanto isso autores como Antônio Calmon e Euclides Marinho continuam na geladeira. E se a emissora quer investir em novos autores porque não o Emanuel Jacobina ele já colaborou em varias novelas, escreveu algumas temporadas da malhação e sua única novela solo é uma das minhas favoritas que foi Coração de Estudante. Acho que a globo precisa urgente de alguém que entenda de televisão afinal de que serve ter o melhor time se não tem um bom técnico.

LRS comentou:

Nunca Falei sobre amor a vida até por que não assisto mas ontem assistir a cena da grande revelação, e ainda bem que a globo tem os melhores atores do Brasil. O texto apresentado era muito fraco, terrível e em algumas situações os atores soltavam frases sem pé nem cabeça.
Quanto a novela das sete concordo plenamente com você, nem a novela Máscaras da Record tinha uma trama tão sem sentindo a novela não tem ganchos as tramas paralelas conseguem ser mais sem graças do que a principal o elenco é fraco, Juliana Paiva que consegue pelo menos dar conta do recado. Não entendo qual o critério da Globo na escolha de seu autores, o Marcos Bernstein sei que é um ótimo roteirista de CINEMA e tanto ele quanto o Carlos Grégorio começaram como colaboradores de novela a pouco tempo, ou seja, os dois tem pouca experiencia na área, Enquanto isso autores como Antônio Calmon e Euclides Marinho continuam na geladeira. E se a emissora quer investir em novos autores porque não o Emanuel Jacobina ele já colaborou em varias novelas, escreveu algumas temporadas da malhação e sua única novela solo é uma das minhas favoritas que foi Coração de Estudante. Acho que a globo precisa urgente de alguém que entenda de televisão afinal de que serve ter o melhor time se não tem um bom técnico.

Jorge Moura comentou:

Também não curto Além do Horizonte, acho uma novela broxante, mas daí falarem que a novela é um fiasco por causa dos atores é apelação. Como contar uma história onde o núcleo principal são de jovens sem atores com esse perfil ? fazer como antigamente onde pessoas de idade faziam papel de jovens ? (vide a primeira versão de mulheres de areia na TUPI).

Veja também

Publicidade