O Planeta TV

Totalmente Demais: crítica especializada não tem a mesma visão público

Autores dão ouvidos aos fãs e batem recordes de audiência às 19h.

Por: Jeferson Cardoso

O trio de protagonistas de TD+. Foto: Globo

No fim do ano passado, na escolha do melhores do ano, fiquei em cima do muro. Com apenas dois meses no ar, Totalmente Demais me balançou. De imediato, desde a primeira cena, ou primeiro capítulo, amei essa novela. Apeguei-me e vivi intensamente a história contada por Rosane Svartman e Paulo Halm.

Totalmente Demais, diferente de sua antecessora – que que tinha um humor escrachado – teve uma comédia na dose certa. De história simples e leve, TD+ é um conto de fadas moderno. Os autores, de forma brilhante, apresentaram uma novela de estrutura clássica: um melodrama, de ritmo eletrizante, viradas e núcleos entrelaçados.

O forte da novela, desde o início, foi o romance. O triângulo amoroso (Elisa, Jonatas e Arthur) funcionou e dividiu o público. Graças à essa divisão, o final da história, certamente, não agradará a todos, mas deixará saudade.

TD+ é um fenômeno atípico, não apenas de números de audiência. Enquanto a crítica especializada pegava no pé do Concurso, destaque até o capítulo 120, a audiência crescia. Observava-se naquele momento que os críticos não tinham o mesmo olhar do telespectador. Atentos, nas redes sociais e outras mídias, os autores escutaram o público. Foi aí que eles tiveram a ideia da trama de Sofia (Priscila Steiman), a filha de Lili (Viviane Pasmanter) que era tida como morta, mas que reapareceu para uma reviravolta. Resultado: recordes de audiência.

Marina Ruy Barbosa e Felipe Simas em cena. Foto: Divulgação/Globo

Podemos questionar a atuação da intérprete de Sofia, mas a personagem foi fundamental e rendeu sequências excepcionais, com destaques para Viviane Pasmanter, que arrebentou nessa novela.

Marina Ruy Barbosa dispensa comentários. Deu show! Sem dúvida alguma, ela é a responsável pelo grande êxito de TD+. Fábio Assunção não deixou os problemas pessoais refletiram na sua atuação. Juliana Paes arrasou e salvou a sua personagem. A Carolina, tinha tudo para ser rejeitada ou desaparecer num determinado momento, mas o talento da atriz falou mais alto do que a ambiguidade de seu papel. Ela é a responsável por uma das cenas mais lindas da novela, quando Carol decide manter a adoção de Gabriel, após saber que ele é portador do vírus HIV. A redenção da Carolina é – para mim – o momento mais emocionante, e tocante, de Totalmente Demais.

Novela perfeita não existe, e Totalmente Demais pecou em mudar, no meio do caminho, os perfis de alguns personagens, como, por exemplo, o de Fabinho (Daniel Blanco), de rebelde a vilão, e depois mocinho; o relacionamento de Rafael (Daniel Rocha) e Lili (Viviane Pasmanter) foi um equívoco; nas relações amorosas, os autores atiraram para todos os lados, e todo mundo se envolveu com todo mundo. Uma loucura! Infelizmente, essas mudanças fazem parte de qualquer obra aberta.

Por fim, a Carolina tinha que ser da Ju Paes; a ruivinha de Marina Ruy Barbosa; o Sapo de Felipe Simas; a Lili de Viviane Pasmanter; e o Arthur de Fábio Assunção.

Totalmente Demais é novela que mereceu todo o sucesso que teve, e merecia muito mais. Que NOVELA, meus amigos.

Só não é popular!

Sempre defendi a atual temporada de Malhação, que considero fraca, mas não ruim. A audiência é superior a do ano passado, obviamente, graças ao sucesso de Eta Mundo Bom!. Mas também é preciso levar em consideração que o folhetim recebe em baixa do Vale a Pena Ver de Novo. O elenco, no geral, é razoável, e de algumas revelações. Nicolas Prattes, por exemplo, evoluiu. O seu personagem não é popular como o de Rafael Vitti, na temporada passada, mas sua atuação, no meu ponto de vista, é.  

Falando em Rafael Vitti... Ele será um dos protagonistas de Rock Story. Loucura, loucura, loucura! Que surpreenda, como Caio Castro, que foi questionado (pela a mídia) em Fina Estampa e aclamado em I Love Paraisópolis. Se depender da atuação dele em Malhação, e até mesmo no quadro Truque Vip, no Faustão, misericórdia! Rsrs

Aliás, estou com o pé atrás com Rock Story. Sei não... Rsrs

Grata surpresa

Preciso, e devo, reconhecer o talento de Mateus Solano. Ele está arrasando em Liberdade, Liberdade. Até então questionava o nível de atuação desse ator, hoje aplaudo. Parabéns! Essa novela das onze só melhora. Está cada dia melhor. É incrível.

A Lei do Amor

A novela, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, tem título que lembra quadro do Fantástico, porém tem um elenco invejável. Gosto da parceria desses autores, e curti bastante a suas novelas, principalmente Anjo Mau e Sangue Bom.

Se A Lei do Amor for tão boa quanto Sangue Bom, já me darei por satisfeito.

Enquanto isso, haja paciência para aguentar Velho Chico, o tipo de novela que fazia falta às 21h (hahahahahahaha), até outubro.

Curiosidade

Quem será que substituirá Aguinaldo Silva na faixa das 21h, no fim de 2018? João Emanuel Carneiro agradeceria, mas acredito que Walcyr Carrasco irá furar a fila. Só imagino.

Dois anos são muito tempo para Walcyr ficar longe da telinha. Até lá, ele emplaca uma minissérie às 23h. João Emanuel – antes de sua volta às 21h – poderia ser descolado para às 19h, o horário – tudo indica - precisará de uma ajudinha futuramente.

Interessante

Gostei da ideia da novela Novo Mundo, dos autores estreantes Alessandro Marson e Thereza Falcão, que contará a história do Brasil como filme de pirata. A trama, prevista para suceder Sol Nascente, no primeiro semestre de 2017, será estrelada por Chay Suede e Caio Castro.

A obra será ambientada no período colonial; terá a direção de Vinícius Coimbra; e utilizará parte da cidade cenográfica de “Liberdade, Liberdade”.

A Globo acerta, no meu ponto de vista, na ousadia, e principalmente na promoções de seus roteiristas. Novo Mundo, título provisório, pode parecer filme, mas tem característica de folhetim, assim como Cordel Encantado e Uga Uga.

Outro acerto da emissora foi à época de exibição. A novela de época será levada ao ar fora do horário de verão. Aleluia! Agora só resta torcer para que tenha, no máximo, 150 capítulos.

Apostas

Não tem como adivinhar se Escrava Mãe surpreenderá Haja Coração. TV não é achismo, só sabe colocando no ar. A audiência depende de diversos fatores. Particularmente, acredito que, de imediato, a Globo não será ameaçada. Para terça (1º), aposto: Haja Coração – 28 pontos; Escrava Mãe – 12 pontos.

É isso. Quais as apostas de vocês para as estreias de Haja Coração e Escrava Mãe? Gostaram de Totalmente Demais? Estão animados com as próximas (Rock Story, Sol Nascente e Novo Mundo)? Obrigado e até ao nosso próximo encontro. =D



Publicidade

Comentários (18) Postar Comentário

Edson Cardoso Teixeira comentou:

A melhor mesmo é Êta mundo bom! Nenhuma outra eleva a sua audiência em 10 pontos em relação a atração anterior.

Edson Cardoso Teixeira comentou:

Walcyr Carrasco é o melhor!!! Um sucesso às sete que foi Morde e Assopra, um às onze: Gabriela, uma razoável as nove: Amor à vida, Uma arrasa quarteirão as onze: Verdades Secretas e outro as seis logo em sequencia: Êta Mundo Bom. Tudo isso e nem acabou a década!


Vlad respondeu:

E quem fala mal de Walcir morre é de inveja!!!!


Paulo comentou:

Achei Totalmente Demais uma novela convencional, que não me surpreendeu, mas conquistou o público graças ao carisma dos protagonistas. A primeira fase de Velho Chico foi uma obra-prima, mas essa segunda está muito chata, apesar do elenco sensacional. Walcir Carrasco é sinônimo de audiência e se destaca por sua versatilidade. Desde Verdades Secretas nenhuma novela conseguiu me prender de fato.

Nandoaraujo_TV comentou:

Nossa falou tudo o que penso e vivi com TotalmenteDemais ótima crítica sobre esse novelao que vai deixar saudades e um vaziu.
Fiquei um pé atrás com esse nome Rock story não colou.
Pra mim Liberdade Liberdade é a melhor novela no ar, estou vivendo essa história e amando os personagens Mateus Solano realmente está dando um banho de interpretação.
Que venha ALei do Amor porque já desisti de Chico Velho.
Queria muito João Emanuel Carneiro de novo as 21h após Aguinaldo Silva.
Minha aposta para é HajaCoracao 30 e Escrava Mãe 10.


Jeferson Cardoso respondeu:

Nando, obrigado. Também quero JEC após Aguinaldo.


Vinicius comentou:

Jeferson, concordo com tudo que você disse sobre Totalmente Demais, a novela é ótima e vai deixar muita saudade. Já sobre a atual Malhação, estou achando essa temporada razoável. Pelo menos tiraram aquela câmera nervosa que tinha no começo dessa temporada.


Jeferson Cardoso respondeu:

Vinícius, você usou a palavra certa. Malhação é razoável, longe de ser ruim por não ser dramática e mexicana. Na reta final está ganhando agilidade e agradando o público que espera por Eta Mundo Bom! Rsrss.


Fabricio da Silva comentou:

Vc nunca assistiu novela de antigamente?

Andre comentou:

TD+ é um novelão, sentirei saudades. É o tipo de trama que vc senta pra ver e se surpreende, tem tudo o que o horario das 19h precisa, defeitos todas tem, mas esses pra essa novela e bem pequeno.
Sobre Pantanal, ops, Velho Chico, vc pode ver hoje e ficar uma semana sem ver e tera a historia no mesmo, e com sussurros que as vezes nem da pra entender o que os personagens falam ... E essa era a trama tradicional que ia arrasar ...

Alan Medeiros comentou:

"Sucesso de Malhação se deve ao sucesso de Eta Mundo Bom... Pega em baixa do Vale a Pena Ver de Novo... Todo mundo se envolveu todo mundo. Uma loucura"... Acredito ser uma visão muito precipitada sobre televisão achar que um produto exibido depois do primeiro é preponderante ao resultado deste. Vale a pena ver de novo entrega o horário nao raramente com audiência próxima a 20: isto é baixo? Sobre Totalmente Demais: vai ver que troca de casais é incomum nos dias de hoje, né?n


Jeferson Cardoso respondeu:

Alan, você tem razão. O que importa é a audiência herdada, no minuto que antecede, e não a média do programa anterior. Anjo Mau não está tão bem, e começou a reagir agora, mas oscila bastante. Acredito sim que o êxito de um programa beneficia a atração seguinte. Isso não é uma regra, mas ajuda. O SPTV 2ª Edição e o Jornal Nacional, por exemplo, são impulsionados por TD+.


Eduardo comentou:

Totalmente Demais foi muito boa merece o sucesso que teve isto mostra que nós telespectadores queremos novelas alegres que nos tragam emoções.O ator Pablo Sanabio arrasou com o seu personagem nota 10 poderiam ter explorado mais o mesmo.Pelas chamadas de Haja Coração parece que vai ser uma novela boa pelo menos a fotografia já gostei diferente de Velho Chico que é muito apagada em todos os aspectos e olhe que torcia muito para VC porque pensava que vinha uma trama rural original e não artificial.

Pedro comentou:

Jeferson, relacionado a questão da fila de autores, acho que o Walcyr ainda fura a fila, isso já é completamente certo. Mas acho que colocar o Walcyr é certeza de 30 pontos de média ou até mais, isso é importante pra Globo, o Walcyr sabe arrasar quarteirão muito bem, particularmente acho que o horário das 21h só vai ter outra novela do mesmo nível de repercussão de Império ou Amor à Vida quando ele vir. Aquele homem é praticamente demoníaco, deve ter algum pacto com alguma entidade, porque não é humanamente possível escrever novelas de ano em ano em quase sequência e marcar sempre boa audiência kkkkkkk. Sendo sincero, se tiver a trinca Aguinaldo-Walcyr-JEC, o horário nobre ganhará refresco de ibope, de qualidade aí já é outra história. Funciona assim: Popularesco do Aguinaldo + Bom ibope do Walcyr + Repercussão do JEC = boa fase e estabilidade. Sobre A Lei do Amor, curiosamente sinto que essa novela jamais deveria ter sido adiada, ela é um retrato fiel do que as pessoas querem de modelo de novela, algo mais tradicional, nada de requentar e reviver mofo ou tentar inovar em métodos de direção e roteiro e etc... as pessoas apenas querem ver histórias despretensiosas, que as atraiam por serem o que eles esperam. Totalmente Demais é um bom exemplo disso, deu certo por ser assim, A Lei do Amor deve seguir o mesmo ritmo. Rock Story já tem nome ruim, parece nome de brinquedo pra criança, tomara que a trama seja o oposto e eu sinto que será ótima apesar do elenco mais fraco que já vi em anos na Globo.


Jeferson Cardoso respondeu:

Pedro, acredito que Walcyr faz sucesso porque escreve para a audiência (pensando no público). Espero que JEC substitua Aguinaldo, mas também desconfio que Walcyr furará a fila. Aguardaremos! Rsrs


Veja também

Publicidade