O Planeta TV

Sucesso de Os Dez Mandamentos não justifica baixa audiência de A Regra do Jogo

Novela de João Emanuel Carneiro não evita derrota histórica da Globo para Record.

Por: Jeferson Cardoso

A Globo criou uma expectativa muito grande em volta de A Regra do Jogo. Só que errou no foco. No lançamento, anunciava como uma novela do “mesmo autor de Avenida Brasil”. Para a imprensa, a diretora Amora Mautner era a estrela. Parecia se tratar de uma parceria intocável: autor e diretor.  Para o telespectador, isso é bobagem.

Para o público, acredito, o que interessa é a história. No ar, A Regra do Jogo foi apresentada de forma errada: confusa; sem história de amor; sem personagens para torcer; e sem fio condutor (foco).

Passado os 60 capítulos, João Emanuel Carneiro (JEC) ainda tenta corrigir os erros, com ajustes pontuais no texto, para explicar o que a maioria do público não compreendia; e também matando e inserindo novos personagens. A Regra do Jogo se tornou uma novela violenta. Criei uma expectativa muito grande, portanto a minha frustração é absoluta.

A Regra do Jogo, para mim, não é uma boa novela. Digo isso sem fazer referências aos números do ibope. Não parece ser uma novela de JEC, que não deixa de ser Gênio por conta de um fracasso. Há capítulos sem ganchos, de pouco interesse, e irrita com a grande quantidade de núcleos, tornando-a cansativa. E o humor? Às vezes, engraçado, mas na maioria sem graça. A comédia não é o dom de JEC.

No meu ponto de vista, há outro excesso em A Regra do Jogo: o número de colaboradores. O telespectador mais apegado com bastidores, aquele noveleiro que se diz entendedor, começa a se perguntar: “essa novela é escrita por João Emanuel Carneiro?”. Respondo: sim! Os colaboradores podem ter uma participação maior, mas o script do roteiro é de responsabilidade do autor.

O sucesso de Os Dez Mandamentos não justifica a baixa audiência de A Regra do Jogo. As duas se enfrentam, no máximo, 20 minutos. A novela da Globo tem cerca de 40 minutos para fazer sua média, mas não consegue migração. Portanto, há falta de interesse do publico para com a obra de JEC, que não consegue impedir derrota histórica de audiência (nos estados do Pará, Goiás, Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco, Rio de Janeiro, dentre outros) da Globo para Record. #NuncaPensei

Penso que se não fosse Os Dez Mandamentos, A Regra do Jogo estaria com uma audiência parecida. A única diferença é que não seria vice-líder. Hahahahahaha!

Não fará milagres!

Não sei o que esperar de Velho Chico. Estou adorando o elenco, mas tenho medo da história. Temo por uma novela lenta, arrastada... Mas pode ser encantadora! Há luz no fim do túnel.

Obviamente, Benedito Ruy Barbosa não fará milagres. Muitos apostam que com o fim de Os Dez Mandamentos, a Globo pulará de 25 para 40 pontos. Duvido. Ainda é cedo para apostas e expectativas. Por ora, fica a esperança de, no mínimo, ser um bom folhetim.

Curiosidade: será que a Globo anunciará a novela como: "Do mesmo autor de O Rei do Gado"? Hahahahahahahha!

Aleluia!

Finalmente chega ao fim I Love Paraisópolis. Não gostei dessa novela. Acompanhei apenas o primeiro mês de exibição. Achava ruim, só parei de assistir porque não era de meu agrado. Tinha um perfil de novela específica para o horário das 19h. Cumpriu o seu papel. Foi sucesso de audiência.

Pra mim, Alcides Nogueira se inspirou em Fina Estampa, só que apresentou uma novela bem mais esculachada. Favelaaaado!

No último capítulo, a novela alcançou 26 pontos de audiência. Terminou sem recorde.

Na expectativa

Adorei o clipe de lançamento e do capítulo zero [de 6 minutos] de Totalmente Demais. Parece ser agradável, romântica, cômica, e de pés no chão. Tomara! Também estou curtindo as chamadas. Vamos ver no ar. Fiquem atentos nos desempenhos de Juliana Paes e Marina Ruy Barbosa.

Para mim, qualquer coisa no lugar de I Love Paraisópolis é lucro. Ainda bem que a trilha sonora de Totalmente Demais está à altura da antecessora. Confira cenas do capítulo zero:

Fenômeno!

É incrível o sucesso de Os Dez Mandamentos. Um fenômeno. Há uma semana, é líder de audiência. #NuncaPensei

Um eclipse que tem feito estrago na média geral de A Regra do Jogo e, principalmente, destronando a Rede Globo em quase todo território nacional. No Norte e Nordeste (estados que não tem horário de verão), Os Dez Mandamentos tem ampla vantagem sobre a Globo (que exibe os últimos capítulos de I Love Paraisópolis). Na Região Sul, onde a emissora registrava 4/6 pontos, agora alcança 20. #NuncaPensei

Os Dez Mandamentos é muito bem produzida, de uma qualidade incrível. Ainda bem que o público reconhece e prestigia. Há vida fora da Globo. Pena que tanto a Record quanto o SBT não tem forças para manter a competitividade de audiência. Ou não. Estou me baseando no passado, a realidade da TV aberta (principalmente da Globo), hoje em dia, é outra.

Loucura!

A Record pode jogar A Escrava Mãe no lixo. Não acredito nessa história de um segundo horário de novelas. Segundo consta, trata-se de uma história forte, com muitas cenas de sexo, sangue e mortes. Se levada ao ar, deve ser no fim de noite, como fizeram com Máscaras. #Deboche

Brincadeiras à parte, torço para que seja exibida às 20h30, após a reprise de Rei Davi, antes de A Terra Prometida.

A decisão pela reprise de Rei Davi, no meu ponto de vista, foi bem inteligente. Pode segurar um bom público de Os Dez Mandamentos e esperar as passagens das festas de fim de ano (Natal e Ano Novo).

Um ano?

Malhação - Seu lugar no mundo terá um ano de duração? Como assim? Duvido. A audiência mostra que ela não tem fôlego para tanto. A não ser que reaja... Cá entre nós, a atual temporada é fraquinha, fraquíssima, terrível, não é?

A Globo perdeu a chance de dar sobrevida à trama teen. Se soubesse escolher a reprise (Vale a Pena Ver de Novo), o estrago não seria tão drástico. Uma pena que, em São Paulo, as novelas mexicanas – exibidas pelo SBT – não são líderes.

É isso. O sucesso de Os Dez Mandamentos é justificativa para baixa audiência de A Regra do Jogo? Velho Chico fará milagres? Globo respirará aliviada após o fim da trama bíblica? Quais as expectativas para a estreia de Totalmente Demais?

Obrigado, e até a próxima. 



Publicidade

Comentários (28) Postar Comentário

Lucas comentou:

A Regra do Jogo:É uma novela muito cansativa,e concordo com você,não venha dizer que a culpa da baixa audiencia é por causa de "Os Dez Mandamentos",e sim porque a novela é fraca e chata.O nucleo central as vezes se movimenta com otimas cenas,mas logo volta a cair nas mesmices,não convence,o texto é repetitivo,todo capitulo é a mesma "ladainha",a mocinha Tóia,depois morte de Djanira ficou apagada,ta perdida na historia,sem destaque,a Atena,prometida pelo autor e pela diretora como uma grande vilã,ficou na caricatura,virou um personagem de humor,apesar de formar um lindo par com Romero,talvez o melhor casal da novela,a dupla fica num jogo de gato e rato todo capitulo,cansativo.Os nucleos paralelos são pessimos,são muitos personagens avulsos,sem historia,que todos os dias rodam a mesma cena,com um humor sem graça,fora que não tem conexão nenhuma com a trama central.Ja passado mais de 2 meses de novela,ela ainda não emplacou,tanto na audiencia,quanto na conquista do publico,é chata,sem carisma,cansativa,porem ainda é assistivel,mas vamos ver ate quando.
I Love Paraisopolis:Adorei essa novela,mas pra acompanha-la e entender seu universo,era nescessario viajar,era uma novela exagerada,surreal,com um humor esculachado,para os dias de hoje com tanta violência tanto no dia a dia quanto na televisão,essa novela era um presente para o publico,era sentar e se divertir com tantas bizarrices kkkk.Personagens carismáticos e boas atuações foram seu ponto forte,destaque para Bruna Marquezine,Maria Casadevall,Fabiula Nascimento,Nicette Bruno e Frank Menezes(o hilario mordomo Junior).Caio Castro que começou pessimo,foi evoluindo e encontrou o tom para Grego,o personagem convenceu,Leticia Spiller brilhou com a personagem mais complexa da trama,caricata,exagerada,cômica,dramatica e as vezes fria,e ainda teve um desfecho lindo,a melhor personagem de trama.I Love não foi um novelão,mas foi uma delicia de se acompanhar,que venha Totalmente Demais.
Totalmente Demais:Adorei o clipe e as chamadas,parece ser uma novela mais pés no chão do que a I Love,com uma mistura de humor,drama e romance,vamos ver o que vai dar.Só não entendi por que disse:"Fiquem atentos nos desempenhos de Juliana Paes e Marina Ruy Barbosa".Por que disso ? kkk não entendi.


Jeferson Cardoso respondeu:

Lucas, concordo com você. I Love era uma novela para sonhar, viajar. Novela é isso mesmo. Não sou daqueles que pensam que novela tem obrigação de representar a realidade. ;) Acho que Ju Paes e Marina arrasarão. Rsrsrsrs


Felipe Duda comentou:

Essa novela precisa melhorar muito para ser considerada razoável, nada funciona bem, os personagens são caricatos e mal construído. O que é aquilo no núcleo da cobertura falida de marcos Caruso, onde uma manicure consegue grana para sustentar a casa e ainda servir de faxineira, cozinheira e aceita dividir a casa com a amante do marido, uma amante que tem metade da idade dele toda sarada aspirante a atriz, em que terra essa garota ia cair de amores por um coroa falido q não tem onde cair morto?
Juliano e Toia são um porre, Romero e Atena insuportável, Dante é rancoroso, metido a justiceiro com uma namorada q n tem nada a ver com ele.
Dejanira com aquela voz chata de gente idiota e bem intencionada que engole qualquer historia cor de rosa... Aff cansei!

Nadja Maira Baltazar comentou:

Jogar a culpa em cima dos dez mandamentos kkkkk Na verdade essa novela é melhor do que babilônia, mas ainda é ruim. João Emanuel teria que diexar de lado esse humor sem graça e partir para uma coisa mas a favorita.
I love era engraçada, a história quase 0 mas os personagens e as atuações salvaram a patria Favelaaaaados!
De totalmente demais gostei da chamadas parece uma folhetim mas clássico menos inovador. Não gostei muito da Juliana Paes, atuação estranha

gesia comentou:

Estou confiante com Velho Chico... independente da audiência será uma super produção, o elenco é ótimo e na maioria é composto de atores que a tempos estão afastadoa da TV, ou seja não são aqueles atores modinhas que emendam novelas... gente Totalmente d+ não me agrada muito, não curti muito o elenco e nem a história. .. parece novela mexicana, essa Ruy Barbosa não me convence....

Fernando Oliveira comentou:

Sua crítica é pontual, Jeferson, mas revise seus próximos textos, não sei se é por preguiça já que escreve um texto grande, ou se é hábito seu, mas vi contradições aí. "Sucesso de Os Dez Mandamentos não justifica baixa audiência de A Regra do Jogo" depois de escrever parece que esqueceu o próprio título e solta: "Um eclipse que tem feito estrago na média geral de A Regra do Jogo e, principalmente, destronando a Rede Globo em quase todo território nacional. #Sobre I love Paraisopolis você disse Achava ruim, só parei de assistir porque não era de meu agrado." Ora, se parou de assistir é óbvio que não lhe agradava, e se não agradava parou de assistir! Mas parabéns pelas críticas que você posta de vez em quando.


Jeferson Cardoso respondeu:

Fernando, é óbvio que prejudica na média. São 20 minutos de confronto direto. O que não justifica é o fato de A Regra do Jogo não conseguir uma "grande" migração, após o término do capítulo da bíblica. Entendeu? É o que penso, posso estar errado. Rsrsr



Fernando Oliveira respondeu:

Entendido! Mas eu consigo ver no minuto a minuto A Regra do Jogo subindo sempre que Os Dez Mandamentos acaba.


Antônio comentou:

Caro Jeferson, tenho lido páginas e páginas de elogios dirigidos a Os Dez Mandamentos. Creio não ser a pessoa mais abalizada para remar contra a maré por uma razão óbvia: eu simplesmente não consigo passar mais que cinco minutos na frente da tv diante do festival de lugares comuns, marcações repetidas, texto raso, interpretações irregulares, jeitão de produção, defeitos especiais e jeitão de produção classe z que marcam a novela da Record. Na minha reles opinião salvam-se, aqui e ali, algumas boas interpretações e mesmo a despeito de todo ar mambembe, dá pra sentir o talento da direção de Alexandre Avancini.
Mas também é inegável que a novela caiu nas graças do público que não se cansa de saudá-la como a melhor novela de todos os tempos. Menos pelo amor de Deus. O próprio pai do Alexandre, Walter Avancini, nos brindou com obras-primas que com toda a justiça deste mundo fariam jus ao título: Gabriela e Selva de Pedra. É bom lembrar que o gênero nos deu momentos inesquecíveis como Roque Santeiro, Vale Tudo, Que Rei Sou Eu, Pecado Capital (1975), Escrava Isaura (1976) só para ficar em alguns exemplos. A própria Record teve melhores resultados em termos de qualidade como Vidas Opostas e Essas Mulheres.
Portanto, acho que o fenômeno Os Dez Mandamentos deve ser visto na sua real medida, sem exageros e paixões e deixar que o tempo e a memória (afetiva, principalmente) do público dê o seu veredito sobre o seu lugar na história da televisão brasileira. Só eles, tempo e memória, poderão dizer se daqui a 20, 30 anos, ainda falaremos de Os Dez Mandamentos com o entusiasmo e paixão com que falamos de qualquer das outras telenovelas citadas no meu modesto post.
Quanto a A Regra do Jogo, mesmo com todo aquele elencaço que vai de Tony Ramos, Jackson Antunes, Bárbara Paz e Cássia Kiss (Kis agora), não discordo em uma só palavra do que você escreveu. Mas mesmo com todos seus defeitos ela ainda consegue ser melhor que a novela da Record.


Jeferson Cardoso respondeu:

Antonio, Os Dez Mandamentos é um fenômeno. Isso é um fato. Pode um ou outro considerá-la ruim ou fraca, mas seu sucesso é inquestionável. Eu, por exemplo, tenho vergonha do texto. No entanto, admiro o roteiro e direção. Rsrsrs


Allan comentou:

Como não? E daí que a as novelas se enfrentam em 20 minutos? A verdade é que o espectador ainda não se adaptou a novela, mas também ninguém fala da dificuldade em migrar um horário das 20h/início das 21h pra quase 22h... E outra, nas últimas semanas é notável o crescimento da novela com média próxima dos 30 ( e PICOS ACIMA) apesar de aqui no site isso ser totalmente ofuscado né?

Em relação a trama, acho um pouco complexa pro horário e o que parece é que estão mudando uns gachos pra ficar mais ''leve''... Uma pena, a Globo já exibiu no horário novelas com temas mais pesados e situações mais fortes!

E o que vai acontecer? Vem mais uma novela chata, com tema desgastado, direção redondinha e um provável novo fracasso!! Não adianta, Recorde percebeu o interesse do espectador por outros temas e principalmente em um país religioso como o Brasil... Mas isso já é outros 500!!!


ARGH, engraçado que ODZ cresceu quase 10 pontos depois do fim de Babilônia e mesmo assim ARDJ continua com a mesma média (ou avaliando as ultimas semanas, levemente superior não?), mas isso ninguém diz... Imagine se fosse ruim do jeito que escracham! kkkkkkkkkkkkk

Guilherme Azevedo comentou:

Realmente está difícil amar uma novela das nove ultimamente, pior década do horário disparado, não me apaixono por uma novela das nove há muito tempo. Acho difícil que isso mude com Velho chico. Admiro o Benedito, mas não sou fã do seu estilo, espero realmente que seja uma novela encantadora que costuma ser a marca da parceria Benedito e Luis Fernando Carvalho. Paraisópolis já foi tarde, uma das piores novelas das sete de todos os tempos, vazia, caricata, sem graça, idealista demais numa região que deveria ser mostrada de uma forma mais real. O que vc tem achado da segunda fase de Além do tempo Jeferson ? Eu esperava bem mais da segunda fase da trama. Espero que melhore.

Júllio di Avlis comentou:

Resolveu visitar o blog de novo Jef? Acho que nós leiores marcamos presença aqui muito mais que você que é o dono e pra arrematar ainda nem pede desculpas e da justificativa para tamanha ausência. Tamanha falta de respeito com a gente viu. Digo e repito voce seria um ótimo político daqueles que prometem, prometem, prometem e nao cumpre. (Quantas e quantas vezes não prometeu mais atualizações?).
Ainda acredito nesse Portal...

César Silva comentou:

Não sei nem o que dizer sobre A Regra do Jogo. Sempre defendi o JEC, mas essa novela não me pegou ainda, infelizmente. Tentei acompanhar, mas realmente falta um foco, uma "saga" para o telespectador seguir. Há um exagero de núcleos, falta protagonistas fortes, a mocinha (muito bem interpretada pela Vanessa Giacomo, diga-se de passagem) ficou totalmente perdida na história, a Atena da Giovana Antonelli não é uma vilã marcante nem aqui nem na China (mas está ótima como papel cômico). Enfim, são muitos os fatores que fazem com que essa novela deixe de ser mais atrativa. Se eu fosse o autor, excluiria uns 3 núcleos, no minimo. Acho que essa obra ainda tem salvação, a audiência tem subido aos poucos. Além disso, eu gostei da entrada da Carolina Dieckmann na trama, acho que vai mexer com a vida de alguns personagens, mas o JEC precisa correr. Saudades de "A Favorita", que tinha capítulos eletrizantes todos os dias, com ganhos de tirar o fôlego.

Veja também

Publicidade