O Planeta TV

Segundo Sol resgata o que autor de Avenida Brasil tinha de melhor

Primeiros capítulos da novela agrada todos tipos de público.

Por: Jeferson Cardoso

Beto Falcão e Luzia. Foto: Segundo Sol/TV Globo

Meus queridos, vocês não sabem o prazer que estar assistindo a uma novela de qualidade e de texto decente. Não é segredo de ninguém que optei por não assistir O Outro Lado do Paraíso porque não consegui embarcar no universo proposto pelo autor e, claro, porque não suportava as falas dos personagens. Enfim, não sou fã de Walcyr Carrasco na faixa das 21h, porém reconheço que ele sabe (como poucos) desenvolver tramas e viradas que prendem o telespectador.

Para falar sobre os primeiros capítulos de Segundo Sol, preciso só colocar um ponto final sobre a antecessora. De ibope inacreditável, O Outro Lado do Paraíso tinha algumas qualidades: ótima direção, boas atuações, linda fotografia... Resumidamente, acho, penso, que o único defeito era o texto. Mas isso, acredito, só incomodava aos cultos. A maioria, o público final, aquele que não sabe quem é o autor e tão pouco se importa se a imagem tem tonalidade de cor cinza, branca, amarela, e que muito menos observa cortes ou ajustes por ibope. Esse público sim aprovou e viveu a história de Walcyr Carrasco. Eu, particularmente, não assisti O Outro Lado do Paraíso. Não posso afirmar que foi uma novela ruim. Parei de ver porque não curti, porém reconheço o seu sucesso. A repercussão foi altíssima. Nas redes sociais, falavam bem ou falavam mal, mas se falavam da novela. Os jornalistas – que gostam de criticar as novelas populares – aproveitaram o sucessão para lucrar e ganhar cliques. A análise crítica (profissional) foi deixada de lado e a opinião pessoal passou a ganhar peso. Walcyr Carrasco, na minha humilde opinião, só virou o jogo e hipnotizou a maioria porque deu ouvidos a quem de fato deveria (o telespectador fiel). Ele é um autor que escreve para o povo e soube lidar muito bem com o jogo sujo de alguns profissionais, que acham que o público tem que assistir ao que eles consideram como excelentes.  #ProntoFalei

Amei a primeira semana de Segundo Sol. Não criei expectativas, as chamadas eram fracas, mas no ar a novela está excepcional. Giovanna Antonelli está incrível. O tom e sotaque que ela deu à personagem é fora do comum. Muito bom mesmo. Emílio Dantas, que nada lembra o Rubinho de A Força do Querer, também surpreende.

Super ágil, Segundo Sol tem um enredo absurdamente mexicano. A qualidade do texto, no entanto, é a cereja do bolo. João Emanuel Carneiro, de colaboradores novos, está inspiradíssimo. A direção e o autor estão em sintonia. A parceria entre Dennis Carvalho, Maria de Médices e o autor, de cara, funcionou. Mais cauteloso, JEC corrigiu os erros de A Regra do Jogo, e apresentou uma novela solar, simples, mas de personagens encantadores. E mais: quem pega o barco andando, ou seja, começa a assistir a qualquer dia consegue compreender a história. Os ganchos [cenas de finais de capítulos] também são macabros.

A direção é boa, mas os assistentes de cenografia e de finalização de capítulos vêm apresentando erros primários ou grotescos. Em oito capítulos, observei quatro vacilos. Veeeejamm:

Barqueiro escondido

Giovanna de Taubaté (hahahahahahaha mico)

Monitor de 1999 e o teclado um pouco moderno para a época (hihihihi).

Dois homens aparecem no canto esquerdo, em pé. Suspostamente o câmera e o seu auxiliar.

Como marketing, a Globo vendeu Segundo Sol como uma novela estrelada por um cantor de Axé. Talvez pelo fato da novela ser ambientada na Bahia. Só que os protagonistas reais são Luzia (Giovanna Antonelli) e Roberval (Fabrício Boliveira).

Que a segunda fase da novela, que começa nesta quinta (24), seja tão incrível como a primeira. Estou animado!!! Que SONHO! E o Ibope, Jeferson? Bom, alguns querem os números do pacto de Walcyr Carrasco; outros almejam a casa, de pelo menos, 35. Tem gente que - por considerar Segundo Sol uma novela de qualidade (por conta do texto) - não aceita que ela tenha índices inferiores ao de O Outro Lado do Paraíso. Eu penso que: por ora, a média de 31 pontos está dentro do “normal”. Para início, nos dias de hoje, é um índice razoável. As antecessoras tiveram um desempenho parecido. A diferença é que Walcyr, como ninguém, consegue subir quase 20 pontos num piscar de olhos, enquanto os outros autores, quando sobem, conseguem elevar em 4 ou 5 pontos.

Ainda é cedo para cravar uma média geral aproximada de Segundo Sol, mas eu apostaria em 33 ou 34 pontos, quem sabe uns 35. Obviamente, tudo vai depender da apresentação da segunda fase e da aceitação da mesma. Estou vivendo o novelão e torcendo muito.

Não vingou!

Infelizmente não consegui embarcar na história de Orgulho e Paixão. Acompanhei por duas ou três semanas até perceber que faltava liga entre o autor (Marcos Bernstein) e a direção (Fred Mayrink). O humor desta novela também é esquisito. É pastelão, mas é mal feito. Sei lá, acho que é uma novela sem alma, sem personalidade. Os dramas dos personagens são superficiais. Não há o que torcer nesta novela, nem mesmo para as relações amorosas dos protagonistas.

Enfim, pra mim, Orgulho e Paixão não deu liga. Uma pena.

Quanto mais mexe, pior fica!

A Globo está atirando para todos os lados e quanto mais a emissora muda, pior fica a sua novela das sete. Gente, Deus Salve o Rei foi desconfigurada. E agora tem dois robôs em cena: Alexandre Borges chegou para passar vergonha, coitado. 

Nos últimos dias, espiei alguns capítulos. Os protagonistas, que estavam sem funções, voltaram a ser o centro das atenções. A novela ganhou agilidade, mas a história é sem nexo. Praticamente, a Globo resolveu começar uma novela do zero, com novos personagens. Só que nada carismáticos. A personagem de Bruna Marquezine, de atuação menos robótica, resolveu tocar o terror. As maldades dela, no entanto, não fazem muito sentido, não convencem.

No Ibope, Deus Salve o Rei vai até bem. Não considero os seus 25/26 pontos ruins. O problema é a instabilidade. Um dia marca 28 e no outro 24. Como se trata de um enredo fraco, esses índices poderiam ser piores. Apenas acho.

Exagerada!

Sou suspeito, sou fã de Belíssima. Amei esta novela. Só que não curti a chamada da reprise. Não ficou legal e, em alguns momentos, a Globo forçou a barra com termos: “tem a Diva Fernanda Montenegro”, “Tony Ramos, um fofo no papel de Grego”, “Cauã Gato Reymond”, “É de Silvio de Abreu, e esse sabe tudo!”.... hahahaha. Constrangedor. Só rindo para não chorar.

Ah, gostei da parte que a narradora da Globo cita uns bordões que uso: Que História!!!, Que Elenco!!!, Que NOVELA!!! Hahahahahaha

Mesmo sendo fanático por Belíssima, acho que ela manterá os índices de Celebridade, na casa dos 13 a 15 pontos. Aposto nestas médias porque a primeira semana irá ao ar mais cedo, por volta das 16h20 e terá apenas 30 minutos de arte (é complicado!!!).

Depois que começar a ser exibida no horário normal, por volta das 17h, se souber lidar com os números e diminuir os excessos de intervalos comerciais, talvez a Globo consiga emplacar a reprise do novelão.

Corrigindo os erros

Um dia odiada, no outro aclamada. Assim foi o VIVA, no dia que começou a passar o facão nos capítulos de Bebê a Bordo e no dia que anunciou a reprise de Vale Tudo. Bastou o canal do Grupo Globo informar que reprisará – mais uma vez a novela da vilã Maria de Fátima (Gloria Pires) – que ninguém mais se importava com triste fim da outra. #Deboche

No último post, comentei com vocês sobre as atuais reprises do VIVA. Só se salva Explode Coração, que é ótima na parte final. A emissora deveria editar também os capítulos de Sinhá Moça, corrigindo de vez os erros de suas escolhas equivocadas.

Você que é fã de Bebê a Bordo, seja sincero, está assistindo aos capítulos na íntegra no GloboSat Play? #Deboche

Que venha A Indomada e Vale Tudo. Para fechar o time, torço para que Corpo Dourado seja a substituta de Sinhá Moça. Daí teríamos três novelas boas no ar.

Frustração

Onde Nascem os Fortes foi a minha aposta para 2019. Acreditei que seria a melhor produção do ano. Gosto da supersérie, mas ela caminha – a passos largos – e em círculos. A sensação é de que nada acontece. As chamadas parecem que são as mesmas todos os dias. Uma pena. Lamentável.

Em cena, Patrícia Pillar e Fábio Assunção estão ótimos. Alexandre Nero também, mesmo com trejeitos que lembram o Comendador. Jesuíta Barbosa figurante de luxo. A produção deveria liberá-lo para fazer a novela das sete. E aplausos para Alice Wegmann, que brilha defendendo a Maria.

Alice Wegmann brilhando em cena. Foto: Divulgação/TV Globo

Animado

Ter sido adiada, em sete meses, foi a melhor coisa para O Sétimo Guardião. O elenco da novela ficou ótimo, principalmente o feminino: Flávia Alessandra, Paolla Oliveira, Lília Cabral, Elizabeth Savalla, Marina Ruy Barbosa, Letícia Spiller e Ana Beatriz Nogueira. UAU! Que ELENCO!!!

Os ajustes no enredo/história também deram esperanças a esta pessoa que vos escreve. A novela ficou com pegada de Aguinaldo Silva, que voltará com realismo fantástico e lembrará obras como Fera Ferida, A Indomada e Porto dos Milagres.

Falando nisto, vocês já repararam que, na faixa das 21h, os autores estão resgatando características de suas novelas de enorme sucesso? Em Segundo Sol, JEC, por exemplo, repetiu uma cena de Avenida Brasil, que lembrou Nina sendo abandonada no lixão.

É isso. Estão curtindo Segundo Sol? A segunda fase será tão empolgante quanto a primeira? Onde Nascem os Fortes, Deus Salve o Rei ou Orgulho e Paixão: qual a maior decepção da dramaturgia da Globo?

Abraços e até o nosso próximo encontro. ;)



Comentários (29) Postar Comentário

Lucas comentou:

Eu falei sobre a sinopse de segundo Sol, que antes era "de volta pra casa". Tenho informantes na Globo e sempre soube que seria a história de uma mulher que era separada dos filhos por uma vilã e depois de 20 anos ela voltaria para cobrar tudo que perdeu. A Globo vendeu a história de axé por causa de Ibope na Bahia. Tenho a sinopse de Tróia tbm... Tróia é sobre a história de uma advogada que se mete em um crime passional ( no caso Taís Araújo) para salvar a pele do noivo( Cauã Reymond), porém acaba descobrindo que foi vítima de uma armação arquiteta por ele. É uma mocinha dúbia,. O título da novela tem haver com " cavalo de Tróia". Ela vai aquitetar um plano pra entrar na vida desse homem anos depois e destruído. Ahhh!! Taís Araújo vai fazer outra "Helena" em uma novela das nove. Helena e Tróia. História forte !... Não é uma novela de justiça, pois a mocinha vai ser meio vilã tbm. A vdd heróina é a personagem de Alice ou Mariana Ximenes.


Eduardo respondeu:

Rapaz, se for isso mesmo, bastante empolgante essa Troia.



Isabelle DIVA drummond respondeu:

Eu tinha lido algum coisa q falava q uma das próximas novela das 21h teria um advogado. Mas dizia q seria na novela da Maria Helena Nascimento, e não nesse da Manoela Dias.



L.U.P.A. respondeu:

Que nada! Tudo fanfic, besta é quem acredita


DEIVID ANGELO DOS SANTOS comentou:

Curtindo Segundo Sol é pouco!!! to simplesmente apaixonado! Pra ser bem sincero acho o inicio dela mais promissor que Avenida Brasil, todos personagens tem muito que render na segunda fase e conhecendo JEC vem muita coisa por ae! Posso ser suspeito pra fala pq sou fã confesso do autor, mas é novela pra aplaudir de pé! Essa primeira fase foi de arrepiar! E o texto parece musica para nossos ouvidos, depois dos jograis do Walcyr (que tinha uma boa historia, mas com texto pesssimo), enfim temos uma novela classica mas com muita qualidade! Laureta então, ja soltou varias perolas!! Parabens JEC!

DEIVID SANTOS comentou:

Quanto a audiencia! JEC sabe fazer como poucos também então apostaria em 37 a 39 hein...ontem por exemplo marcou 31 em noite de futebol na segunda semana, é um numero excelente!

DEIVID SANTOS comentou:

Gostando é pouco!!! Simplesmente apaixonado e com desejo de quero mais a cada capítulo!! JEC realmente é um gênio e que texto bom! Na boca de suas vilãs então , só ouvimos perolas!
Confesso que vejo um inicio mais promissor que Avenida Brasil, o ritmo foi alucinante , mas sem deixa de contar nada e ao mesmo tempo sem fica repetindo em dialogos cansativos (" quero as esmeraldas "kkkkkkk).
Que me perdoe Walcyr mas é outro nivel de texto!
Tomara que segunda fase siga tão bem como foi a primeira!

Guilherme comentou:

Um erro hoje em dia nas novelas é achar que agilidade resolve tudo. O outro lado do paraíso foi um lixo e muito por causa daquelas viradas patéticas, sem nexo, sem lógica, com personagens mudando de personalidade do nada. Onde nascem os fortes é uma produção totalmente diferente e que valoriza o texto acima de tudo. Não queira ver nessa trama milhares de viradas. É um produto diferenciado e que se modifica conforme a postura dos personagens. Não há viradas gratuitas no enredo pra causar vergonha. Enfim, discordo da sua opinião totalmente, é a melhor produção no ar juntando, texto, roteiro, elenco e direção. É uma produção pra ser degustada, sem esperar viradas mirabolantes e idiotas. É uma novela que foca no personagem e no seu psicológico. Isso que faz a produção seguir e ela tá ótima assim. Gosto de Orgulho e paixão e discordo que falte personalidade à trama. Pelo contrário, considero que o Marcos mostrou outra faceta do trabalho dele e é uma novela gostosa de se acompanhar, com ótimo elenco e bons personagens. Deus salve o rei segue o seu caminho, com mais ênfase em maldades. É uma trama que peca pela falta de originalidade e que merecia uma história mais interessante. Segundo sol é muito boa na sua proposta, ou seja, uma novela tradicional, que consegue ser coerente na maior parte do tempo, mesmo seguindo fórmulas bem batidas. O bom texto do JEC dá tempero à trama e bota um produto de qualidade no ar. Espero que a segunda fase viva de algo a mais do que meros clichês do gênero. Pode ser uma novela muito boa e é, mas torço pra que seja mais do que apenas um dramalhão clássico. O horário das nove exige mais.

Bernardo comentou:

Estou adorando Segundo Sol não assisti O Outro Lado do Paraíso eu quando raramente assistia dormia vendo o capítulo. Segundo Sol é eletrizante, uma história bem construída, bem dirigida com verdade na atuação na novela anterior estavam fazendo de qualquer jeito nessa o diretor, cobra não entrega qualquer coisa para o telespectador. Não assisto Deus Salve O Rei acho muito chata e durmo também fora os personagens robôs não dá. Mocinhos chatos daí pra pior. Orgulho e Paixão está chata começou bem mas agora está um marasmo estou esperando a virada da personagem da Gabriela Duarte, deve melhorar quando ela deixar o luto e se abrir para o amor. Onde Nascem os Fortes não assisti nenhum dia não posso opinar mas o público não está gostando. Relembrando amigo a novela da Maria de Fátima é a segunda novela mais pedida pelos assinantes do canal só perde para livre pra Voar essa tem fandom. Sinhá Moça é a melhor das três é uma obra prima, uma novela linda, um elenco maravilhoso e não é lenta nem arrastada ah e pra lembrar Sinhá Moça é a 8 novela mais vendida da Globo. Explode Coração e Sinhá Moça dão audiência, Bebê a Bordo derrubou a audiência de 1,7 para 0,7. O VIVA está em 11 dos canais da tv paga, ano passado estava em 4 lugar. Má administração e más escolhas definem essa fase. Senão tivessem trocado Jogo da Vida terminaria junto com Explode Coração mas trocaram e escolheram a novela mais longa dos anos 80, 209 capítulos. Fora que a novela é confusa, não anda, só tem gritaria. Jogo da Vida seria mais aceita. Belíssima não vai fazer sucesso no VPVN é uma novela esquecida e meio complicada é cheio de mistérios você tem que ficar decifrando enigmas e hoje o público quer novelas de fácil entendimento. As chamadas são ridículas mas é do Sílvio de Abreu, o chefe e ela pode herdar a audiência dos jogos da Copa. Eu particularmente não gosto de assistir VPVN gosto do VIVA. Ah e coragem pra quem assistir o restante de Bebê a Bordo no VIVA PLAY. A novela a partir do 5 mês fica chata, na época o público ficou com raiva da personagem da Dina Sfat, pra piorar. Ninguém pediu essa e Explode Coração. É bom pro VIVA aprender


vlad respondeu:

É, Bernardo, leia meu comentario. Jef muitas vezes dá opinião sobre o que não assistiu.....falta de humildade é fogo !!!!!



Alvinho respondeu:

Falar que Bebe a Bordo jogou a audiência do Viva toda no chão é de doer. E que coisa mais idiota, tal como escreveu o Mauricio Stycer, um canal fechado com logica de tv aberta. Morreu o Viva


Vicente comentou:

Que privilégio, hein, Lucas. Também queria ter "informantes" que liberassem sinopses e capítulos de novelas e minisséries. Adoro esse tipo de leitura. Amo me aprofundar na técnica de escrever roteiros... Parabéns!

vlad comentou:

Bem discordo completamente quando diz que Sinha Moça é escolha equivocada!!! Foi uma das melhores novelas das 18h....Ibope de 43 pontos no horario das 18 não acontece todo dia...bem escrita , história muito boa e atores veteranos de primeira. Voce, Jeff, não assistiu essa versão original, e não está acompanhando os capitulos, então deveria repensar antes de dar opiniao sobre o que não conhece ( Voce já fez isso antes com relação a outras obras) . Precisamos ser mais humildes e honestos e dizer: Não conheço! E, que triste voce brincar com o fato de se retalhar uma novela!!!! Deve amar as tesouradas do VPVN.....abraço


Bernardo respondeu:

Pois é Vlad e diante do sucesso de Sinhá Moça uma outra novela do Benedito é cotada para voltar. A primeira versão de Paraíso e mais algumas outras que não conto rs estão sendo analisadas pelo VIVA a escolha da substituta de Sinhá Moça sairá em breve. Tem 5 novelas dos anos 80, 2 dos anos 90 e 1 dos anos 2000 em análise para substituir Sinhá Moça em 20 de Agosto



Bernardo respondeu:

Sinhá Moça só perde pra A Gata Comeu na audiência das novelas das 6 dos anos 80 e aumentou 12 pontos em relação a antecessora De Quina pra Lua. Sinhá Moça fez mais sucesso que Escrava Isaura no exterior, pena que está sendo exibida num horário ingrato e as vezes temos que recorrer ao VIVA PLAY ou outros sites que disponibilizam a novela.



Jeferson Cardoso respondeu:

Vlad, meu querido, quem te disse que nunca vi Sinhá Moça? Se dei opinião é porque certamente vi. No caso desta, vi a reprise no Vale a Pena Ver de Novo e um pouco do remake. E também vejo, às vezes, a reprise no VIVA. Sim, meu querido, não sou fã da novela. É legalzinha, mas mas chata, muito chata. Se tem público e tem quem ama, tudo bem. Eu não gosto. Não irei mudar de opinião para agradar um ou outro.



Bernardo respondeu:

Muito bem Jeff o mesmo digo de Explode Coração novela chata, inverossímel. Glória Escreveu com preguiça porque ela estava mesmo doida para o julgamento do assassino da sua filha até pediu para anteciparem. Cada um com seu gosto e sua opinião foi o que eu disse se tivessem deixado Jogo da Vida que já estava escolhida ela terminaria no mesmo dia de Explode Coração, 27 de Julho mas o VIVA foi trocar por Bebê a Bordo, novela muito longa bateu o desespero porque toda a programação caiu. Ah e a novela da Maria de Fátima que eu considero a melhor novela da Globo vem pra bater com os jogos da Copa, precisam de uma novela forte, aclamada, muito pedida e muito querida para quem não quiser assistir a Copa e fugir dos canais esportivos nessa época. Por isso Vale Tudo volta às 15:30. Os jogos da Copa serão 09:00/12:00/15:00. E o que eu já falei é a segunda novela mais pedida no VIVA.



Lauro respondeu:

Novela dos anos 2000? Do Walcyr? A Globo não permite novelas com menos de 20 anos. É este o acordo. Deus nos defenda do Walcyr invadindo o Viva tbm.


vlad comentou:

Achar que Corpo Dourado seja merecedora de reprise é muito triste...Conhece pouco de novelas!!!!!!


Bernardo respondeu:

Corpo Dourado está em análise Vlad para voltar junto com outras. Tem uma do Benedito que já falei Paraíso, uma do Negrão, uma da Ivani, uma do Manoel Carlos, uma do Cassiano Gabus Mendes. Sonho Meu aí outra rs e uma do Walcyr dos anos 2000. A escolhida sairá em breve ainda não decidiram



vlad respondeu:

Se tem alguma do Benedito pra voltar , eu acho uma pérola CABOCLA de 1979, nem se compara com a segunda versão.....Fico triste de ver novelas dos anos 80 sendo proteladas por novelas mais atuais (anos 90) .... como se todo mundo quisesse só ver coisas atuais, como o dono deste Blog.... ele é muito novinho e acha que o mundo gira só em torno do que ele assistiu desde 1993....desconhece o que veio antes e nem quer saber....não sei como gostou de TIETA......


Alexandre Félix comentou:

O seu texto de análise no todo está bom mas você derrapa ao escrever "deScente". Corrige aí.... E outra: o texto de Walcyr só não agradava aos cultos? Conheço intelectuais que gostam muito do tipo de texto que ele escreveu em "O outro lado..." Chega a ser preconceituoso você dizer, em outras palavras, que a grade audiência não entendia de tonalidades de imagem, que não sabe discernir qualidade do texto... A qualidade costumeira de sua crítica televisiva que é sempre muito boa ficou devendo em alguns pontos aqui...


Jeferson Cardoso respondeu:

Obrigado Alexandre, corrigi. Não tinha percebido esse deslize. #Mico Rsrsrs


Veja também