O Planeta TV

O Outro Lado Paraíso: um sucesso inexplicável!

Novela das nove não é uma maravilha, mas conquistou o público.

Por: Jeferson Cardoso

A Vingança de Clara (Bianca Bin). Foto: Globo

Podem falar o que quiser de Walcyr Carrasco, desde que admita que ele sabe, como ninguém, transformar um fracasso em um enorme sucesso. Não é segredo que não curto o estilo do autor na faixa das 21h, o que é uma bobagem. Uma frescura. Como posso gostar dele as 18h e as 21h não? Enfim, não é porque tenho implicância com estilo dele (as 21) que afirmarei que O Outro Lado do Paraíso é ruim. Não gosto, mas a trama tem seus méritos. E não sou daqueles que vai dizer que a novela só é sucesso porque não tem concorrencia. Veja bem, O Outro Lado do Paraíso começou torta, estranha, desconfigurada. A produção da novela, rapidamente, percebeu os equívocos e tratou de corrigí-los num piscar de olhos. Na quarta semana, depois de alguns ajustes - capítulos reeditados - a história começou a despertar o interesse do público. Walcyr Carrasco tratou de antecipar a falsa morte da mocinha e começou a atirar para todos os lados. A cada semana uma novela diferente no ar. As atitudes das personagens mudam a todo momento, o que é característica do autor (já havia comentado aqui no Blog que isso iria acontecer). Enfim, como se trata, de uma obra aberta e de uma novela sem sinopse, tudo é possível. Como o Ibope subiu, a novela - que vinha sendo questionada - passou a ganhar destaque na mídia e os alguns jornalistas - que não dão o braço a torcer a Walcyr - começaram a elogiar as atuações dos veteranos. Só faltam dizer que o texto da novela são poemas decifrados pelos magníficos intérpretes. 

No fundo, o público sabe. O texto segue aquém, bem fraco. Às vezes, percebe-se que os atores não levam tão a sério o que estão dizendo, mas passam sentimento. Aí, no meu ponto de vista, que é o chute de gol desta obra, que também tem uma direção e fotografia foram do comum. Comigo quem tem crédito é André Binder, o diretor geral. Sei que quem leva a fama é o artístico, no caso, Mauro Mendonça Filho, que também é uma baita de um profissional. 

Não irei entrar em detalhes da história, até mesmo porque não assisto (tudo bem, confesso, assisti à uns 3 capítulos para poder fazer esta postagem), mas preciso fazer algumas observações. Grazi Massafera, inicialmente, apontada como vilã, acabou-se tornando a mocinha. Marieta Severo - que parece estar sempre interpretando o mesmo papel - precisou de umas tesouras para não passar batida. A história da Elizabeth (Glória Pires) finalizou antes do meio da novela. O "Marciel que caiu do céu" desapareceu. Sergio Guizé, péssimo em cena, perdeu espaço e sumiu. Marcelo Novaes voltou a trama para fazer figuração e ter garantia de salário. Bom, isso são alguns detalhes. Se eu fosse descrever tudo o que percebi, assistindo apenas a três capítulos, o texto ficaria extenso. 

No Ibope, O Outro Lado do Paraíso será referência talvez para todo o sempre. É um fenômeno inexplicável. Acredito que terminará com 38 pontos de média geral. E só não empatará com Avenida Brasil e Fina Estampa porque teve um início de gosto duvidoso. Demorou umas quatros semanas para entrar de guela a baixo dos fãs do universo do autor. 

Que o mês de abril passe voando. E que venha maio, pois estou ansioso para a estreia de Segundo Sol. O João Emanuel Carneiro que tanto pedi está voltando. E vocês não sabem o prazer que vai ser voltar assistir uma novela das nove. 

Por ora, vivam O Outro Lado do Paraíso. O "novelão" está acabando. Aos que estão começando a se sentir órfão, peçam a Globo para reprisar Eta Mundo Bom enquanto o autor bola uma ideia para voltar a faixa das 23h. Não vou dizer que ele poderia furar a fila das 18h porque daí seria sacanagem com Thelma Guedes e Duca Rachid - que há três anos tentam voltar para o ar.

Agradável 

Nathalia Dill arrasa em cena de Orgulho e Paixão. Foto: Divulgação/Globo

Orgulho e Paixão é um primor. Muito boa essa novela, estou gostando muito. É divertida e romântica. Os personagens são carismáticos. Infelizmente, acredito que a audiência irá interferir na narrativa. Sinto falta de drama. Acho que a comédia deveria surgir após uma apresentação dramática. Apostar na comédia de imediato pode não ter sido uma boa escolha.     Digo isso no sentindo de audiência, de começar causando. No mais, fica a minha torcida para que não seja uma novela desconfigurada para obter índices razoáveis de Ibope. 

Misericordia!

No último post, implorei para a Globo mudar o perfil de Bruna Marquezine. Fui atendido, em partes. Mudaram o tom de voz da personagem, mas a performance da atriz é vergonhosa. É constrangedor e irrita.

No meu ponto de vista, a novela não é tão ruim. Tem um ritmo lento, mas ruim, ruim, não é. O que ruim mesmo é o papel de Marquezine.

No Ibope, a novela vai bem. Tem a mesma média de Rock Story, que foi aclamada pela mídia e considera um sucesso pelos que analisam friamente os números do Ibope.

Obviamente, Deus Salve o Rei não tem a mesma repercussão de Totalmente Demais ou Rock Story. Pega Pega também não teve, mas foi um fenômeno de audiência. Com 25,3 pontos de média geral (com enorme chance de terminar com 26), Deus não é um fenômeno de audiência, mas não é certo dizer é um fracasso. Ou Rock Story foi fracasso?.

O robô, melhor, Bruna Marquezine. Foto: Divulgação/Globo

Números de Ibope cada um julga como quer. É fácil tratar números isolados, friamente. Só que não é assim que funciona, meus queridos. A última temporada de Malhação, Viva a Diferença, por exemplo. Foi um enorme sucesso graças à reprise de Senhora do Destino. Ou você tem dúvida disto?. A atual, Vidas Brasileiras, recebe no “abismo” da reprise de Celebridade, e é condenada. É fácil apontar o dedo, ainda mais quando se trata de algo que a gente não gosta.

Eu não sei se atual temporada de Malhação é melhor ou pior do que a anterior. Não assisto. O que observo é que, se a Globo erra na escolha do Vale a Pena Ver de Novo, o vacilo atinge até a novela da seis.

Irrita

No BBB, ou você gosta ou você odeia o Leifert. Há quem faça comparativos dele com Pedro Bial. No meu ponto de vista, Bial estava cansado e já não acompanhava mais o ritmo do reality show. Leifert deu uma nova pegada, uma atualizada, mas...., às vezes, se comporta como telespectador e, sem querer querendo, interfere nas opiniões e induz o público. A empolgação do apresentador influencia até mesmo nos comportamentos dos participantes. Nesta edição, diversas vezes, para colocar fogo no parquinho, Leifert jogou indiretas para Caruso e, ao vivo, chegou a questionar os sentimentos de Kaysar por Patrícia. A produção também colocou o público contra o grupo que se formou no início do programa, apelidando de Trio Mandiga a união de Ana Paula, Patrícia e Diego. Do outro lado, Leifert alertando: “olha o comprometimento” e “faça de tudo para não ir ao paredão”. O apresentador, comportando-se como um telespectador, gosta de um barraco.

Quem vencerá o BBB: Kaysar ou Gleici?

O BBB – assim como os demais, inclusive o The Voice – é um reality que tem inferência da produção. É uma pena que a maioria do público embarca na história montada pela edição. No ano passado, a Globo fez o público acreditar em Emilly. Não foi uma tarefa fácil, mas conseguiu. O que a emissora ganhou com isso, não sabemos. A personagem fake não teve sobrevida e não foi aproveitada para absolutamente nada, nem para preencher o espaço de programas que os ex-participantes são obrigados a participarem.

Sei que Kaysar e Gleici tem a maioria da torcida, mas faço parte da turma que se identificou com Paula e Ana Clara.

Cansativo!

Gente, o que levou a Cátia Fonseca a sair da TV Gazeta? O programa que ela apresenta na Band é muito ruim. O Melhor da Tarde é, sem dúvida, o pior programa feminino da TV aberta. E, pelo que entendi, é um produto bancado pelo Sidney Oliveira. Enquanto estiver dando lucro, continua no ar. Normalmente, programas chatos acabam rápido.

Não vingou

A reprise de Celebridade fracassa no Ibope. A novela é fraquinha, mas muita gente tinha lembrança só da parte boa, que é bem rápida. Inclusive é fase que começou a ir ao ar na última semana, quando Maria Clara (Malu Mader) descobre a identidade de Laura (Claudia Abreu). O embate entre elas é fantástico. Vale a Pena espiar apenas os confrontos, que deve durar uns 2 meses. Depois.... A parte final desta novela é bruxante.

No geral, Celebridade é uma novela boba, de vilã fraca, tramas paralelas insossas... Não é uma novela atemporal. Não sei o motivo pelo qual fez tanto sucesso quando foi ao ar em 2003. A história, inovadora para a época, envelheceu. Talvez, se a reprise tivesse acontecido há cinco anos atrás, teria dado certo. Vai saber. O que vejo é uma insatisfação geral. A ponto de ver pessoas implorando por uma reprise de Chocolate com Pimenta ou Alma Gêmea. Eu, como diretor artístico, apostaria na reapresentação de Eta Mundo Bom!.Hahahahahaha!

Esperança

Estou criando expectativa com Onde Nascem os Fortes. Uma pena que a Globo não irá valorizar o produto, que, aparentemente, parece incrível. A emissora exibirá a  supersérie na segunda linha de shows, após as 23h. Quem sabe se traçar no Ibope voltam atrás, como fizeram com Os Dias Eram Assim. Se, de fato, valer a pena, terei que assistir no Globoplay. 

Sem graça

E as reprises do Canal Viva?. Sério gente, alguém assiste? Eu vejo Explode Coração porque divirto-me com as expressões do cigano Igor, mas é uma novela que não indico. É fraca. Bebê a Bordo é cansativa, desisti. Não é ruim, mas é repetitiva e dá a sensação de que não sai do lugar. Sinhá Moça é a melhorzinha das três, mas já passou várias vezes que a gente fica desanimado assistindo. Que fase!!!

Tabelão

Para quem gosta de números de ibope, segue o ranking do horário das sete desde 1990. Cada um analisa e faz os comparativos como quer. Só não esqueça que antigamente novela das sete começava as sete, hoje começa quase as oito. #Deboche I Love Paraisópolis, por exemplo, ficava no ar até 20h50.

Gostaria de pedir desculpas pela minha ausência, quase dois meses sem publicação, mas foi uma opção. Não dava para ficar comentando sobre O Outro Lado do Paraíso, Tempo de Amar e Deus Salve o Rei (essa comecei gostando, mais não suportei por muito tempo a péssima atuação de Marquezine e o ritmo (lento) da narrativa. Não tinha o que comentar, pois pela primeira vez nenhuma novela em exibição era de meu agrado. Diante das frustrações decidi me ausentar do que ficar falando mal por falar. Não ficaria legal. Aqui no Blog, quando reclamo de algo ou alguém, é porque vejo e torço por um melhor resultado. Reclamação faz parte do processo, pois nem tudo a gente acha perfeito. Nada irá agradar 100%, nem a mim, nem a você, nem a ninguém. Agradeço imensamente a preocupação de alguns leitores, que até enviaram emails, pensando que estava com problemas de saúde. Estou bem, ótimo diria. E numa grande expectativa com as próximas produções. Vem Segundo Sol, vem Onde Nascem os Fortes, vem O Sétimo Guardião... Estou preparado até para dar chance a próxima do Walcyr, que se duvidar é aprovada antes do Natal. #deboche

É isso, para vocês quais são os pós e contras de O Outro Lado do Paraíso? Quem deve vencer o BBB18? Estão curtindo Orgulho e Paixão? E por que a reprise de Celebridade passa despercebida?

Obrigado e até o nosso próximo encontro!



Comentários (34) Postar Comentário

Mu comentou:

O outro lado é assombrosa. A novela é simplesmente ridícula, até ficção tem limite. A pessoa que assiste uma novela dessas não merece se deliciar com tramas como a força do querer, por exemplo. Lamentável.
A expectativa por segundo sol é grande, Jec não cometerá o mesmo erro duas vezes e virá com tudo. Adriana Esteves pode até cometer umas carminices, mas com certeza quebrará tudo em cena.
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, desculpa esses risos do nada, mas de repente me veio a cabeça a interpretação da kkkkkkkkkkkk Bruna Marquezikkkkkkkkk, é bem sofrível kkkkkkkkkkk.


Jeferson Cardoso respondeu:

Sinto que o público quer que Adriana Esteves reviva a Carminha. Espero que isso não aconteça. Não quero que Segundo Sol será uma novela de gritos.


Flavio Martins comentou:

Não gosto de OOLDP, acho muita coisa forçada, além do texto ruim e pieguento. Assumo que assisto pq não tem nada na Tv no horário que em agrade, inclusive na Tv fechada. Tem situações ali que tenho vergonha pelos atores, é cada cena sem noção que fico até constrangido. Destaco no elenco O Thiago Fragoso, Laura Cardoso (o núcleo do bordel, que apesar de não fazer muitos entido quando está em cena dar um ar de leveza) Bianca Bin, o Lima Duarte e a Fernanda Montenegro (hahaha), mas de resto descarto tudo. É cada furo no roteiro que nao entendo, até hoje nao consegui decifrar o pq da Elisabeth/Duda ter se tornado sócia do bordel, o pq da Adriana não reconhecer a mãe quando elas se reencontraram. Tenho pena da Glória Pires pq só pega bucha, ora Babilonia, ora essa novela horrenda. Não vejo o pq de manter a maioria dos núcleos, muita coisa inútil, sem função. Estela, o salão de beleza, Diego e Melissa, Jô/Adriana/Henrique/ o Marcelo Novaes (não sei o nome do personagem) e o pior núcleo de todos os tempo, vergonha alheia geral o do Doutor Samuel, juro que sai da sala todas as vezes que aparece essa besteira, não sei como tem coragem de levar aquilo ao ar. Muita besteira gente. Mas enfim, graças a deus a novela está na reta final e só nos resta agora aguardar o segundo sol do JEC, que tenho certeza que depois de A Regra do Jogo aprendeu com os erros e vai arrebentar. Não sei se vai manter a média da atual trama, mas que ao menos fique na casa dos 34/36 pontos.


Jeferson Cardoso respondeu:

Flávio, não tente entender. Viva o novelão. Rsrs. Não sei se JEC tem pacto para 36, mas se a novela for boa e merecer torcerei para que consiga.


Bernardo comentou:

O Outro lado do Paraíso é inexplicável mesmo o sucesso de audiência porque só isso que tem, muitos assistem mesmo pra criticar e falar mal, pra ter assunto claro que a concorrência está fraca também. Nenhum colunista sério de televisão elogia e quando tem elogio é pago o tal ZAMENZA mesmo um dos únicos que elogia a novela soube que o cheque do Walcyr caiu na conta dele e também soube que Walcyr pagava 20 mil um colunista para elogiar Verdades Secretas. Não preciso inventar não ganho nada com isso, é uma novela fenômeno de audiência e fenômeno de coisas nonsense. Orgulho e Paixão é um primor uma delícia passa tão rápido você nem vê uma pena, acredito que os índices vai subir, merece ser um sucesso. Celebridade bem Celebridade é uma novela datada hoje com as redes sociais, internet a busca por capas de revistas não tem valor nenhum mais fez sucesso na época acho que é uma grande novela grandes personagens e interpretações mas sofre da barriga o que era comum na época, capítulos se arrastam e não acontece nada. Sobre o VIVA,Explode Coração é muito chata aquele núcleo dos ciganos com aquelas dancinhas é um porre e fora na falta de preparação dos protagonistas. Bebê a Bordo é um besteirol os personagens não falam gritam, é uma novela doida, confusa, nonsense mas pelo menos tem humor. Sinha Moça é um primor é a melhor das três, é uma novela sensível, bonita. Show estou adorando. Deus Salve o Rei não é sucesso está mediano mas preocupa a Globo porque investiram muito e nas redes sociais só tem críticas dizem que a novela é chata que nada acontece é por aí vai fora as críticas aos protagonistas não é só a Bruna não, os três estão sendo criticados, esperavam 30 pontos ou próximo a isso. Onde Nascem os Fortes terá muita violência, cenas de estrupo, assassinato, sexo, é para os fortes mesmo rs


Jeferson Cardoso respondeu:

Bernardo, você tem razão, Onde Nascem os Fortes será bem violenta. Espero que não será violências gratuitas. Vamos aguardar no ar. Amém! Rsrs



Ode respondeu:

Você pode provar que o Zamenza é pago???? Porque além dele muita gente adora a novela e a audiência que dá é a prova disso. Porque partindo desse seu comentário idiota tambem podemos achar que tem colunista sendo pago pra detonar tudo da novela que não é pior que A Lei do Amor e Babilônia, mas já vi colunistas ditos sérios dizendo que esses horrores eram melhores. Saiba respeitar a opinião do outro mesmo que discorde. Não é porque ele vê qualidades na trama que é pago. Eu e muita gente tambèm vê!


Raul comentou:

Também concordo com o que vc falou, prefiro Walcyr Carrasco as 18 hs,Amei demais todas as novelas dele desse horário, principalmente Alma gêmea e chocolate com pimenta, dois fenômenos. Tô gostando de Orgulho e paixão, tbm acha que deveria ter mais drama.E Quanto Celebridade,senhora do Destino, não entendo como fez tanto sucesso na época.Agora sim novelas boas das 21 hs foram:Laços de família, Mulheres apaixonadas, o Clone entre outras.

Ellen comentou:

Concordo com Outro Lado, Marquezine, Orgulho e BBB, mas você comete erro ao criticar Celebridade sem assistir. Faco maratona no sábado e a novela é maravilhosa, os personagens são profundos, tudo caminha sem pressa mas também sem letargia. Sempre acontece alguma coisa. Semana passada por ex foi o drama da Lemmertz descobrido que é enganada pelo filho.
Se fosse novela do Carrasco a Laura ja tinha dado o golpe no primeiro mês, mas não faria sentido nenhum. O gilberto escreve as tramas cuidadosamente sem furos. Uma grande novela com uma grande vilã estrategista e uma mocinha que não é chata


Jeferson Cardoso respondeu:

Ellen, na minha opinião, Celebridade envelheceu com tempo. Não é atemporal. Quando foi ao ar, era novidade. A rixa entre Maria Clara e Laura fez um baita sucesso. Eu tenho implicância com atuação de Cláudia Abreu nesta novela. No início, não gostava. Hahaha


isis comentou:

Demorou muitoooooooooooooooooooooooooooooooo!!!Poxa jefferson!!!


Jeferson Cardoso respondeu:

Quem é vivo sempre aparece. Beijos, Isis. ;)


Max comentou:

Acho que é muita pretensão falar que Viva a Diferença só teve alta audiência por causa de Senhora do Destino, a exibição de Viva a Diferença começou muito antes de Senhora e já marcava 18-20 pontos comparado aos 15-16 que Vidas Brasileiras marca.
Sem falar que Tempo de Amar também registrava mais audiência que Orgulho e Paixão e provocava o efeito cascata na audência.
Essa temporada atual é fraquíssima, não sei como marca 16 pontos ainda e a atual novela das 6 é muito água com açúcar e sem graça nenhuma.
Celebridade até Deus Salve O rei tem a audiência que tem por que MERECEM os atuais números e NÃO porque senhora do destino acabou.


Jeferson Cardoso respondeu:

Max, não vejo problema algum afirmar que Malhação: Viva Diferença foi bem porque recebeu bem de Senhora. Apesar de eu ter convicção disto, não tira o mérito da trama teen. Pelo contrário. A novela recebia bem e entregava bem pra Tempo de Amar. Sucessos fazem assim.


junior comentou:

tava com muitas saudades dos seus comentários!!!


Jeferson Cardoso respondeu:

Júnior, muito obrigado. Valeu mesmo. ;)


THIAGO SÃO TOMÉ comentou:

Jeferson, a novela "O Outro Lado do Paraíso" é uma colcha de retalhos. A trama principal, a vingança de Clara, é pouco explorada nos capítulos e não empolga. As três vinganças (psiquiatra, delegado e juiz) foram executadas revelando às práticas sexuais secretas dos envolvidos. Faltou criatividade. De resto, a novela apresenta um amontoado de subtramas sem nexo com a trama central fraca. Algumas vezes Clara se envolve em algumas subtramas, porém sempre de modo forçado e superficial. Glória Pires, de fato, não tem sorte com novelas. Sua Beth passou por muita coisa, mas tudo muito superficial. Credito o sucesso do texto do Walcyr Carrasco as reviravoltas. É inegável, todo capítulo trás alguma novidade. A novela não é monótona. São as situações que fazem a novela fazer sucesso, não os personagens. Todos os personagens são esquecíveis, por serem comuns e superficiais. Há alguns momentos agradáveis, como o encontro de Mercedes com sua filha. Nesses casos, os méritos são dos diretores e atores envolvidos. Falando em atores, Marieta Severo está igual a Fanny de "Verdades Secretas". A personagem Clara não acrescenta nada a carreira de Bianca Bin, por ser uma personagem fraca e apática. Falando em apatia, Glória Pires está bem, pois sua personagem exige uma interpretação preto e branco, o que ela está fazendo muito bem. É uma alegria a presença de Fernanda Montenegro, Lima Duarte e Laura Cardoso. As cenas dos seus personagens são ótimas.
Também estou empolgado com a nova supersérie "Onde Nascem os Fortes". Pena a pouca divulgação. Acredito que será bem melhor do que a esquecível "Os Dias Eram Assim". "Segundo Sol", de João Emanuel Carneiro, até agora não me atraiu muito. Ela possui tramas semelhantes às da atual novela das 9. Vou aguardar as chamadas irem ao ar.
Bem vindo de Volta. Até a próxima. Valeu!


Jeferson Cardoso respondeu:

Thiago, de fato, Walcyr é ótimo roteirista. Tem ótimas idéias e as executam muito bem. O problema dele mesmo é a qualidade do texto, mas o povão gosta né? Rssrs


Márcio Alves comentou:

Pra mim as novelas da globo já deu o que tinha que dar ,até nos outros paises o povo tá preferindo ver as novelas da Record que estão explodindo.Aqui no Brasil o povo não aceita que outra emissora faça sucesso com novelas e ficam bajulando uma rede globo a vida toda.chega de globo .Vamos assistir novelas diferentes: assistir novela no SBT ,na Record .Não só na globo .Porque quem só assiste a globo, além de alienado e ridículo,não tem cérebro.


teo respondeu:

Ridículo e você!! É péssimo de argumentos!!



Jeferson Cardoso respondeu:

Cada um assiste o quer. Ninguém é obrigado a nada. Quem assiste a Record também assiste a Globo. Só que quando está na Globo não bate bem da cabeça. Kkkkkkkk ahhhhhhh tá!



Dory respondeu:

Concordo Marcio, a globo perdeu a essência de fazer boas novas, hoje ela quer enfiar garganta a baixo coisas que não são legais, para parecer moderninha. Deixei de assistir essa emissora a muito tempo, e não sinto falta. Concordo que a Record hoje está melhor que a globo. A emissora Sbt é boa em alguns programas.


Veja também