O Planeta TV

Mil e Uma Noites é uma novela incrível!

E mais: I Love Paraisópolis é destinada ao público jovem?

Por: Jeferson Cardoso

Publicidade

Onur (Halit Ergenç) y Sherazade (Bergüzar Korel) em cena da novela (Foto: Divulgação/Band)

Essa é a minha novela das nove, a partir de agora. Assistirei Os Dez Mandamentos as 20h30 e na sequência a ótima série turca, que aqui no Brasil é exibida como telenovela.   

Mil e Uma Noites é excepcional. O Brasil, sem dúvida, é o país que melhor sabe fazer novelas (ainda), entretanto é impressionante a qualidade técnica da TMC Film (produtora).

As novelas turcas estão conquistando a América do Sul. Sucesso estrondoso no Oriente Médio, Mil e Uma Noites foi sensação no Chile e na Argentina. Aqui no Brasil também repercute bem, até acima da média. Exibida na Band, na faixa da 20h30, horário mais disputado da TV, a novela alcança inacreditáveis 4 pontos de audiência. Merecia mais, muito mais.

Mil e Uma Noites é uma novela enxuta, envolvente, romântica e emocionante. É um folhetim clássico, melodramático. Conta a história da jovem  Sherazade, uma arquiteta viúva, mãe de um menino de 5 anos portador de leucemia, e que precisa de auxílio financeiro para custear o tratamento dele. O multimilionário Onur Aksal usa a fragilidade dela e se compromete a pagar o tratamento, mas com uma condição: passar uma noite com ela. Ele só não esperava que fosse se apaixonar. Parece uma história simples, o mais do  mesmo, só que de muito conflitos e intrigas.

O que eu mais gosto em Mil e Uma Noites é a simplicidade da história de amor de Sherazade e Onur. È uma novela bem produzida, de belas imagens, atuações convincentes, e gostosa de se assistir.

Abaixo, um vídeo que resume a história principal.

Assim morre outra vez meu coração
Nessa estrada onde eu caminho só.....

Cansei!

Foto: Reprodução/TV GloboFiz esforço (aguentei 30 capítulos), mas não dá mais para acompanhar Babilônia. Não considero uma novela ruim, apenas fraca. Muito fraca. Não estou curtindo as mudanças e o enredo dela não me agrada.

É uma novela complicada. Não esperava que fosse fazer um estrago no horário nobre da Globo, já que recebeu bem da antecessora.  Devido o fracasso há quem diga que é uma novela escrita por Ricardo Linhares. É uma falta de respeito com o profissional. Trata-se de uma novela escrita por três autores. A culpa é de todos.

A Globo fez três mudanças no logotipo da novela, mas não muda a música de abertura. A sonoplastia dessa novela é horrível. Há boas cenas que ficam vazias e que se tornam bobas por falta de uma trilha instrumental. E o núcleo cômico? É pior que o Zorra Total!

Enfim, chega de mimimi. Como decidi parar de assistir, encerro por aqui minhas opiniões sobre Babilônia. A partir de agora apenas comentarei sobre sua performance de audiência, que por enquanto é de 25 pontos. Grandes Sucessos Brasileiros! #Deboche

Será que consegue alcançar os 30 pontos da condenada Em Família? Duvideodó.

I Love Paraisópolis 

Bruna Marquezine e Maurício Destri, os protagonistas (Foto: Ellen Soares/TV Globo)

Vocês sabem que não boto fé nesta nova novela das sete da Globo. Não tenho nenhuma expectativa, mas curti o clipe de lançamento.

Parece-me uma novela destinada ao público jovem e de foco no romance do casal de protagonista. Tem que ter cuidado com isso. Hoje em dia o público não tem mais paciência para lenga-lenga romântico.

As primeiras chamadas, com imagens do clipe, dão a impressão de que I Love Paraisópolis vai ser chata. Bruna Marquezine é linda, mas é uma atriz que só sabe fazer o mesmo tipo de personagem. Tatá Werneck parece que vem de novo com humor esculachado (repetindo a mesma coisa de Amor à Vida). Henri Castelli de novo como vilão? E a cara de bom moço de Caio Castro como traficante?

Não é fácil substituir uma novela quase perfeita como Alto Astral. Não tem como evitar esse choque, já que cada autor tem o seu estilo. Conhecemos o Alcides Nogueira das 18h, mas não sabemos qual o ritmo que ele apresentará às 19h.

Posso estar enganado, mas acredito que a meta de audiência de I Love Paraisópolis será de 20 pontos. É a minha opinião, e isso não quer dizer que eu esteja torcendo contra. Pode ser que eu esteja equivocado e que, no ar, a novela seja popular, eletrizante e surpreenda.

Para conseguir esses 20 pontos de audiência (o que é a realidade hoje em dia das 19h), I Love Paraisópolis tem que apresentar uma boa história. O elenco é fraco, mas o importante mesmo é conteúdo.

Independente de números de audiência, espero que I Love seja pelo menos uma novela agradável e que não abra mão das donas de casa (elas são essenciais para o sucesso).

Excelente

Continuo impressionando com Os Dez Mandamentos. É uma novela incrível, ágil e prende a atenção. Não consegui parar de assistir. Denise Del Vecchio vem protagonizado cenas maravilhosas.

As mesmas caras

Sou fã de novelas, mas já estou ficando incomodado com as repetições de elenco. Essa mania de autores e diretores trabalharem com os mesmos atores  precisa de atenção. É uma tarefa quase impossível porque hoje temos muitas produções no ar, mas algumas situações deveriam ser evitadas. Para os seriados, por exemplo, poderia dar oportunidades aos novatos.

Apresentadores e comentaristas

Elogiei o programa no último post e, no dia seguinte a publicação, sou surpreendido com os apresentadores comentando (narrando) as matérias. Para que isso? E o que fizeram com a tradicional trilha instrumental do programa? Destruíram!!! Por que não mexem só que está dando errado? Não é fácil!!!

Cadê a abertura e os créditos aos redatores e produtores? É esse o novo padrão Globo? Tá certo...

Quase uma por ano!

Walcyr Carrasco é poderoso. O dramaturgo emendará duas novelas na Globo. Após Verdades Secretas, ele voltará para a faixa das 18h, substituindo Além do Tempo, de Elizabeth Jhin.

Enquanto isso, autores, de boas ideias, tem suas sinopses ignoradas. É triste.

Depois, ele furará a fila das 21h. Alguém duvida? #Deboche

Já deu!

A Record deveria desistir da nova temporada de A Fazenda. Insistir neste tipo de programa é uma grande bobagem. É pedir pra registrar traço de audiência e ser chacota da imprensa. Sem falar no prejuízo, com descontos para os anunciantes.

A TV aberta precisa, urgentemente, de novos formatos. A moda agora é música (SuperStar, Iluminados, The Voice...) e culinária (MasterChef e Cozinha Sob Pressão). Daqui a pouco cansa. Enquanto não desgasta, Iluminados e SuperStar merecem elogios. São dois ótimos programas. A troca de jurados (mesmo de argumentos repetitivos e toscos) deu sobrevida ao SuperStar, que tem cenário luxuoso, um dos mais lindos já produzido pela Globo.

GfK e ibope: como comparar?

Algumas pessoas estão esperando os números do GfK na esperança de compará-los com o do Ibope. Vai ser complicado. GfK trabalhará com share (participação no número de domicílios) e o Ibope trabalha com pontos. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Uma observação: O ibope informa que também fornece aos seus clientes informações referentes ao share (parcela de participação de determinada emissora diante do total medido).

Festa?

No próximo sábado, após a novela da nove, a Globo exibirá o Show 50 Anos, evento que ocorrerá no Maracanãzinho, localizado no RJ, com as presenças do elenco da emissora e cantores como Ivete Sangalo, Roberto Carlos, Claudia Leitte, entre outros. No domingo, 26, a emissora comemorará seus 50 anos.

Como fã, espero por um especial com depoimentos e um resumo da história da emissora, destacando os grandes sucessos e homenagens à aqueles que fizeram o nome dela. Um show qualquer será uma decepção. Se bem que não espero muita coisa.

É isso. Com a exceção de Babilônia, estou satisfeito com a safra. Na próxima semana, darei destaque à novela das seis. Gente, Lícia Manzo está inspirada. Estou adorando Sete Vidas.  

Acreditam no sucesso de I Love Paraisópolis? Ela conseguirá manter o público de Alto Astral? Babilônia ainda tem salvação?

Obrigado pela atenção, e até o nosso próximo encontro. Rsrsrs.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (45) Postar Comentário

Julio Henrique comentou:

Mil e uma noites é SENSACIONAL a tempos uma novela não me prendia! quando toca eu só queria te amar! Mas a nova das sete... não sei mas... odeio novela com favela...

Victor Hugo comentou:

Sou fanzaço de Babilônia e sei que quando a Inês começar a aprontar, tipo tirar a Beatriz do poder, ferrar com a vida da Teresa, da Paula, da Alice etc, todos vão se voltar para a novela, pq é impossível não gostar dessas vilãs que "abalam". É esperar pra ver!! Aaaaaaah, e eu estou surpreso com a onda conservadora que assola o Brasil. Você não gosta de Babilônia por questão de gosto pessoal, o que é super natural, mas há pessoas que não gostam devido às maldades da novela. Mas o incrível é que um dia o brasileiro torceu pela socialite que tirou um padre da igreja, adorou uma vilã que era uma "cachorra", outra que rodava bolsinha e empurrava os inimigos da escada e amou um casal formado por uma prostituta de "catiguria" e um executivo safadão. Daí eu me pergunto, de onde surgiu essa onde moralista? Tenho medo que isso prejudique nossa produção cultural!


Jeferson Cardoso respondeu:

Pois é, Victor. Concordo com você e não acho Babilônia uma novela pesada e de muita maldade. Os autores erram na apresentações dos personagens e na abordagens de temas. A novela também foge do estilo que o público hoje está acostumado: bem mais próximo de um seriado.



Anonimo respondeu:

Cara simplesmente excelente seu comentário!


Felipe Duda comentou:

Os Dez Mandamentos faz sucesso justamente por ter enredo e ter o que contar, coisa que a muito tempo as novelas globais deixaram de ter.
Acredito que se a Record continuar investindo pesado neste nicho, certamente vai acuar a Globo que vai ter que repensar sua forma de fazer novelas. Babilonia e fraca demais s não tem historia ,e uma novela sem emoção nenhuma. sobre a nova novela das sete ,não curto a maioria dos atores escalados tais como rs Bruna marquezine, Henri castelli,e o grande ator caio Castro Deboche.

Karol comentou:

não coloco muita fé nessa nova novela das 19h a começar pelo titulo que é totalmente medonho, sem contar no elenco extremamente fraco começando pelo Caio Castro que toda novela que faz ele só diz 2 palavras e na cena seguinte aparece transando com alguém em algum lugar publico ¬¬ toda novela que ele faz é sempre a mesma coisa só muda o nome do personagem, chega a ser irritante...posso estar equivocada mas creio que essa novela tem tudo para derrubar de vez a audiência das sete.. Jeff eu sei que vc não acompanha as novelas do sbt mas gostaria que desse uma atençãozinha a mais nelas, principalmente Coração Indomável que está bombando, Ana Brenda Contreras está dando um show de atuação como a Maricruz/Maria Alessandra, é muito difícil um remake ficar tão bom quanto a novela original (nesse caso Marimar) mas Coração Indomável está me surpreendendo na qualidade. Pra mim a Televisa é a melhor produtora de novelas que existe, até a novela mais chata deles consegue ter uma qualidade e um enredo incrível, os atores de lá conseguem transmitir para o público as emoções dos personagens (destaco aqui a atuação impecável da Daniela Castro em Meu Pecado) coisa que as brasileiras não estão conseguindo ultimamente..Queria muito que o SBT reprisasse "Feridas de Amor" e "Mundo de Feras" de tarde e passassem "La Gata" "Teresa" e "Lo Que A Vida Me Robó" de noite, sem dúvidas seria sucesso na certa


Jeferson Cardoso respondeu:

Karol, não consigo acompanhar às mexicanas porque trabalho à tarde. Coração Indomável está com uma audiência bastante expressiva, mesmo concorrendo com O Rei do Gado. É incrível! ;)


Heitor comentou:

Desses que você citou só o Roberto vai participar do show da Globo. Vi que Ivete, Claudia, Thiaguinho e outros mais o Boninho teve problemas em fechar por conta de agenda e por isso vai chamar os artistas da moda. Pode se contentar com Anitta, Banda Malta e afins hihihi


Jeferson Cardoso respondeu:

Hahahahaha! Eu queria um especial, não show. Que fase!!!


João comentou:

Há praticamente três semana, nunca vi a Globo tão desesperada por audiência tentando divulgar a novela das nove (Babilônia), quase todo intervalo de programa da emissora, isso é um nível de desespero muito grande. Mas nas chamadas são ditas que terão surpresas, reviravoltas, enfim não acontece absolutamente nada quando ela entra ao ar, é só mais um capítulo qualquer. Nem com Em Família a emissora estava tão desesperada. Praticamente me assusta quando a novela de melhor aspecto seja a das 7 e não a das 9, com certeza quando Alto Astral for acabar vai ocorrer um efeito dominó na faixa das 9:00 e diante. A Globo deveria aproveitar e escolher muito bem a próxima reprise do Vale a Pena Ver de Novo, já que os índices de O Rei do Gado são milagrosos para a emissora. Jefferson, me responsa sobre os assuntos acima e sobre qual será a próxima novela que vai ser reprisada no Vale a Pena Ver de Novo. Abraços.


Jeferson Cardoso respondeu:

João, o problema de Babilônia é que trata-se de uma novela fraca, muito fraca. A rixa entre as vilãs não convenceu. A Globo pode fazer 100 chamadas em uma hora que não consegue reverter os números de um dia para o outro. Obviamente, daqui a pouco conquista os 30 pontos e a emissora respira aliviada. O engraçado é que os 33 pontos (de média geral diga-se de passagem) de Império eram questionados. #Deboche. Bom, sobre o Vale a Pena Ver de Novo ainda não sei.


Diogo comentou:

Se Walcyr Carrasco faz uma novela por ano é porque ele pode, pelo seu mérito. Oh inveja, só porque vc é puxa saco do Aguinaldo que escreve em quarto em quatro anos e ainda fica falando mal das novelas dele. Walcyr enquanto isso escreve uma novela com a mão direita e outra com a mão esquerda!


Jeferson Cardoso respondeu:

Inveja? Coitado de mim, sou apenas um telespectador. Como fã, não quero (e nem desejo) overdose de Aguinaldo Silva. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.


NICK comentou:

GOSTO DEMAIS DESSA NOVELA TURCA E TBM DO ODM DA RECORD,EU FICO EM DUVIDA ENTRE AS DUAS NO MESMO HORARIO,MENOS DA HORRENDA BABILÔNIA CADA VEZ MAIS RUIM POR FAVOR,A GLOBO DEVIA REPRISAR UMA NOVELA DE SUCESSO NOS 50 ANOS NO LUGAR DESSE LIXO DAS 9,SUGESTÃO BOTA TIETA(1989) ATE CHEGAR O MARAVILHOSO JEC COM FAVELA CHIC Q VAI ARREBENTAR NA AUDIENCIA OK!

Lucas comentou:

I Love Paraisopolis:O que esperar de uma novela protagonizada por Bruna Marquezine,Caio Castro e Tata Werneck ? parece mais um filme de terror kk,bom mais o que importa mesmo em uma novela é uma boa historia,espero que essa tenha.
Babilonia:Tambem desisti,que novela ruim,chata,cansativa,personagens soltos,avulsos e bobos,sonoplastia horrivel,enredo fraquissimo,texto vulgar,é uma novela sem emoção,não empolga em nada para ver o proximo capitulo,pra mim é a pior novela dos ultimos anos,ate Em Familia era melhor,sim era chata,um marasmo,mas pelo menos tinha um Enredo,uma Historia,coisa que a atual novela das 9 não tem,enfim,saudades de Império,nunca pensei que ela faria tanta falta no horario nobre,do mais que venha o quanto antes Favela Chique kk.


Jeferson Cardoso respondeu:

Filme de terror? Cu-ru-zes!!! Hahahaha


Diogo comentou:

Jeferson Cardoso, eu sempre leio a sua coluna e concordo plenamente com suas colocações sobre as novelas, assisti 1001 noites algumas vezes, e é excelente mesmo. Mas sempre vejo você falando de novelas e séries,porque não comenta sobre os programas de entretenimento, programas de auditório etc. vão tão ruins que nem quer tocar no assunto? rsrs


Jeferson Cardoso respondeu:

Diogo, muito obrigado. Evito falar porque, na minha opinião, os programas de auditório da TV aberta não tem compromisso com a qualidade. É um vale tudo por audiência e sensacionalismo. Gosto de realities shows como MasterChef, The Voice e também dos talks-shows (Programa do Jô e The Noite).



Publicidade

Veja também

Publicidade