O Planeta TV

Império, o novelão da Globo, resgata velhos amantes da dramaturgia

Aguinaldo Silva, por enquanto, cumpre o que prometeu. A audiência corresponde.

Por: Jeferson Cardoso

Desde outubro de 2012, com o fim de Avenida Brasil, não acompanhava uma novela das nove. Depois da terrível Amor à Vida e da insossa Em Família qualquer coisa que viesse seria lucro.

A espera de uma boa novela, sem a pretensão de ser ótima, fui apresentado à Império. Assisti à estreia sem muitas expectativas, pensando: "primeiro capítulo de novela é chato". Eis que sou surpreendido de cara, logo nos primeiros minutos, por um novelão clássico, com amor à primeira vista; protagonista anti-herói; e uma megera que tem tudo para entrar para a lista das maiores vilãs da teledramaturgia.

Chay Suede, Marjorie Estiano, Adriana Birolli e Vanessa Giácomo, o trio da perfeição: brilharam, arrasam, encantaram... nossa, que atuações! São atores que dispensam elogios. Chay, esforçado, superou as expectativas, mesmo depois de provar seu talento em Rebelde.   

A julgar pelos três capítulos, Império me impressionou por atuações acima da média; direção e fotografia caprichadas; trilha sonora maravilhosa; agilidade (sem ser frenética demais); e um ótimo texto, sempre sarcástico, do autor.

Aguinaldo Silva, por enquanto, cumpre o que prometeu. Apresenta-nos um novelão com todos aqueles elementos básicos para prender a atenção. Império é como muitas outras, cheia de clichês. A diferença é tem cara de novela e remete ao estilo das grandes tramas do passado.

Deixando o respeito/admiração que sinto pelo Aguinaldo Mago-Mestre Silva de lado, considero os primeiros capítulos de Império uns dos melhores que já assisti.

A segunda fase da novela deve surpreender ainda mais. O autor está inspirado, e o elenco será reforçado com Drica Moraes, Caio Blat, Lília Cabral, Alexandre Nero, Leandra Leal, Tato Gabus Mendes, Elizângela, Paulo Betti, Zezé Polessa. É mole?

A audiência, como esperava, é afetada por conta do fracasso de Em Família. No entanto, em três capítulos, Império acumula 33 pontos de média. Já são quase quatro pontos a mais que a antecessora. Um grande avanço, agora é torcer pela goleada. Estou tão animado, que acredito que o horário político não será capaz de prejudicá-la. Mas ainda é cedo para tamanha empolgação. No aguardo dos próximos capítulos.

FOM FOM!

O fracasso do rebuliço

Algumas pessoas ficaram revoltadas com a minha opinião sobre o remake de O Rebu. Alegaram que eu deveria saber, nos mínimos detalhes, da versão original. Nunca tinha ouvido falar desta novela. Não me interessa se foi escrita por fulano ou ciclano, e se fez sucesso ou fracasso no passado.

Assisti aos dois primeiros capítulos de O Rebu, produzida em 2014 e escrita por George Moura e Sergio Goldenberg. É dessa novela (confusa e mal apresentada) que estava me referindo.

Não gosto do formato de O Rebu, porém é uma boa produção. Só acho que deveria ser anunciada como série. Como novela, acho um pouco de exagero.     

A baixa audiência de O Rebu é inquestionável. Os números não vem agradando a direção da Globo, uma vez que só emplaca médias satisfatórias nas segundas-feiras, quando é exibida logo após a novela. Na quinta-feira (17) perdeu, por alguns minutos, para A Praça é Nossa, do SBT.

É isso. Não tenho mais nada a falar dessa "novela".

Geração piada

A TV Globo realizará uma nova pesquisa para identificar a rejeição de Geração Brasil, a pior novela das 19h já produzida. Uma perda de tempo. Essa ruindade deveria ser encurtada, terminando em setembro.

Não espero muito de Alto Astral, de Daniel Ortiz e Silvio de Abreu, mas qualquer coisa será melhor que a novela de Izabel de Oliveira e Filipe Miguez.

Saudades de Além do Horizonte.

A voz do povo é a voz de Deus?

O Canal Viva está quase se rebaixando. A emissora deve ouvir a "voz do povo", melhor, das manifestações de telespectadores contrários a reprise da novela Pecado Capital. A forte campanha está preocupando a direção, que deveria analisar melhor as suas escolhas.

Não tem uma forma de saber quais as novelas mais pedidas? Deveria ter, assim evitaria a vergonha e a revolta da minoria, que se torna grande na Internet.

Continuo com a mesma opinião: É preciso ter cautela, e saber para quem dar ouvidos. O VIVA deve reprisar Pecado Capital como também Sabor da Paixão, Como uma Onda, Viver a Vida, Esperança, e outras produções que não tiveram tanta repercussão. Uma curiosidade: Por que a fracassada O Dono do Mundo, de Gilberto Braga, não tem tanta rejeição como o remake de Pecado Capital? A emissora dispõe de três horários de novelas, ou seja, é possível agradar a todos os tipos de noveleiros. Hoje, Pecado Capital. Amanhã, O Dono do Mundo. Depois de amanhã, A Gata Comeu. Sejam pacientes, meus queridos.

Assumiu o erro!

Em recente entrevista, Ricardo Waddington reconheceu que o Video Show perdeu identidade e que não funcionou a proposta de auditório com Zeca Camargo. Não é a primeira vez que ele fala de uma "crise" na atração. Em abril, no jornal Extra, ele disparou: "Não posso fingir que nada está acontecendo".

Waddington precisa resgatar a essência do programa, que todo dia apresenta um formato diferente. Agora inventaram de colocar GC (gerador de caracteres). Isso não combina com o Padrão Globo. Estou falando bobagem. Padrão é que a emissora não tem desde que Carlos Henrique Schroder assumiu o comando.

Tenho um carinho muito especial pelo Vídeo Show. Foi por muitos anos, meu programa favorito.  O formato atual não está muito longe do ideal. Um bom começo seria abandonar o auditório, e deixar os bate-papos de lado. Isso o Domingão do Faustão, Estrelas, Encontro com Fátima Bernardes e o Altas Horas já fazem.

Outra coisa que me incomoda são os exageros de Otaviano Costa. Ele não leva as reportagens a sério.  E o encerramento do programa com um "boa tarde, até amanhã" seria muito bem-vindo.

É isso. Estão gostando de Império?

Obrigado pela atenção. Abraços, e até a próxima. ;)



Publicidade

Comentários (47) Postar Comentário

Andre comentou:

Império até aqui e novelao, e o maior acerto de AS e ter a direção impecável de Papinha, pois Wolf estragou fina estampa que em cenas sérias parecia comedia pastelão rs! Do mais espero que AS mantenha o ritmo e que Cora que tenho certeza, entrara para a historia #Império #Novelao

Lucas comentou:

Imperio:Aguinaldo silva voltou com tudo,esta cumprindo o que prometeu e esta escrevendo um novelão,os 3 primeiros capitulos foram fantasticos,o texto é otimo,a trilha sonora é linda,direção perfeita,tem agilidade,drama,maldade,romance,e humor na medida certa e atuações surpreendentes,juntando tudo,um Novelão...Estou amando essa novela,e espero que não me decepcione e que ela continue assim na segunda fase,me surpreendi com as atuações de Chay suede,Vanessa Giacomo e Marjorie Estiano,eles arrebentaram,deram um show,Adriana Birolli tambem arrazou,eles pisaram em cima do trio protagonista da pessima primeira e segunda fase de Em Familia,Depois de Meses Aguentando a atuação vergonhosa e Insuportavel de Bruna Marquezine,somos presenteados com Atores de Verdade dando um show...Ancioso pela segunda fase,que promete muito mais que a primeira,e vem com um elenco espetacular como os mais Veteranos:Lilia Cabral,Drica Moraes,Alexandre Nero,Leandra Leal,Jose Mayer,Caio Blat e com a aposta do Aguinaldo silva com o elenco jovem da nova geração:Andreia Horta,Daniel Rocha,Marina Ruy Barbosa,Rafael Cardoso..é Novelão,esperando ancioso a sua proxima postagem com a Opinião sobre a segunda Fase de Imperio Jeff,Parabens mais Uma Vez...

Eliza comentou:

Engraçado a sua rasgação de seda pra cima da Marjorie e da Giacomo, pois a única atriz elogiada pelo autor da novela até agora se chama Adriana Birolli. Ele disse que o trabalho dela ao lado do Chay foi "magnifico" no site dele. Ele não tem obrigação nenhuma de falar isto dela, poderia ter elogiado só o Chay. E o único capítulo da primeira fase que deu ibope bom foi o da Maria Marta, o segundo, que geralmente não dá ibope. porta. ior ibope dos ultimos anos. O problema é que a Adriana é um tipo de atriz muito diferente da Marjorie e da Giacomo, mas tão ou mais talentosa quanto elas.. Elas são duas veteranas já, tem seus fãs, tiveram todas as chances possíveis mas nunca se tornaram grandes estrelas de verdade. São boas atrizes. Adriana é uma atriz causadora, não se fica indiferente a ela quando ela está em cena, é interessante, bela, a atriz ame-a ou deixei-a de sua geração. Ela não se utiliza da naturalidade cansativa e televisiva das suas colegas de geração.Fez um trabalho de composição primoroso ao criar o personagem com vários trejeitos da Lilia, olhares, climas. Quem realmente entende de atuação sabe que ela está dando um show. O próprio Chay inclusive disse no instagram dele que ela é a melhorparceira de cena do mundo. Portanto acho sua implicancia com ela injusta, porém é seu direito. Pena apenas pelo fato de vc elevar atrizes convencionais e televisivas em detrimento de uma atriz de estilo original . Se ela tem talento ou não é questão de opinião. A Lilia declarou hoje na midia que o lugar dela está marcado, veio para ficar. Eu concordo com ela.


Dianna Devassa respondeu:

Amiga, você deve ser muito obcecada por ela... em?Em nenhum momento vi o Jef desmerecer a Adriana... se ele não comentou, é motivos dele, mas desmerecer ele não desmereceu. Acho que o elenco inteiro merece parabéns.



Jeferson Cardoso respondeu:

Mil perdões, esqueci da Adriana Birolli!!!! Você tem toda razão, ela surpreendeu. Acrescentarei o nome dela na lista. :D



Wendell Gonçalves respondeu:

o autor tanto elogiou Marjori Estiano que disse que queria ela para ser protagonista da série que ele ja escreveu "Doctor Pri".


Jú Pernambucana comentou:

Se o escritor é bom a novela é boa, Império não tem nem uma semana e já é um novelão.

Marcelo Fantini comentou:

Realmente Imperio é um novelão, tudo esta perfeito ainda nao vi e nem estou procurando erros pois Impero é sem duvida uma das melhores estreia que ja vi só não é a melhor estreia porque nada supera a primeira fase de Tieta , mas Imperio tem tudo para elevar a audiencia e prender todos nos aos capitulos que vem por ai. Tudo é perfeito inclusive sua trilha sonora, principalmnte o tema de Jose Alfredo e Eliane (Everything I Own - Bread ). Sensacional

Anônimo comentou:

Faaaaaaaaaaaalso!!!!

Jullio di Avlis comentou:

Gostei de Império(Odeio esse nome, preferia o outro)- Muito boa, só acho que pecou um pouco na relação Zé/Sebastião, foi tudo muito rápido, muita confiança em pouquíssimo tempo você não acha Jef? Merecia sim um pouco mais de tempo a relação deles. E outra, a maneira como o Zé resgatou com tanta facilidade o dinheiro do outro do banco. Gente fora do normal.
No mais é sim um novelão.


Jeferson Cardoso respondeu:

Jullio, sou suspeito, mas... Penso que é novela e tem que prezar a narrativa. Se fosse detalhar isso, a novela ficaria chata.


Lucas Santana comentou:

Império tem se apresentado como uma baita novela: Envolvente, empolgante, ótimas atuações. Marjorie Estiano está arrebentando, uma pena que não continue na segunda fase da trama. Um desperdício! A história de Aguinaldo Silva tem tudo pra fazer a globo voltar a romper a barreira dos 40 pontos. E eu acredito que Aguinaldo não medirá esforços para conseguir isso. Craque ele é muito! Desde Avenida Brasil não via tanta gente falando de uma novela das nove como vejo agora. As pessoas comentam tudo. Desde a história em si até a trilha sonora! Na minha opinião, sem exageros algum, acho que estamos vendo nascer um novo fenômeno de audiência e repercussão! Mas ainda é cedo pra falar disso. A novela ainda tem muito chão pela frente! Eu só queria entender por que tem tanta gente da imprensa que insiste em comparar a audiência das novelas atuais com as novelas de 10 anos atrás. Naquela época 01 ponto de audiência, se não me engano, correspondia a 47 mil espectadores, enquanto hoje corresponde a 65 mil. É injusto e desleal. Acho que seria mais justo falar sobre o share!


Jeferson Cardoso respondeu:

Lucas, não é fácil substituir um fracasso como Em Família. Mas Império, por enquanto, está superando as expectativas. Acredito que a meta seja recuperar os 35 pontos. ;)


Fred comentou:

Muito pelo o contrário: é bem mais fácil substituir um fracasso que a um sucesso como Avenida Brasil. Todos autores acha melhor sustituir uma novela com menos repercussão para evitar o saudosismo.

Cassio comentou:

Adoro críticas de estreias de novelas, a empolgação da primeira semana é contagiante. Estou amando Império, é um novelão, pelo menos na primeira semana saberemos que foi. Tenho que falar que a combinação Aguinaldo Silva + Papinha está demais, bom texto, boa história, produção excelente, ótimos personagens, tem tudo pra ser a novela da década, hein? Fiquei impressionado com a atuação de Chay, não é um exagero ele realmente surpreendeu, e Adriana que já gostava simplesmente brilhou. Marjore, sem palavras, adorei cada cena, só lamento que tenha sido 3 capítulos, queria mais Marjore/Cora, mas tenho certeza que a Drica vai ser um presente pros amantes de vilãs. ;) Acho que a Globo deve saber o que é atingir a tão sonhada casa dos 40 pontos de novo, é cedo pra falar, mas pelo que foi apresentado e pela reação do públicos nos números e nas redes, acho que vem sucesso por aí. O Rebu nem vou mais tocar no assunto, mas gosto mais a cada dia, só vou discordar de você em uma coisa, está mais pra minissérie do que pra série ou novela, sim acho que deveria ser apresentado como minissérie, é o que é mesmo. Um abraço Jeff!


Jeferson Cardoso respondeu:

Cássio, acho os 40 pontos uma ilusão para os dias de hoje. Mas tomara que atinja. FOM FOM! Rrsrsrs


Veja também

Publicidade