O Planeta TV

Fabulosa, Novo Mundo marca época contando história do Brasil

Novela das seis da Globo é uma das melhores produções do horário.

Por: Jeferson Cardoso

Foto: Divulgação/Globo

Há algum tempo afirmo que Novo Mundo é uma das melhores novelas das seis. Pois bem, hoje, a duas semanas do último capítulo, tenho convicção disto. É divertida, ágil, bem escrita e surpreendente. É, pra mim, bem superior à Cordel Encantado. Mas, aqui não cabem comparações. Uma não tem nada a ver com a outra. São dois sucessos, cada um no seu tempo. Pelo conjunto da obra, prefiro a atual por dois motivos: 1) de gosto; 2) criatividade do início ao fim dos autores (Alessandro Marson e Thereza Falcão). O elenco, muito bem escalado, surpreendeu. Com destaques para Viviane Pasmanter, Guilherme Piva e Ingrid Guimarães. O trio (Germana, Licurgo e Elvira) superou as expectativas e dominou parte da história. Aponto ainda as ótimas atuações de Gabriel Braga Nunes, em seu melhor momento na Globo, e de Caio Castro, ator esforçado que supera seus limites a cada trabalho. E, claro, Letícia Colin, a eterna Vivi, que brilhou!!!

E Chay Suede e Isabelle Drummond? Bom, no começo impliquei com as personagens deles, Joaquim e Anna. Os atores estavam bem, mas os papéis estavam chatos. Não sou fã desse casal meloso. Por sorte, o maquiavélico Thomas movimentou a trama central, e a irritação deu lugar à torcida pelo casal principal.

Foto: Divulgação/Globo

Das paralelas, não posso deixar de destacar a linda história de amor entre Cecília (Isabella Dragão) e Libério (Felipe Silcler). É desse núcleo, para mim, a cena mais arrepiante de Novo Mundo, quando Sebastião (Roberto Cordovani) manda Idalina (Dhu Moraes) para o tronco e dá uma surra na escrava. Outro momento marcante, e tão esperado, foi à cena que Dom Pedro descobriu as traições de Domitila (Agatha Moreira) e a expulsou de casa. A sequência teve uma boa atuação de Rômulo Estrela, que, no meu ponto de vista, está pronto para dar vida a um protagonista.

Novo Mundo contou parte da história do Brasil: a indepência do país; a escravidão; dos índios; e outros temas que remetiam os dias atuais. Sacadas geniais, como a atual situação política, e os direitos das mulheres. E tudo apresentado como fábula, sem didatismo. Os autores não substimaram o público. Não exigiram dele o conhecido histórico. 

Apesar de alguns atropelos iniciais, como os sotaques carregados e alguns vacilos da produção, como a cena de Drummond usando celular de última geração (que mico!!!), Novo Mundo foi se ajustando até despontar. Essa obra fará uma imensa falta. Já estou sofrendo por antecipação de saudade desse novelão incrível!!!

Foto: Divulgação/Globo

Incrível

Como sabem, gosto muito, muito, muito mesmo de A Força do Querer. Na semana passada, foram várias as emoções. Capítulos incríveis, marcantes, históricos! É, para mim, uma das melhores novelas das 21h que já assisti. Gloria Perez está inspiradíssima, mas o recheio do bolo é a entrega dos atores. É incrível como tudo deu certo nesta novela. O capítulo da última terça (29/08), da transformação de Ivana, foi um show de arte cênica. Foi lindo, emocionante. Até chorei.

Cada um tem seu ator/atriz ou personagens favoritos. Poderia fazer um texto gigante elogiando o elenco, um por um. No entanto, serei breve e apontarei apenas quatro nomes, que considero como os destaques, "os donos "da novela: Maria Fernanda Candido, Carol Duarte, Emílio Dantas e Lília Cabral.

Joyce, Ivana, Rubinho e Silvana: três personagens magníficos, defendidos por intérpretes de altíssimo nível. São papéis complexos e que só deram certo graças às ótimas atuações. Os telespectadores se identificaram e torceram.  

Sou fã, mas não sou lesado. Gente, o que fizeram com a voz de Ivan? Do encanto à frustração. Não gostei nada, nada, nada. O tratamento de áudio na pós-produção, modificando a voz da atriz, no ar, não ficou legal. Comentei com um, que brincou: “é gás hélio!”. É rir para não chorar.

Foto: Reprodução/Globo

A pouco mais de um mês do fim, Gloria Perez começou a desenhar alguns desfechos. Zeca voltou a se aproximar do grande amor de sua vida, Ritinha; e Jeiza, finalmente, será amada por Caio. Restarão apenas duas dúvidas para o último capítulo: o destino de Bibi Ostentação (que - até agora - de bandida não tem nada, mas está ficando perigosa), e espero que não termine impune; e a ligação entre Ruy e Zeca através do colar, ou seja, a profecia do índio que diz "que o brotar das águas vai juntá-los e separá-los de novo".  

E o ibope, heim? Quem diria!!! Merecidamente, A Força do Querer terminará com 35 PONTÕES. #NuncaPensei  

O mais do mesmo

A julgar pelas chamadas, Tempo de Amar parece uma novela água com açúcar, com foco em casal romântico. Chatice!!! Só não pode ser do mesmo nível que Sol Nascente, e muito menos ser do mesmo patamar que I Love Paraisópolis. Não estou criando expectativa. Espero ser surpreendido, porém tenho minhas dúvidas.

Exagerada

Vou na contramão de que considera Belaventura uma boa novela. É bem escrita, mas é mal executada. O texto é muito bom, porém os cenários são feios (lembram os de Máscaras); a sonoplastia é horrível (os ouvidos doem); e os efeitos gráficos deixam a desejar. A vila, cidadezinha, sei lá o que é aquilo, no meio da mata é muito fake. É também uma novela violenta. A parte cômica não tem nada de engraçada, nem as trilhas incidentais que acompanham as cenas. O que era para ser engraçado, fica sem graça no ar.

No quesito audiência, no meu ponto de vista, Belaventura é uma novela que daria errado mesmo recebendo de 15 pontos do Cidade Alerta. A rejeição é clara, notável. Por ora, faz por merecer.

É vida que segue.

Agradável

Pega Pega segue batendo recordes. Não faz o estilo dos jornalistas, mas é muito querida pelo público final. Há quem diga que a novela não é querida. Pode até não ser a preferida da maioria. Muitos falam mal, porém não perdem um capítulo. Quanto mais questionam, mais o Ibope sobe.

Eu gosto de Pega Pega. É uma novela diferente, de suspense, drama e comédia. No início, revoltado com os quatro primeiros capítulos, até tentei parar de assistir, mas não consegui! Para aqueles que menosprezam a trama, aquela boa gargalhada da Sandra Helena. Hahahaha!

Pede pra sair!!!

Não acredito que O Sétimo Guardião sairá do papel. Torço pelo anúncio oficial de cancelamento. Já até fiz um post sobre assunto, e gostaria muito que Aguinaldo Silva abrisse mão da sinopse [que parecia ter pouco regionalismo e muito realismo fantástico]. Lamentavelmente, o dramaturgo foi muito ingênuo em levar a proposta para a Master Class dando chance para o oportunismo.

Lucro

A Globo transformou o Vale a Pena Ver de Novo num produto rentável, porém broxante. É um intervalo atrás do outro, e com cortes grotescos. Senhora do Destino, por exemplo, está sendo exibida desconfigurada. Se a versão original é arrastada, imagina essa recheada de anunciantes. Não sei como vocês se sujeitam a tanto. #Deboche

É isso. Gostaram de Novo Mundo? Estão animados com as chamadas de Tempo de Amar? O que justifica o sucesso de Pega Pega? E o que acharam da voz estranha de Ivan em A Força do Querer?.

Obrigado e até o nosso próximo encontro! ;)



Publicidade

Comentários (12) Postar Comentário

Eduardo comentou:

Bom, eu concordo com tudo o que foi dito, mas devo acrescentar mais adjetivos: a Natália do Valle não é apenas uma estrela excepcional como dito no texto, ela é simplesmente brilhante. Talvez a maior atriz do milênio no cenário mundial, ou, quiçá, universal.


Jeferson Cardoso respondeu:

Não citei o nome da Natália do Valle.



Micael respondeu:

Natália do Vale só me lembra quando ela ensaiava o texto olhando pra parede em vez de olhar na cara da Grazzi Massafera em Páginas da Vida kkk


Original comentou:

Oi Jeferson, super concordo com tudo que você escreveu. Novo Mundo é encantadora e fantástica, uma obra prima. Sobre Pega Pega, vou chover no molhado: novelão, sucesso arrebatador, porém subestimado pelos jornalistas. No fim, capítulo após capítulo, a novela carimba seus 30 pontões.


Jeferson Cardoso respondeu:

A voz do povo é a voz de Deus. Os jornalistas que se lambuzam com a novela do vencedor do Emmy. Rsrs


Micael comentou:

Esse é um dos pontos positivos da gestão de Silvio de Abreu na Teledramaturgia da Globo,pois ele deu oportunidades a autores que ansiavam uma oportunidade e corresponderam além das expectativas com suas tramas ágeis, envolventes, cheias de frescor e Novo Mundo se enquadra perfeitamente nisso. Pega Pega é aquele caso né, por mais a crítica encobrindo a novela de defeitos, ela vai na contramão do fracasso, só resta aceitar kkk Belaventura é boa mas o que mata a novela é a produção capenga da novela, dos cenários fakes a coroa de latão, tudo de última. Enquanto a Quererzão: M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-A.

Daniel Alves comentou:

Eu achei brilhante a mudança na voz da Ivana deu mais originalidade a transição.
A mudança na postura da atriz também está perfeita nunca achei que ela fosse chegar
a esse patamar. A gravidez que vem por ai é desnecessário outro ponto negativo é o jeito que ela está forçando a barra de mais para que os pais a aceite. Sobre o sétimo guardião já mandei fazer 2 trabalhos para que a globo cancele esse troço, o começa mau termina péssimo. E sobre os dias eram assim por que vc nunca comenta ? Teve suruba essa semana.


Filipe respondeu:

A gravidez de Ivan é tudo o que eu pedi. Se homem trans mantém o útero, pode engravidar. Nada diferente da realidade; na verdade, de acordo com a realidade. A gravidez de Ivan servirá para mostrar que homem trans não deixa de ser homem, de se reconhecer como homem e reivindicar a identidade masculina, por ser capaz de engravidar e engravidar de fato. Vai dar um nó na cabeça de quem pensa que transexualidade está necessariamente ligada a rejeição de partes do corpo. O povo tem MUITO o que aprender sobre transexualidade.


Jonas Sabino comentou:

Gosto de Novo Mundo tbm. Achei interessante as chamadas de Tempo de Amar. Lembrei de Além do Tempo. Sobre Pega Pega, não gosto muito da linguagem dos personagens, parece meio previsível, muito clichê. O casal principal é zero-química. Gostei do desenrolar da história do roubo, é interessante. E as demais cenas por mais que sejam bobas, são muito bem dirigidas. É estranho, não acho ruim nem boa...
Com relação a Belaventura, acho maravilhosa até então. A melhor novela da Record dos últimos tempos. A audiência tá desastrosa, mas é necessário ter concorrência. Gosto é Gosto.
A atuação da Maria Fernanda Candido é uma das melhores. Estava longe das novelas por um tempo e voltou brilhando. Gostei da voz da Ivana. Nem notei que era editada.

Lucas comentou:

A Força do Querer é um novelão atípico, Gloria Perez recuperou a dignidade perdida em anos do horário das 9,que texto incrível,que atuações,que historia,que direção,é um novelaço surpreendente,a melhor em anos,os personagens claramente humanos cativam o publico e nos fazem se encantar por toda trama,não tem um núcleo que da pra dizer que é ruim ou dispensável,a novela é ao todo cativante. Mas serio mesmo que você acha que Ritinha e Zeca;Jeiza e Caio ficam juntos no final ?? kkkk só você mesmo pra pensar isso,está obvio ate pelo que é apresentado diariamente na trama que Jeiza e Zeca ficarão juntos no final,e Ritinha que não ama ninguém (só a ela mesma) ficara apenas como sereia,o que sempre foi, essa troca de casais,ja utilizada em diversas novelas, é apenas para criar conflitos e fazer a trama render,mas o final está obvio,o texto da Gloria da a entender tudo.O único desfecho que esta mesmo despertando curiosidade e é duvidoso é o de Bibi Perigosa,alias,que personagem fantástica em ? é a rainha da novela,todo o destaque esta em torno dela,que trama.


Jeferson Cardoso respondeu:

Oi Lucas, quero Ritinha com Zeca sim. Bibi é ótima, mas não gosto da atual fase dela. Quero que seja punida no fim. ;)



Daniel Alves respondeu:

Ela é tudo, menos perigosa ! rs



Jeferson Cardoso respondeu:

Por enquanto, sim! Rsrs


Diego comentou:

Já estou me sentindo órfão sem Novo Mundo. A história do Brasil contada de forma leve foi sensacional, mas o ápice ficou para o destaque merecido a Imperatriz Leopoldina. Ela que brigou pelo Brasil, Dom Pedro sempre foi um moleque. Viva Leopoldina uma grande Imperatriz, uma grande mulher!

Marcos comentou:

Estou animadíssimo com as chamadas de Tempo de Amar,tá linda,elenco bom,tem tudo pra ser sucesso.


Original respondeu:

Chamada da personagem da Andreia Horta mostrou que terá uma grande trama em torno dela.


Arnando comentou:

Belaventura é uma novela incrível mesmo. Não é por acaso que está preocupando tanto a Globo e prejudicando a audiência de A força do querer.


Filipe respondeu:

HAHAHAHAHAHAHAHAHAH


Marcus comentou:

Concordo em partes! Na minha opinião as personagens que estão carregando a força do querer nas costas são, Shirley, Dita, Dedé e o cara que traz coxinhas na venda de Nazaré. No mais, Bibi Perigosa acabará mesmo como a grande assassina de Irene que morrerá asfixiada com uma montanha de dinheiro. Acho fraco o desempenho de Lília Cabral nessa novela, lembra muito a personagem que ela fez em Tieta. A voz de Ivan está ótima, mas é só prestar atenção que dá pra perceber que está sendo dublada por Maurício Mattar. Pelo jeito Zeca não terminará nem com Jeiza, nem com Ritinha e nem com Eurico, a atriz Maria Zilda Bethlem entrará na trama e fisgará o coração do caminhoneiro.

Veja também

Publicidade