O Planeta TV

Após frustrações, o que esperar de Alto Astral?

E mais: o que aconteceu com Império?

Por: Jeferson Cardoso

De repete comecei a ficar interessado por Alto Astral. Ainda tenho a esperança de ver uma boa (ou ótima) novela às 19h. Uma obra escrita especificamente para o horário.

Não conheço o estilo de Daniel Ortiz, autor titular, mas sei das características de Silvio de Abreu, o supervisor. João Emanuel Carneiro, Andréa Maltarolli, Carlos Lombardi são craques que já foram supervisionados por Silvio, que hoje encabeça o Fórum de Dramaturgia da Globo.

Geração Brasil e Além do Horizonte, apesar de ter gostado após mudanças radicais, foram novelas que desnortearam a maioria. O horário das sete há anos está vazio, sem uma novela direcionada para o público certo.  

Alto Astral parece ser a trama ideal, com romance, suspense e humor. A trama se passa em uma cidade fictícia e tem um hospital como um dos cenários principais. O protagonista é o jovem médico Caíque (Sérgio Guizé), que descobre o dom de ver e falar com espíritos. Caíque é filho de Maria Inês (Christiane Torloni) e meio-irmão de Marcos (Thiago Lacerda), um mau caráter que tem um caso com Sueli (Débora Nascimento) e vive às voltas com a médica charlatã Samantha (Cláudia Raia), que é ressentida pelo fato de ter perdido seus poderes paranormais. Paralelo às amantes, Marcos é noivo da mocinha Laura (Nathália Dill), uma jornalista batalhadora que sustenta o avô Vicente (Otávio Augusto) e os irmãos Gustavo (Guilherme Leicam) e Beatriz (Raquel Fabbri). O conflito principal da trama começa quando Caíque se apaixona por Laura. Gustavo é um atleta de saltos ornamentais que é capaz de tudo para conseguir o que quer. Ele tentará derrubar Ricardo (Nando Rodrigues), seu mestre, e os atletas César (Alejandro Claveaux) e Israel (Kayky Brito). Israel se apaixona pela popular Gabriela (Sophia Abrahão), alvo da inveja de Bélgica (Giovanna Lancellotti), irmã de Israel. Eles são filhos de Manoel (Leopoldo Pacheco), irmãos de Afeganistão (Gabriel Godoy) e Itália (Sabrina Petraglia), e enteados da divertida Tina (Elizabeth Savalla). O empresário Marcelo (Edson Celulari) é pai de Ricardo e marido de Úrsula (Silvia Pfeifer). A perua e ex-miss Kitty (Maitê Proença), volta da Europa falida e tenta arranjar um marido rico para a filha, a patricinha Scarlet (Mônica Iozzi).

Confira, o elenco completo, listado em ordem alfabética: Adriana Prado, Alejandro Claveaux, Ana Carbatti, Carlo Porto, Christiane Torloni, Claudia Raia, Conrado Caputto, Débora Nascimento, Débora Olivieri, Débora Rebecchi, Edson Celulari, Elisabeth Savalla, Fábio Audi, Gabriel Godoy, Giovanna Lancellotti, Guilherme Leicam, JP Rufino, Kayky Brito, Leopoldo Pacheco, Luciana Rigueira, Maitê Proença, Marat Descartes, Marcelo Médici, Maria Carol,Marianna Armellini, Marilu Bueno, Mônica Iozzi, Nando Rodrigues, Nathália Costa, Nathália Dill, Nina Frosi, Norival Rizzo, Otávio Augusto, Raquel Fabbri, Rodrigo Serrano, Rosanne Mulholland, Sabrina Petraglia, Sérgio Guizé, Sérgio Malheiros, Silvia Pfeifer, Simone Gutierrez, Sophia Abrahão, Thiago Lacerda e Totia Meirelles.

A novela é baseada em um argumento de Andrea Maltarolli, morta em 2009. Estreia dia 3 de novembro. As expectativas são as melhores possíveis. E que se dane a audiência, já que será exibida no horário de verão. Estou mesmo é com desejo de um novelão!

Loucura?

A Globo surpreendeu a todos com a escolha da substituta de Cobras & Lagartos: O Rei do Gado, de Benedito Ruy Barbosa, que já reprisada em 1999.

Loucura ou desespero? Um pouco de cada, diria. Percebe-se que a emissora está insatisfeita com os resultados de audiência e quer reconquistar a confiança do público-alvo: as donas de casa.  

A Globo acostumou mal o público do Vale a Pena Ver de Novo, que hoje está, digamos, viciado em novelas de humor. O Rei do Gado é velha, não tem comédia, e também é muito arrastada, barriguda, e chata. Não sei se é a obra ideal para “salvar” a emissora de uma queda livre de audiência. Senhora do Destino ou A Indomada, a meu ver, seria mais apropriada.

Vejo O Rei do Gado como uma escolha errada, principalmente por ter sido reprisada recentemente no Canal Viva. O público da emissora aberta e paga é diferente, mas não deixa de ser uma desculpa, caso fracasse.

Acredito que a reprise de O Rei do Gado será um fracasso de audiência. Foi um fenômeno na década de 90, mas para hoje em dia... É um tipo de novela que não atende o que espera o telespectador do Vale a Pena Ver de Novo. Vem cá, a obra foi um sucesso. Sim, foi na década passada. Hoje, acredito, o telespectador espera por clássicos, porém ágeis e novelões.

Na geladeira?

Patrícia Poeta deixará a bancada do Jornal Nacional com a promessa de que estará à frente de um programa de entretenimento. Posso estar enganado, mas desconfio que a profissional fique um tempo na geladeira.

A Globo não será louca, neste momento, de trocar a Sessão da Tarde por um programa do tipo do Encontro com Fátima Bernardes. Certamente, no quesito audiência, seria ultrapassada pelas reprises do SBT. As novelas mexicanas não explodiriam, mas liderariam com "apenas" sete pontos de média.

Falam que Poeta estará à frente de um programa nas manhãs de sábado. Um dia instável na grade da Globo, que normalmente é utilizado para eventos esportivos.

Poeta poderia retornar ao Fantástico, de onde não deveria ter saído. Agora – acredito – ficará uns dias na geladeira para que possa descansar a sua imagem. Espero estar enganado, já que é uma ótima profissional.

O que aconteceu?

O que acontece com Império? A novela é boa, mas tenho a sensação de que não sai do lugar. Os capítulos oscilam bastante. Não me refiro aos números de audiência, mas sim à história.

Tem capítulos bons, ótimos, mornos e chatos... Xiiiii. O Novelão prometido é instável.

Sou um telespectador chato e exigente. Antigamente tinha paciência para novelas arrastadas, hoje não mais. A culpa é do João Emanuel Carneiro? Não, até mesmo porque na década de 90 tínhamos muitas novelas ágeis e impactantes.

Império é boa. É uma obra clássica, mas não a vejo com a característica forte de Aguinaldo Silva. É ágil, porém parece não ser e dá a sensação de que a história não sai do lugar. E, em outros casos, sinto que a histórias de alguns personagens simplesmente acabaram, como a do Téo Pereira e Leonardo.

Como já havia comentado, alguma coisa não está funcionando bem em Império. Talvez o problema esteja na direção, que não conseguiu imprimir o ritmo certo. Ou até mesmo na quantidade de número de colaboradores, prejudicando a característica do autor. Digo isso porque alguns diálogos não parecem ser escritos pelo Mago. Veja bem, a novela é bem escrita,no entanto, às vezes, má dá a impressão de que é escrita por outro autor.

Quanto a direção, não sei, talvez esteja sendo precipitado. Falarei pelo o que estou percebendo até o momento. Rogério Gomes não impõe a Império uma novela empolgante, principalmente nas cenas de grande impacto. Acredito que a sonoplastia deveria ser mais bem explorada. Do que adianta Lilia Cabral arrasar, se não tem uma trilha sonora (de impacto) de fundo? Fica sem graça.

Império é uma novela para Lília Cabral brilhar. O resto é só resto. É quase isso, pois não tem outra explicação para o tão quanto é fraco a personagem de Drica Moraes. Concordo que para ser vilã não precisa matar, mas também não precisa ser tão fraca em atitudes. Vejo Cora como manipuladora e fuxiqueira, e só. Confesso, uma novela sem um verdadeiro vilão ou vilã, pra mim, é uma decepção. Até Maria Marta, que vinha despontando como má, já é quase uma freira.

Falando em números, Império tem a audiência que merece. A média de 30 pontos corresponde ao que é apresentado. Se a novela empolgasse, poderia estar melhor, mesmo com o horário político. Não pode ser considerada um fracasso porque, com um terço dos capítulos, tem uma média superior a de sua antecessora (considerando o mesmo número de capítulos exibidos). Só que Em Família não é parâmetro para nada, só se for para compará-la com outro fracasso.

Resumindo: Império é uma boa novela, só que com menos características do Aguinaldo Silva. E para deslanchar de vez – tanto em repercussão (que deu uma caidinha) quanto em audiência - só precisa se tornar um Novelão!  Espero que isso aconteça o mais rápido possível, pois já foram apresentados mais de um terço dos capítulos.

Novela injustiçada

Vitória, da Record, é uma obra injustiçada. A trama de Cristianne Fridman não merece a audiência, que oscila entre 5 e 6 pontos. Sei da atual realidade e fase da Record, mas a novela é muito boa para tão pouco.

Recusada!

Encabeçado por Sílvio de Abreu, o Fórum de Dramaturgia, da Globo, reprovou a sinopse que Marcelo Saback escreveu para a faixa das sete.

A emissora tem medo de repetir os erros apresentados em Geração Brasil. Depois de tanto apanhar, ela aprendeu? Parece.

Só precisam ficar atento quanto ao elenco de Lady Marizete, sucessora de Alto Astral. Está fraquinho, fraquinho.

Ainda sobre o Fórum, em reunião com os mais consagrados autores, chegou-se à conclusão que não haverá um número padrão de capítulos para nenhum horário. Cada novela será um caso isolado e o tempo que ficará no ar dependerá das necessidades da programação e das histórias contadas.

Império, por exemplo, terá 203 capítulos por necessidades da programação. O mesmo acontecerá com Boogie Oogie, que passará dos 170.

Boogie Oogie, uma novela quase perfeita!

Falando na novela das seis... Outro novelão clássico, com ótimos ganchos e reviravoltas. Há muito tempo não se assistia um folhetim desse nível às 18h.

É uma novela nova a cada 30 capítulos. Rui Vilhena, de fato, cumpre o que prometeu.  Uau.

Fui um dos primeiros a elogiar a atuação de Bianca Bin, e até arrisquei em dizer que era a Dona de Boogie Oogie. Não arrisco mais, afirmo. A atriz está dando show em cena.

O elenco infanto-juvenil desta novela também dispensa comentários.

Boogie Oogie tinha tudo para ser perfeita, mais ainda a considero uma novela forçada e superficial. Não é perfeita, mas está ficando melhor que a novela das nove. Tenho dito.

Vídeo Show: Boninho de novo?

Silvio Santos assumiu a direção artística da Globo? Virou lambança.  Não entendo a emissora carioca. Tiraram Boninho do Vídeo Show, e agora o trazem de volta? O problema deste programa não é a direção. Isso qualquer um sabe, não é preciso ser especialista em TV.

Boninho foi o responsável por descaracterizar o programa. Se foi afastado é porque a sua direção não agradou. O profissional também não consegue alavancar o Caldeirão do Huck, que não está indo bem.

É muita função para uma pessoa só. Boninho é quase o dono da Globo. Está à frente de quase tudo. Isso deveria ser repensado.

A direção de núcleo deveria ser extinta da TV Globo. É um cargo desnecessário, que vem prejudicando a emissora. A direção geral é mais do que necessária, e está sim é fundamental.

A direção geral exige dedicação exclusiva. Isso, hoje, seria inviável para Boninho, que é responsável por, no mínimo, seis programas. Nem ele mesmo sabe o que fazer com tanta tantas “bombas” nas mãos.

Para Boninho, o Vídeo Show será apenas mais um núcleo. Um programa, que está precisando de vida, tem que ser levado mais a sério. Por onde anda Mariozinho Vaz?

Uma observação: Boninho é um ótimo diretor. Só precisa ter uma função especifica. É difícil acertar o alvo atirando para todos os lados ao mesmo tempo.  

Viram a chamada de Alto Astral? Gostaram da sinopse? Quais as suas expectativas? E Império, será que vinga?

Obrigado pela atenção, e até a próxima.  



Publicidade

Comentários (39) Postar Comentário

Leticia vieira comentou:

Alto astral...sempre gostei do tema dessa novela..acho que vai dar certo..achei as primeiras cenas romanticas e poeticas..o publico gosta de novela com romances..jeferson nao entendi essa sua pergunta..o que aconteceu com imperio?...kkkk..eu te respondo;,nao aconteceu nada..pois a novela continua o mesmo marasmo de sempre,e lenta,nao tem uma historia forte.nao tem personagens carismaticos..,,mais personagens caricatos tem de sobra...emfim..nada mudou desde do comeco pra ca...aquela cena da cora cheirando a cueca do robertao foi constrangedora..nem um principiante em comeco de carreira escreveria aquilo..seu mago nao faz mais novela que preste..perdeu a mao literalmente...agora depois de 1 mes no ar...so agora voce percebeu a perola que e boogui oogui...e o grande achado da globo que foi o RUI VILHENA...a novela das 6 e a melhor novela no ar...e e um NOVELAO CLASSICO...


Jeferson Cardoso respondeu:

Oi Letícia, gosto de Boogie Oogie desde o começo. É, tenho que concordar: por enquanto, é a melhor no ar.


Meio Pardinho comentou:

Vamos por partes: Vou acompanhar Alto Astral pelas chamadas promete ser uma novela leve e com muita comédia.
Só eu acho que Rei do Gado vai se sair bem tem bem a cara das donas de casa.
Quanto a Império acho que Aguinaldo não está escrevendo essa novela acho que a Renata Dias Gomes que está escrevendo a novela, o texto tem características dela.
Se o JEC pegasse império já teria matado alguém ou revelado se a Cristina é filha ou não do comendador.
Quanto a vitória confesso que não é nenhuma Brastemp mais merece mais audiência, aposto que se fosse na migração daria uns 8 de média.
Concordo com vc que Boogie Oggie é uma novela agradável única faixa que vai ano e vem ano com uma novela melhor que a outra.

mj comentou:

O rei do gado é um classico dos anos 90 a melhor de 96, mas acabamos de rever no canal viva, e os anos 2000 não tem clássicos ? América, paraíso tropical, porto dos milagres são o que?
Império não é ruim mas poderia melhorar e muito.
Boogue oogie é a melhor novela em exibição essa dá gosto de parar pra assistir , é a melhor do horário desde lado a lado, flor do Caríbe também foi boa.
ás 19hs , a última boa foi sangue bom as demais ... essa geração é muito ruim não dá até além do horizonte foi menos pior, espero que essa nova , realmente salve.
AH a globo tinha que fazer uns compactos de uns noveloes em homenagem aos seus 50 anos como fez nos aniversários mais antigos

Reinaldo comentou:

Realmente Boogie Oogie esta melhor que Império, faltou você citar a vilã Carlota de Giulia Gam, que na minha opinião, é a melhor vilã das novelas que estão no ar, foi incrível a cena em que sua personagem chorava e depois caia em gargalhada no capítulo de sábado. Depois disso comprovei que realmente Carlota tem sido a única vilã interessante dessas novelas. Faltou você citar Isis Valverde e Marco Pigossi que também estão ótimos, é também o único casal interessante dessas novelas, enfim, todos estão de parabéns e, na minha opinião, todos estão dando um show em cena, até mesmo Bianca Bin.
Espero que a novela Alto Astral chegue com tudo, Sérgio Guizé e Nathalia Dill mostraram uma ótima sintonia nas chamadas, espero que a novela não decepcione.
Com relação a Império, infelizmente deixei de assistir a novela a muito tempo, nem mesmo Lilia Cabral me incentivou a continuar assistindo, não acredito que a culpa seja da direção visto que os primeiros capítulos estavam super bem dirigidos, mas a história é super fraca, parece uma mistura de Suave Veneno e Fina Estampa.
Enfim, prefiro acompanhar somente as novelas Boogie Oogie e Alto Astral (que vai estrear dentro de 3 semanas).

Lucas comentou:

VPVDN:Acho simplesmente uma loucura reprisarem O Rei do Gado,a Novela é um classico,mais não combina com o atual publico de hoje,acho que sinceramente ela ira fracassar no quesito ibope,ou não,pode surpreender tambem,pois hoje em dia pode se esperar tudo,ja que cobras e lagartos esta passando vergonha
Boogie Oogie:Tem uma historia boa,Otimas interpretações,bons personagens,é agil,mais tem um texto horrivel,situações muito forçadas,muitas vezes me da agonia assistir essa novela,é muito forçada,porem gosto dela,mais não é tudo isso não,nada é perfeito.
Império:Tambem é muito boa,mais realmente não é aquele Novelão que aguinaldo silva tanto prometeu,sinto que ele esta escrevendo uma novela bem tradicional,e acho que ira surpreender ainda,por enquanto ela segue com capitulos mornos,sem nada de interessante,porem agradaveis,ja que os personagens centrais são sensacionais,e diferentemente de voce,acho o texto um luxo,mais quanto a direção concordo em tudo.E a Cora?essa seria a grande personagem que roubaria a cena,e seria a grande vilã macabra ? a personagem é apenas comica e manipuladora,apesar de Drica Moraes ser brilhante,Maria Marta roubou o posto dela,apesar de Marta,tambem não ser uma vilã,a personagem é simplesmente fantastica,Lilia Cabral é a dona da Novela.Os capitulos oscilam muito,uns otimos e depois decaem de novo,infelizmente acho que aguinaldo esta se perdendo,ele esta focando muito em algo praticamente inutil para a historia,Maria Isis,o personagem insuportavel,todo capitulo aparece ela,odeio o romance dela com o comendador,não vejo quimica,e acho desnecessárias as cenas dela,são um porre.Alias,esse novela esta ruim de casais em,Cristina e Vicente são um nojo,sem sal e sem açucar,chatos pacas,o unico casal que me chama mais atenção é João Lucas e Du,que ainda não são um casal mesmo,mais que tem quimica,e que protagonizaram a cena de sexo mais linda da Novela,viu a cena Jeff ?? Alexandre Nero oscila muito tambem,as vezes esta magnifico,como em cenas com Lilia Cabral e Daniel Rocha,e juntou os tres então é show de interpretação,mais as vezes ele esta fraco,deve ser porque o personagem é chato.


Jeferson Cardoso respondeu:

Pois é, também acho que Nero oscila bastante. O Comendador também é chato, concordo. Rsrsrsrs


Ricky comentou:

Oi, Jefferson!! Bom, direto ao ponto:
Sugestão: Publiquem os consolidados de sexta e sábado toda semana! Por que não fazem mais isso e só publicam os de domingo? Toda segunda tenho que sair do meu site preferido (este aqui) e ir em outros procurando os números faltantes. Poderiam publicar?
Dúvida: 1) mas afinal, você gosta ou não de Boogie Oogie?
2) Como assite Vitória e Império, se elas passam ao mesmo tempo? Perde um pedaço de cada uma?
Obg, abraços!!


Jeferson Cardoso respondeu:

Ricky, vejo Vitória pela internet, no dia seguinte, ou no fim de semana. Mas estou quase invertendo. Rsrsrsrsrs A partir da próxima semana, publicaremos os consolidados de sexta e sábado.


Wander comentou:

Alto Astral... esperar pra ver, pois esse horário há tempos esta precisando de uma novela "alto astral" mesmo!
Não existe duvidas, Boogie Oogie, é uma novela gostosa de ver, não entendo muito o que tanto poder Carlota tem sobre todos, mas faz parte ! A melhor novela no do momento.
Império ta realmente lenta, devagar quase parada ! Nada acontece. E novamente o erro começa a surgir: A exemplo de Salve Jorge, imperio ver enxertando personagens a cada dia. Daqui a pouco não se sabe o que fazer com tanto personagem, inclusive desnecessários. Também não acho legal, se realmente for assim conforme os comentários, a Xana estar disfarçada e na realidade ser heterossexual. Vi varias cenas que não explicaria o disfarce, inclusive fazer shows.... Pena !!!

Video Show só dará audiencia quando retornar a formula da época de Miguel Falabella ! Inclusive dar ênfase ao falha nossa que é o máximo !

Rei do Gado.... sem chance, novela foi boa, mas nada a ver com o horario da tarde, e muito menos com a qualidade da imagem que deve estar horrível depois de anos. A Favorita seria bem mais interessante !

ricardo comentou:

Não acho que o problema de Império seja a direção, pelo contrário, ela é bem melhor do que a de Em Família (fator que também veio a prejudicar a novela). Acho que o problema de Império está na história mesmo, Aguinaldo (assim como o Walcyr em Amor à vida) quis construir uma história simplesmente pra "bombar", misturaram um monte de clichê e deu essa meleca que a gente vê atualmente. De que adianta humor por humor se não há contexto? Império tem uns personagens vexantes, tenho pena de alguns atores por ter que interpretarem personagens tão rasos, chatos, criados somente pra dar audiência e repercutir (coisa que não acontece). Não vejo espaço pros atores brilharem em Império, o texto da novela é sofrível e sendo assim fica difícil pra um ator tirar leite de pedra. Você enumerou diversos problemas de Império, mas esqueceu o principal, o autor! Aguinaldo precisa sair das redes sociais, parar de prometer e cumprir o que promete! Império tá muito, mais muito longe de ser o novelão que ele tanto prometeu. Prefiro um "fracasso" (como você mesmo citou) como Em família, que também tinha seus erros, mais tinha um texto maravilhoso do Maneco que fazia ponte com atuações excelentes. O Maneco mesmo sabendo de todas as críticas sobre sua novela, não mudou radicalmente sua novela como muitos queriam. Talvez um erro, mas ele foi fiel aos seus objetivos e não apelou por apelar, nem mesmo criou uma história apenas com o objetivo de dar audiência, além de entreter uma novela precisa de: boa história, personagens bem criados e texto. Império, ao meu ver, não tem nada disso, tem apenas um humor pastelão... só que o público não quer um Zorra Total de segunda a sexta, já basta aos sábados.


Jeferson Cardoso respondeu:

Ricardo, você tem razão. Império tem muito humor. Mas te confesso: é o que tem me agradado. Se diminuir, abro mão. Brincadeira. Rsrsrs Quando Império vai começar pra valer? =D


Gabriel comentou:

Alto Astral: Só de ter a excelente Nathalia Dill como protagonista é sempre um chamariz. Não entendo se por decisão da casa ou se por decisão da própria atriz, terem a deixado com personagens secundários nos últimos trabalhos. Fora isso, por eu não estar esperando nada da novela, é que Alto Astral pode me surpreender.

Império: sinceramente eu não acompanho a novela, então qualquer critica que eu possa fazer iria soar como injusta. O fato é que continuo defendendo novelas mais curtas. O fato da novela ter mais de 200 capitulos torna a narrativa cansativa e desinteressante ao telespectador e o autor tem que ficar fazendo malabarismos para atingir os 200 capitulos. Novela pra mim, numa época de tv a cabo, deveria durar de 60 a 100 capítulos. Não mais que isso. A chance de errar é menor e a chance de acertar, maior.

Boogie Oogie: Concordo. Rui Vilhena foi a melhor aquisição da globo. A história é cheia de ganchos. A trama, embora batida e sem novidade, resgata os velhos moldes do novelão. Só espero que ela não fique cansativa pois ainda tem mais 70 capitulos pela frente


Jeferson Cardoso respondeu:

Gabriel, acho que Boogie Oogie será frenética até o fim. =D


Júllio di Avlis comentou:

Voltou do horário politico Jef? Pelo jeito não foi eleito né? Hehehehe....
Falando sério, Império não assisto, essa é a única novela do Mago que não me agrada, Boogie Oggie é a melhor novela da Globo na atualidade, seguida da atual temporada de Malhação. Vitória é fantástica, a melhor novela no ar. Quanto ao video show, prefiro nem comentar; é uma bela porcaria...


Jeferson Cardoso respondeu:

Hahahahaha! Pois é, por motivos profissionais, sumi novamente. Estava com saudades de vocês! =D


Veja também

Publicidade