O Planeta TV

"Sangue Bom", a novela que prometia, mas...

O Ibope se defende das acusações da Rede Record.

Por: Jeferson Cardoso

Quem acompanha esse espaço sabe o quanto a minha opinião oscilou em relação à "Sangue Bom". Uma hora gostava, outrora não. A novela, desde a sua estreia, teve seus altos e baixos.

Os fãs de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, como eu, esperavam por mais drama, e principalmente por vilões bem definidos. A personalidade dúbia de Amora – brilhantemente defendida por Sophie Charlotte – foi um achado, no entanto, não foi compreendido pelo público.

"Sangue Bom" apostou no humor inteligente e refinado, o que não agradou muito a Classe C. Algumas situações, como por exemplo, as cenas de Tina (Ingrid Guimarães), fazendo paródia à Carminha de "Avenida Brasil", não funcionaram.

A atuação de Josafá Filho decepcionou a direção; o ator – que tinha grande destaque – acabou sendo afastado. Giulia Gam esteve exageradíssima, e Malu Mader, coitada, diante de sua péssima atuação, deu vida a pior personagem da trama.

Pra mim, quatro nomes se destacaram em "Sangue Bom". Em primeiríssimo lugar, Sophie Charlotte. Esta atriz pegou uma personagem complexa e simplesmente arrasou.

Depois de ser bastante crítica pelo público, e principalmente pela imprensa, Fernanda Vasconcellos, sem dúvida, roubou a cena. A atriz acertou o tom da sua maravilhosa Malu.

Muitos podem ter raiva das atitudes de Bento, muito bem defendido por Marco Pigossi, mas elas foram fundamentais para a história central de "Sangue Bom". O Bento, às vezes, é extremamente ingênuo, mas - mesmo com oscilações - o personagem é muito querido pelo público. Sabe por quê? Porque Pigossi, desde o começo, impediu que o seu personagem fosse caricato. O Bento é generoso, romântico, e muito sentimental. Quem não se emocionou com ele quando constatou a verdadeira personalidade de Amora? Pigossi - um dos melhores atores jovens do país - brilhou em cena. Atores como Pigossi, hoje em dia, raramente as emissoras terão a proeza de encontrar. Num curto intervalo de tempo, ele já se destacou em 5 novelas, e pasmem, cada personagem mais complexo que o outro. É um tipo de ator que consegue roubar a cena, sem se repetir, com vários tipos de personagens.

Por fim, Joaquim Lopes se destacou na parte cômica da novela. Devido a boa atuação do ator, o divertido Lucindo cresceu e se destacou entre os núcleos paralelos.

Ressalvo ainda outros ótimos personagens, que tiveram boas autuações de seus intérpretes. São eles: Fabinho (Humberto Carrão), Giane (Isabelle Drummond), Maurício (Jayme Matarazzo), Dámaris (Marisa Orth), Érico (Armando Babaioff), Verônica (Letícia Sabatella), e Simone (Andreia Horta).
    
No quesito enredo, os autores perderam o foco. Infelizmente, estragaram o romance de Verônica e Érico, que considerava o melhor casal da trama. Eles chegaram ao ponto de tentar aproximar Malu de Érico. Muito sem noção!!! Outros personagens também perderam o sentido, alguns por demérito de seus intérpretes.

Enfim, mesmo com altos e baixos, gostei de "Sangue Bom". Pode não ter sido uma explosão de audiência, mas está longe de ser uma péssima novela. Se sentirei falta, não sei. Como pra mim, não foi um novelão marcante, isso depende muito de sua sucessora.

Joia Rara

Como já disse, Thelma Guedes e Duca Rachid vacilaram por dedicar dez capítulos à primeira fase de "Joia Rara". Se já não bastasse, o lenga-lenga inicial, o público teve que ter paciência para a apresentação dos novos personagens da fase seguinte.

Enfim, pra mim, só agora – depois do capítulo 30 – que a novela começa a ficar redondinha. Estou começando a ficar animado com ela. Não é aquela empolgação, mas é bem diferente da frustração inicial.

O capítulo de sábado, o de número 30, foi um dos melhores (sem maiores detalhes, quem acompanha o folhetim sabe do que estou falando!). Só lamento a escalação de Carmo Dalla Vecchia para dar vida ao vilão, e parabenizo Miguel Rômulo pela ótima interpretação. Por fim, sigo detestando o núcleo do bordel e a voz de Letícia Spiller (misericórdia!!!).

Sigo acompanhando a trama, e torço para que se torne um novelão, independe da audiência. Falando em números... Não espero que essa novela alcance bons índices no horário de verão. Se a excelente "Cama de Gato" foi injustiçada, imagine essa! Tadinha!

Pecado Mortal

Infelizmente, "Pecado Mortal" não funcionou. Eu, particularmente, estou gostando da novela. A única coisa que tem me incomodado é o exagero de cenas com o protagonista. Tudo acontece ao redor de Carlão (Fernando Pavão). Isso irrita bastante.  

E cadê o vilão? Jussara Freire está ótima, mas por enquanto não teve nenhuma atitude digna de vilã.

Tenho a opinião de que uma novela precisa ter um vilão bem definido desde o primeiro capítulo. Carlos Lombardi acertou nas cenas de ação, no entanto, tem falhado na vilania.

As cenas de "Dona Xepa" eram ágeis e curtas, já as de "Pecado Mortal" são mais rápidas do que um foguete. Misericórdia, se piscar os olhos não entende nada. Sem falar que os diálogos rápidos (e sarcásticos) também têm dificultado o entendimento. É tudo muito rápido!

Tudo bem que a direção e o autor queiram imprimir uma narrativa de seriado, só não precisa fugir totalmente do convencional.

Apesar desses tropeços, "Pecado Mortal" não merece a pífia audiência de 5 pontos. Esse resultado é mais pela péssima fase em que a emissora se encontra.

The Voice Brasil

Mais uma vez preciso falar desse magnífico reality show. A Globo acertou em cheio ao transferi-lo para o horário nobre e mais ainda por ter colocado-o num horário carente, já que "A Grande Família" estava desgastada.

Sou fanzaço do "The Voice", adoro o seu formato. Uma pena que existe manipulação para que um candidato seja aprovado, mas isso não vem ao caso.

Nessa edição, muita gente boa está sendo aprovada para a fase das Batalhas, uma das mais aguardadas. É nessa fase que os jurados são obrigados a colocar dois integrantes de seu time para uma batalha, onde se salva apenas um.

Outro dia, assistindo a versão americana, fiquei boquiaberto. É um luxo.

Pena que no Brasil, e em boa parte do mundo, o que faz sucesso mesmo é um lixo batizado de funk ostentação.

Além do Horizonte

Gostei, e muito, da sinopse da novela de Marcos Bernstein e Carlos Gregório, mas as chamadas estão péssimas. A Globo parece que está anunciando uma nova "Malhação" no horário das 19h. A ideia central da novela não é explicada, e sequer convence o telespectador a acompanhá-la.

Claro, as chamadas não significam muita coisa, mas são fundamentais para despertar, de imediato, a curiosidade do telespectador.

Com "Lado a Lado 2", perdão, digo, "Joia Rara", e "novelinha das nove", quero dizer, "Amor à Vida", em baixa, se "Além do Horizonte" não manter os índices de "Sangue Bom", a Globo – novamente – entrará numa fase crítica. Cá entre nós, por merecimento.

O ibope consolidado

Acusado pela Record de "roubar" pontos no consolidado, o Ibope, perante à Justiça, se defendeu. O Instituto afirma que "sempre orienta seus clientes e a imprensa a utilizar apenas dados consolidados de audiência do dia seguinte à transmissão, e não os índices prévios do real time, porque eles podem sofrer ajustes".

O Ibope diz que a prévia – a medição minuto a minuto em tempo real – pode sofrer oscilações em função de problemas de transmissão de informações. Um dos problemas, segundo a empresa, seria a empresa de telefonia, responsável pelo fornecimento de transmissão.

"Dependendo da abrangência dessas falhas temporárias, ou seja, se a base estiver abaixo dos 60% da amostra prevista, o serviço real time deixa de publicar os dados. Entretanto, é importante ressaltar que as audiências desses domicílios podem ser recuperadas em até seis horas após esse minuto de falha de comunicação. Dessa forma, o Ibope Media recomenda a utilização do dado overnight _índices consolidados e oficiais de audiência, que ocorrem sempre no próximo dia útil ao da veiculação", disse, em defesa, ao jornalista Daniel Castro.

Não é segredo para ninguém, não confio nos dados do Ibope. Não que a empresa não seja séria, pelo contrário, só acho que sua metodologia está absurdamente defasada. Como pode apenas 750 aparelhos, na Grande São Paulo, ser o suficiente para computar a audiência de um programa?

No entanto, concordo com a defesa do instituto. O que vale mesmo é o Ibope consolidado. A empresa de telefonia do Brasil é precária, portanto as falhas são inevitáveis.

Como você analisa "Sangue Bom"? Será que "Além do Horizonte" emplacará no horário das 19h? E até que ponto podemos confiar nos números do Ibope?

Obrigado, e até a próxima! Abraços. ;)



Publicidade

Comentários (34) Postar Comentário

Arthur Goecker comentou:

Além do horizonte: tambem pensei que era a nova malhação... Tá muito fraca as chamadas, ainda não compreendi quem são os personagens principais e qual a historia central... (Por favor que seja uma coisa tosca como "a menina que decide procurar o pai mundo afora").

Aproveito o espaço pra falar de um programa vergonhoso que é AMOR & SEXO. Assisti pela primeira vez nesta quinta 17/10 e fiquei com vergonha do nível deste programa. Por várias vezes Fernanda Lima censurou os convidados por falarem palavras do tipo P-A-U e em seguida ficava rebolando e cantando " VAMOS FAZER SEXO ORAL"... Que programa de 5a categoria... Uma coisa totalmente desagradável e inútil pro horário, poderiam colocar outro programa ou esticar o THE VOICE, pois o A&S só teve uns 20 minutos de programa + os intervalos.

AMOR A VIDA estava maravilhosa, mas nos últimos dias está num marasmo, nada acontece de verdade, apenas mimimis...
Sinto falta de cenas com SUSANA VIEIRA (uma das coisas que me fizeram assistir a novela)...


O que voce acha de Amor & Sexo?


Jeferson Cardoso respondeu:

Arthur, comentarei sobre Amor & Sexo no próximo post, mas posso adiantar que adoro o programa.



João Marcos Galvão respondeu:

Nada de vergonhoso, o amor e sexo é um programa maravilhoso com debates interessantíssimos. É um programa para uma sociedade evoluída. Fico feliz em estar atingindo uma audiência plausível para o horário, a dobradinha com o The Voice na quinta foi um acerto.


LILI comentou:

Sangue Bom é muito água com açúcar por este motivo não funcionou. Quando assisto está novela da impressão que nem estou vendo novela na GLOBO, mas na Band.
Joia Rara ainda não empolgou está muito morna e Pecado Mortal está no horário errado, que é que vai fica atá 11 hrs da noite acordado para ver esta novela. Essa novela era para vir depois do Cidade Alerta ou as 9hrs. O que não entendo é o medo da Record em coloca a novela neste horário sendo que Caminho do Coração, Chama da Vida e Betty, a Feia deram audiência neste horário e concorrendo com fortes novelas da 9 da Globo. Vai entender!!! Ah!!! Agora falar em acaba com as novelas. Acho que não seria o caminho. Pena que Silvio Santos dormir no ponto, senão a Record já era. The Voice é ótimo, mas o jurados poderia ser melhor, Claudia Leite não ajudar muito ali deveria está Ivete Sangalo. No lugar do Daniel o Zezé ou outro cantor sertanejo forte. Mas quero sua opinião agora Jeferson. To vendo um mudança na TV a tarde o fim do mundo cão. Pelo jeito acho que Datena e o Marcelo Rezende estão já sentindo o reflexo. Marcelo com seu jeito vem cansando o telespectador que a cada dia sem programa cair mais em audiência, pena que o SBT não sabe usar as armas que tem. E a REDETV é um zero a esquerda.


Jeferson Cardoso respondeu:

Lili, nesses últimos 2 anos, a TV aberta está tendo uma queda brusca. Não é só a Record, são todos. Claro, a Record foi a emissora que mais perdeu. Como pode uma novela marcar apenas 5 pontos, a metade de Chiquititas? Meu Deus!


Thiago Hideki comentou:

Sinceramente não levo muito fé em Além do Horizonte, o mote da trama de pessoas que somem para um lugar onde realmente exista felicidade e o mistério todo envolvido em torno disso é muito bom, mas eu acho a história dos personagens principais muito simples e não acrescentam, a menina que corre atrás do pai perdido, o garoto que vai atrás da namorado, e o garoto que vai atrás do irmão e da tia de quem não tem afeição,e durante essa busca os três jovens viverão um triângulo amoroso juvenil de malhação. Não sei não eu tô achando q vai ser uma história muito água com açúcar e acho que vai se perder durante o seu percurso.
Quanto a Letícia Spiller e sua voz, eu acho normal a irritação, pois é o perfil da personagem, exagerada, narcisista, chatinha, sabe?
E o casal Verônica e Érico,concordo um pouco, mas isso de que eles aproximaram ele da Malu, não era pra formar um casal, era só pra mostrar o amadurecimento dela, a mudança de perfil, q inclusive pra mim, deveria ser ela a sabotadora da Amora, acredito q para o público acreditar no final dela com o Bento, deve haver o sistema de pesos e duas medidas, pra salvar uma mocinha, ele tem que mostrar o erro de outra, pro público entender a reação de Amora, eles teriam que humanizar a Malu. O que você acha?


Jeferson Cardoso respondeu:

A Malu é a verdadeira mocinha de Sangue Bom, não teria sentido ela ser a sabotadora, mas como os autores viajaram bastante, não se pode duvidar de nada. Rsrsrs



Jeferson Cardoso respondeu:

A Malu é a verdadeira mocinha de Sangue Bom, não teria sentido ela ser a sabotadora, mas como os autores viajaram bastante, não se pode duvidar de nada. Rsrsrs



Jeferson Cardoso respondeu:

A Malu é a verdadeira mocinha de Sangue Bom, não teria sentido ela ser a sabotadora, mas como os autores viajaram bastante, não se pode duvidar de nada. Rsrsrs


Helena comentou:

Jeferson, você acompanha Água Viva no canal Viva?


Jeferson Cardoso respondeu:

Oi Helena, acompanho sim. O capítulo desta segunda foi excelente. Você viu? ;)


elisa comentou:

Não deixa saudade sangue bom!Erro da record novela ás 23hs,Prova de Amor ,Escrava Isaura era 20hs,outro disperdício repetir a lei e o crime tão tarde era pra anteceder a novela pecado mortal


Jeferson Cardoso respondeu:

Mas se exibir mais cedo e disputar com novelinha da Globo, registraria praticamente um traço de audiência. ;)


Gilmar JM comentou:

Para mim os grandes destaques de Sangue Bom foram os que você citou e mais o Humberto Carrão e a que faz a Giane. O casal com mais quimica da novela. Apesar da confusão do começo e ter demorado a me envolver com os personagens eu gosto da novela. Vou lembrar com carinho dela. Além do horizonte eu não crio expectativas vou assistir primeiro. Joia Rara continua escura e mais do mesmo. É assistivel, mas não me empolga. Pecado Mortal é bem melhor que Amor à vida por exemplo, mas acho que o grande público não a está compreendendo. Uma pena. Quem está se dando bem com suas novelas é o SBT. Tanto as mexicanas, incluindo Rebelde e a brasileira Chiquititas estão muito bem. Ibope não sei o que dizer confio desconfiando.


Jeferson Cardoso respondeu:

Gilmar, essa fase "boa" do SBT é passageira. Isso é fato!


Jr Habnov comentou:

O The Voice Brasil é uma piada mesmo, no americano temos Christina Aguillera, no da grobo Claudia Leitte... kkkkkkkkkkkk


Jeferson Cardoso respondeu:

Kakakaka, eu adoro! ;)


joao comentou:

Jeff além do horizonte vai chegar ao nível de cheias de charme ou sera ainda melhor,pena que vai estrear no horário de verão.
sangue bom melhorou muito na reta final,mas o Humberto carrão o Fabinho se destaca tranquilamente.
Jeff o que você acha do domingo espetacular?


Jeferson Cardoso respondeu:

O Domingo Espetacular, nos últimos meses, está perdendo o foco. Está mais para revista eletrônica, focando no mundo das celebridades.


joao comentou:

jeff joia rara seria a ultima novela das autoras no horário das 18?


Jeferson Cardoso respondeu:

Acho que não, mas existe a possibilidade delas escreverem para às 21h. Segundo consta, haverá uma reveza de autores. Alguns, que atualmente escrevem para as 21h, serão chamados para às 18h e 19h.


Erick Veronessi comentou:

Pecado mortal com 5 pontos?
Amooooooooooooooo! Carlos Lombardi fazendo da "nova superprodução" da Record, o maior fiasco da atual dramaturgia. E olha que gosto da emissora, espero ansioso pela nova novela da Fridman. Mas espero que seja mais Chamas da vida e menos Vidas em jogo.


Jeferson Cardoso respondeu:

Infelizmente é um fracasso, mas ainda é cedo. Torcer para que Lombardi consiga entregar com dez pontos para Fridman.


Veja também

Publicidade