O Planeta TV

Amores Roubados: uma produção digna de Emmy Internacional!

E mais: Cristianne Fridman adianta trama central de Vitória, nova novela da Record.

Por: Jeferson Cardoso

Cauã Reymond se destaca em Amores Roubados. Foto: Divulgação

Meus queridos, que excelente começo de ano, heim?  A Globo tem reservado o mês de janeiro para nos brindar com ótimas séries e minisséries.  Nesse ano, fomos presenteados com Amores Roubados, uma produção digna de Emmy Internacional!.

Estou boquiaberto com o trabalho de George Moura, que também escreveu a ótima e bem sucedida O Canto da Sereia. Contada em dez capítulos, a minissérie surpreende em todos os sentidos. O que mais chamou minha atenção foi a narrativa: o autor, nos primeiros episódios, abriu mão da agilidade e apostou no tradicional, no folhetim clássico. A história foi contada devagar, nos detalhes. Após a apresentação dos personagens, o novelão pegou fogo. Não faltaram dramas e cenas de ação. Estou adorando, amando.

George Moura, de fato, é uma revelação. Ainda esse ano escreverá o remake de O Rebu. E, em 2015, espero que consiga emplacar uma novela às 18h, horário carente de boas histórias.

Não perderei tempo elogiando a qualidade de Amores Roubados. Gostaria apenas de parabenizar Cássia Kiss e Cauã Reymond pelas excelentes atuações.

Boa parte da mídia vem tratando Amores Roubados como uma minissérie pornográfica. Um absurdo. A trama não é tão vulgar, e as cenas de sexos são permitidas a partir das 22h.  

Aclamada pelos noveleiros de plantão e pela crítica, e com ótima repercussão, o resultado no Ibope foi dos melhores. Com uma média de 29 pontos no Ibope (parcial), Amores Roubados sairá de cena dando um olé nas novelas das seis e das sete. Fica a torcida para que a Globo a indique para o Emmy Internacional. Amém!

E uma pergunta fica no ar: Aguinaldo Silva, Cristianne Fridman, Manoel Carlos, Filipe Miguez e Izabel de Oliveira conseguirão barrar essa obra de George Moura? Sei não, tenho minhas dúvidas! Dessa lista, apostaria apenas em Cristianne Fridman e, talvez, Aguinaldo – o Mago. Aguardemos!

Vale a Pena Ver de Novo

Sem nenhuma surpresa, a reprise de Caras &  Bocas, sem intervalos e exibida em sequência de "O Cravo e a Rosa" tem garantido uma média de 15 pontos de audiência. A ideia da Globo não era aumentar os índices do horário, e sim impedir que novelinha estreasse no fundo do poço. Resta saber se ela conseguirá manter esse desempenho.

A re-reprise de O Cravo e a Rosa alcançou 14 pontos de média geral. Se comparada com a média de suas antecessoras, a reexibição é considera um sucesso. De fato, está longe de ser um fracasso, mas uma dúvida fica no ar: por que a Globo está tão preocupada com a audiência do Vale a Pena Ver de Novo?

Continuo com a mesma opinião: 14 pontos ainda não é um índice aceitável. A Globo entendeu precisa reconquistar o público que – principalmente desligou a TV no horário vespertino. O share (número de televisores ligados) na faixa afundou!

O Vale a Pena Ver de Novo (VPVN) é para as tardes, o que uma novela das nove é para o horário nobre. Será que estou exagerando? Talvez. O Vídeo Show, em sua pior fase, respira "aliviado" porque O Cravo e a Rosa impulsiona a sua audiência.  Um erro de escolha da Globo prejudicaria não só o VPVN como o Vídeo Show e a Sessão da Tarde.

Manoel Carlos no VIVA!

A escolha de A Viagem para suceder Água Viva às 0h foi vítima de perseguições por parte daqueles que "cansaram" da novela de Ivani Ribeiro. Já o anúncio de História de Amor para substituir Anjo Mau tem sido comemorado pela maioria.

O canal Viva, assim como a Globo, nunca conseguirá agradar a todos com as escolhas de suas reprises. Se não gosta, desliga a TV ou muda de canal. Usar redes sociais ou publicar comentários ofensivos nas páginas oficiais das emissoras para demonstrar insatisfação não reverterá à situação. Como telespectador temos que compreender que nem tudo está liberado. A Globo sofre com a censura da Classificação Indicativa, e o canal Viva com as autorizações dos familiares e até mesmo com direitos autorais de músicas.

Também sou oposição à re-reprise de A Viagem, mas não fui contra a de Anjo Mau. Uma contradição? Não! É gosto, preferência, opinião!

Se eu disser que não assistirei A Viagem, estarei mentindo. Não verei com frenquência, mas sempre que possível. É um novelão clássico, vale a pena conferir hoje, amanhã, ou daqui a dez anos. É uma novela atemporal, assim como Anjo Mau, que tenho acompanhado com louvor.

Se por um lado fiquei frustrado com a reprise de A Viagem, gostaria de agradecer ao Canal Viva pela a excelente escolha de História de Amor, uma das mais linda e romântica novela de Manoel Carlos.

Que venha a sucessora de A Próxima Vítima, que será um clássico de Aguinaldo Silva. Será que vou amar? Alguém duvida? Hahahaha!

Fofoca!

Inventaram que Pecado Mortal será encurtada. Mentira! Carlos Lombardi desenvolveu uma sinopse para 150 capítulos, e o folhetim será exibido até final de abril ou começo de maio. Ou seja, dentro do tempo previsto.

De fato a audiência, de 6 pontos, é um mico. Infelizmente, mantém o mesmo desempenho das antecessoras. Essa, no entanto, parece ser a nova realidade da teledramaturgia da Record. Ou não. Cristianne Fridman vem aí para nos provar.

Falando nisso...

Vitória, a nova novela da Record, ainda não tem uma protagonista definida. A produção da novela, sob a responsabilidade de Edgard Miranda, realizará testes para a escolha da mocinha.

Em entrevista ao jornalista Daniel Castro, a autora, Cristianne Fridman, adiantou a ideia central do folhetim:

“Artur ama e é amado pelo pai, mas sofre um acidente de cavalo aos 12 anos, fica paraplégico e se sente rejeitado por este pai. Ele e sua mãe, Clarice, vão embora do haras. Artur volta já homem feito para se vingar do pai. O pai dele se casou novamente e teve dois filhos. Artur seduz sua meia irmã Diana para que o pai sofra com o tabu do incesto. No entanto, o que ele não poderia esperar: Artur se apaixona por Diana e terá que escolher entre a vingança de um menino magoado ou o amor de um homem por Diana”, avisou.

Bruno Ferrari foi o ator escolhido para dar vida a Artur, o personagem principal.

No elenco também estão confirmados: Caio Junqueira, Beth Goulart, Leonardo Vieira, Luciana Braga, Rocco Pitanga, Dado Dolabella, Gabriel Gracindo, Silvio Guindane, Daniel Aguiar, Iris Bruzzi, André de Biase, André di Mauro e Letícia Medina.

BBB14

Como vocês sabem, sou telespectador assíduo de reality show. Gosto bastante do gênero, por mais que a fórmula esteja se esgotando. Mas, sendo sincero, não estou curtindo essa temporada do Big Brother Brasil. A edição de estreia foi a pior de todas, e parece que nem Pedro Bial leva mais o programa a sério.

Ainda é cedo para falar sobre os participantes. No começo, um quer aparecer mais (vulgar) do que o outro. Depois, com uma opinião formada, dou meu parecer.

A audiência da estreia, de 31 pontos, é excelente. Graças à personagem - cafonérrima - de Amor à Vida e ao sucesso de Amores Roubados.

Lavando roupa suja

Walcyr Carrasco, que deveria estar focado nos últimos capítulos de sua novela, tem perdido seu tempo batendo boca com jornalistas no Twitter.

Surgiram boatos de que Ricardo Tozzi, Rodrigo Andrade, Juliano Cazarré e Marcello Antony estariam insatisfeitos com seus personagens em Amor à Vida.

Tozzi, Andrade e Cazarré desmentiram as invenções; já Antony se manteve calado: "Eu sofro para dizer aquele texto", teria dito.

Misericórdia!!! Como telespectador, detesto e tenho vergonha dos diálogos de Amor à Vida, mas sou contra a postura de Antony. Ele, como profissional, jamais poderia falar dessa forma. Como ator, deveria se preocupar em interpretar bem. As falas e o destino de um personagem são de responsabilidade do autor.

Antony foi antiprofissional, e merecia passar uma temporada no "freezer" da Globo.

Vice-liderança?

No ano passado, muito se falou na queda da Record, e o SBT, que não saiu do lugar, cutucou a vice-liderança. A emissora de Silvio Santos, com reprises, chegou a ameaçar a liderança da Globo com picos de 10 pontos, e o Programa do Ratinho parecia recuperar o sucesso. Tudo uma ilusão.

Hoje, as mexicanas e o Programa do Ratinho registram traço de audiência. A média-dia do canal raramente ultrapassa os 4 pontos.

Tenho implicância com o SBT? Jamais! Não sou o responsável por ela estar ocupando a terceira colocação no ranking do Ibope. Diante de seu histórico (preciso relembrar as faltas de respeito da emissora?), apenas acho digno a sua audiência.

E digo mais, no quesito audiência, SBT e Record merecem o "traço".

Como telespectador, lamento, e muito, que essas duas emissoras não consigam assustar a Globo. E viva a TV por assinatura, a verdadeira vice-líder!

Além do Horizonte

Não sei se estou passando bem, mas esses dias tenho acompanhado a novelinha das sete. Na grade fuso, ela é exibida após o Jornal Nacional, às 20h10, e como não estou fazendo nada...   Enfim, não é um bicho papão como muitos dizem. É ruim, mas nem tanto. Mudei de opinião? Mais ou menos, e posso mudar novamente. É preciso entender que novela é uma obra aberta, e a opinião do telespectador pode ser alterada durante a sua exibição. Posso amar um capítulo e detestar o outro. Simples assim. Para alguns, isso é falta de coerência.

Além do Horizonte não desperta a atenção, e nem despertará. O público a ignora e nem faz questão de dar aquela espiadinha, nem para observar as mudanças.

A Globo, inteligente, não entrou na onda da imprensa, que queria rifar a novelinha do ar. O fracasso dessa não pode refletir na próxima. Por isso, Geração Brasil tem sido produzida calmamente.

Se encurtada, Além do Horizonte deve perder, no máximo, um mês de exibição.

Só para constar: Pra mim, no horário das 19h, a pior novela já produzida foi Três Irmãs, de Antonio Calmon, que continua na geladeira da emissora.

Saber Viver

Com estreia prevista para agosto, a novela de Rui Vilhena, será ambientada em grande parte na década de 70. Haverá uma troca de bebês em 1958 e, vinte anos depois, o caso será trazido à tona.

O trabalho do autor português é bastante elogiado. Dizem que suas novelas, produzidas para Portugal, são ótimas e fizeram bastante sucesso. A mais interessante é Olhos nos Olhos, da TVI, história protagonizada por dois gêmeos malvados.

Sugestão

Aguinaldo Silva comentou no Twitter o tão quanto é difícil definir o elenco de uma novela. Aproveito para sugerir alguns nomes: Rafael Cardoso, Cássia Kiss Magro e Marjorie Estiano.

Assistindo Além do Horizonte percebi que Alexandre Nero ainda não está pronto para protagonizar uma novela. Não confio em sua atuação, que - às vezes - não convence. Não sei nada do perfil do personagem principal de Falso Brilhante (título horripilante), mas que tal apostar em Mateus Solano. O que acham?

Obrigado pela atenção, e até a próxima! =)



Publicidade

Comentários (56) Postar Comentário

Letícia comentou:

Acontece que Oscar não é para produções de TV, e sim de cinema.


Fernando Schiavi Leite respondeu:

Foi modo de dizer Letícia... No caso teria que ganhar o Emmy Internacional.



Jeferson Cardoso respondeu:

Fernando, realmente foi modo de dizer, mas a Letícia tem razão. Mudei o título! =)


Jonathan comentou:

Não acho que Antony foi antiprofissional. Tem mesmo que acabar com essa hipocrisia dos atores brasileiros de ficarem mudos para evitar a geladeira. Se não gostou dos rumos do personagem tem todo o direito de se expressar.
E os autores tem que ter a sensibilidade de pelo menos escutar.
Sinceramente o Eron não aconteceu...


Jeferson Cardoso respondeu:

Jonathan, penso que se o autor precisar matar o personagem, o ator não tem direito de reclamar não. A obra é do autor, não do ator. Essa é minha humilde opinião.


Geovana comentou:

Ué, você critica tanto o Mateus Solano, que ele é mediano e agora quer que ele faça a novelinha do seu Mago porque? Só porque ele fez o maior sucesso em Amoe a Vida e isso refletiria em audiência e marketing para a novelinha do seu Mago.

E eu concordo sobre Além do Horizonte. A novela não é de todo ruím, tem uma roupagem de mistério interessante, o que é de doer é que os personagens caíram nesse Grupo por conta de uma busca pela felicidade. Isso que é surreal. Mas a história é eletrizante, e a novela é bem feita.


Jeferson Cardoso respondeu:

Sim, acredito ter justificado a minha sugestão. Considero Alexandre Nero ainda imaturo para protagonizar uma novela. Solano, por mais que seja mediano, daria conta do recado. Mas quem sabe não estou equivocado, e Nero arrebenta. Né?



Mateus lima respondeu:

É muito boa mesmo eu to assistindo e não acho tão ruim assim não!!!!!!!


Fernando Schiavi Leite comentou:

Ao autor do texto apenas uma correção: George Moura vai escrever "O Rebu" agora em 2014, não em 2015....... Em 2015 será a vez de Lícia Manzo escrever a novela das 23hs.


Jeferson Cardoso respondeu:

É verdade. Corrigido! Obrigado! =)


Glauber Robert comentou:

Jeff acho além do DESOrizonte , horrível demais !!! George moura merece ir para o horário das 7 que nós revelou o JEC !!! para ele ir para o horário das 9 seria um pulo !!!! em que estado vc mora ??? por causa do fuso horário ??? , BBB é mais do mesmo , já gostei mais hoje em dia estou tranquilo !!! caras e bocas vai ser sucesso na reprise por ser uma novela leve por que o publico estava meio carente apesar de o cravo e a rosa ter uma pegada no humor !!!
O Mago tem que colocar Tarcísio Meira , Lucélia santos ( Por sinal faz muita falta na TV) , pode ser pretensão minha mais Fabio júnior afinal fez algumas novelas do Aguinaldo !!! e Cris fridman vai arrebentar !! e Rui Vilhena poderia acrescentar na sua trama , o mote central de olhos nos olhos !!! faria um sucesso estrondoso !!!

Jeff abraços !!!


Jeferson Cardoso respondeu:

Moro no Tocantins! Aqui, funciona a grade fuso: JN, Além do Horizonte, Amor à Vida e BBB.


Glauber Robert comentou:

Amores roubados com certeza vai ganhar o EMMY quando for indicada se a globo disponibilizar né !!!


Jeferson Cardoso respondeu:

Pois é, tem esse "se". Fico na torcida! =)


Gustavo comentou:

"Amores Roubados" é uma ótima minissérie, tão boa quanto "O Canto da Sereia". Espero que George Moura tenha a chance de escrever uma novela o mais rápido possível. "Além do Horizonte " é uma novela interessante, e está melhorando cada vez mais. Espero que entregue o horário com a audiência estabilizada. Jeff, vc acredita que "Em Família" será um mais do mesmo das outras novelas do Maneco? Eu acredito que não, até porque o fato da história ser contada em três fases já é uma novidade. Eu aposto numa média geral de 36 pts, e vc?

JM comentou:

As novelas do Rui Vilhena são óptimas! As melhores foram as 2 primeiras na TVI: Ninguém como Tu e Tempo de Viver. Quem tive curiosidade pode vê-la pelos canais do Youtube ou Dailymotion. Em Portugal foram um grande sucesso, mas as restantes dele já não, porque fugiram um pouco do estilo novelista que faz sucesso por aqui. Infelizmente a culpa também é da TVI.
Por isso estou muito curioso por ver essa novela, ainda mais sendo de época.
Aqui por Portugal, Amor à Vida é um sucesso!
Estou curioso com Em Família, parece uma novela bem do estilo do Manuel Carlos. A mim a promo fez-me lembrar Páginas da Vida, acho que pelo layout/grafismo usado na promo e pelo instrumental usado. Mas acho que vai manter os valores de Amor à Vida, o que já seria bom!
Parabéns pelo site, venho sempre aqui ver as novidades por aí!


Jeferson Cardoso respondeu:

JM, muito obrigado! :D


Ricardo Lacerda comentou:

O rebu não é para 2015, é para esse ano mesmo. O elenco já está sendo escalado (Tony Ramos por exemplo).

Cássio Fergam comentou:

Na expectativa para Vitoria, Fredman vai mostrar por que é a melhor autora de novelas!

Veja também

Publicidade