O Planeta TV

Prêmio Jiló de Lata: Os piores de 2013 – PARTE 01

Vamos eleger naqueles que estragaram nossa TV em 2013.

Por: Emerson Ghaspar - Contato: [email protected]

Publicidade

Está aberto o período de eleição. Com tantos sites fazendo votações para eleger os melhores  do ano, acho injusto que na haja um prêmio para aqueles que nos fizeram assistir as piores cenas de 2013. Sério, somos obrigados a ver cada coisa desastrosa, engolir cada erro de produção, direção, roteiro e atuação, que é bom que eles saibam que não vamos aceitar qualquer coisa. Entre tantos prêmios que poderiam ser criados resolvi homenagear o “Framboesa de Ouro”, famosa cerimônia que elegem os piores do cinema.

Como o Brasil não é terra de framboesa resolvi usar algo que fosse nacional e que fosse amargo, assim como nossa decepção ao nos depararmos com coisas tão mal feitas. Esse prêmio serve como reivindicação para melhores produções televisivas.

Mas chega de papo e vamos às categorias:

PIOR NOVELA: “Além do Horizonte”, “Amor à Vida” e “Salve Jorge”.

PORQUE FOI INDICADO:

“Além do Horizonte” a menos de um menos no ar a novela despencou o ibope. Vivem falando de uma tal de felicidade, mas todo mundo é estranho, os novatos são chatos, os veteranos mal aparecem e ainda tem uma Besta na história. Que não é o telespectador, que já tratou de mudar de canal e ver a violência de “Cidade Alerta”.

“Amor à Vida”, primeira novela solo de Walcyr Carrasco no horário nobre. O título não condiz com a obra, que já descambaram geral, 99 % dos personagens não te caráter definido. Paloma é considerada uma protagonista das mais chatas e só não roubou o posto de maior sofredora de Maria do Bairro porque não perdeu a memória (Mas o Atílio perdeu). A direção é um caso a parte, segura, o que deve ser levada em conta. Já o resto beira ao drama mexicano, dos mais puros. Audiência instável.

“Salve Jorge” é considerado um fracasso, que sucedeu “Avenida Brasil”. Glória Perez trouxe um drama real, mas de modo surreal. Coisas improváveis como alguém entrar no elevador para melhorar sinal do celular foram percebidos pelos telespectadores que reclamaram em redes sociais. Além disso, erros de continuação, direção e o cabelo flex de Morena (Nanda Costa) deram o que falar nos cinco primeiros meses do ano.

VENCEDOR: "Amor à Vida".

JUSTIFICATIVA: A novela começou com uma proposta arrebatadora, mas assim que o ritmo agil dos capítulos iniciais se tornaram mais lentos, a história esfriou e chegamos a parar de torcer pelos personagens. Pior do que novela que tem a premissa de ser ruim é a novela que parece ser boa, mas decepciona.

PIOR ATOR: Henri Castelli (Cassiano de Flor do Caribe), José Mayer (Zico Rosado) e  Rodrigo Lombardi (PasTHÉO de Salve Jorge)

PORQUE FOI INDICADO:

Henri Castelli voltou a fazer o mesmo papel de sempre. Seu personagem Cassiano não ganhou a simpatia em Flor do Caribe, preterido por Alberto (Igor Rickli) que roubou a cena. Henri não se empenhou em fazer de Cassiano um personagem interessante, sempre com a mesma cara de quem faz um trabalho por obrigação, não dando expressão dramática ao personagem. Fica difícil torcer por alguém assim!

José Mayer é um ator excepcional, mas com Zico Rosado não demonstrou a que veio. O personagem era um manda chuva em uma cidade, além de ser sedutor. O ator não soube definir muito bem e ora era um, ora outro. Ficou difícil entender a essência do personagem, talvez seja essa razão do publico não gostar do romance insosso de Zico com Vitoria.

Rodrigo Lombardi fez de Théo de Salve Jorge um pé no saco. Chato, querendo ser ético e até quando estava amando, o ator tinha sempre a mesma cara “Poker Face”. Além de andar como o Robocop nas maiorias da cena. O ator não soube dar vida ao personagem e por isso não ganha o prêmio  “Esse cara sou eu”.

VENCEDOR: Rodrigo Lombardi por Théo de "Salve Jorge".

JUSTIFICATIVA: O ator não convenceu como protagonista disposto a tudo para salvar a heroina. O personagem era chato e Rodrigo não conseguiu extrair nada positivo dele, bem diferente de "O Astro", seu trabalho anterior.

PIOR ATRIZ:  Claúdia Raia (Livia de Salve Jorge), Grazi Massafera (Ester de Flor de Caribe) e Paolla Oliveira (Paloma de Amor à Vida)

Claúdia Raia é uma atriz incrível e está certo que Livia Marini era uma personagem líder do tráfico de pessoas em Salve Jorge, mas a atriz não tinha expressão alguma e até no Faustão, comentou algo que a autora Glória Perez rebateu ao vivo sobre seu personagem. Claudia não soube como dar vida a uma personagem que não entendia.

Grazi Massafera transformou Ester de Flor do Caribe em uma nuvem, numa novela solar. O personagem só chorava e a atriz sempre com cara de choro. Mesmo erro cometido por Henri Castelli. Fez uma protagonista tão boa que torcíamos por vilão. É com base no que o ator dá que o autor escreve. Será que ela fez curso com o tal cigano Igor?

Paolla Oliveira fez sua Paloma ser tão odiada, que a campanha pro personagem morrer no Twitter é enorme. Paolla não soube construir a personagem que foi ofuscada pela bicha má Felix. Com os primeiros capítulos focados no vilão ficou difícil para atriz construir a heroína, agora Paloma tem a mesma cara pra tudo. Paolla não conseguiu salvar o personagem, mas poderia...

VENCEDORA: Grazi Massafera por Esher de "Flor do Caribe".

JUSTIFICATIVA: Numa disputa acirrada entre atrizes, Grazi acabou ganhando o prêmio de pior atriz. Té certo que sua personagem era uma sofredora, mas a atriz em nenhum momento se esforçou para torna-la marcante e fazer o público torcer por ela, isso as 6 da tarde quando as donas de casa param para assistir.

PIOR ATOR/ ATRIZ COADJUVANTE: Julio Rocha (Jacques de Amor à Vida), Vera Fischer (Irina de Salve Jorge), Flávia Alessandra (Érica de Salve Jorge e Heloísa de Além do Horizonte).

Qual a função de Julio Rocha em “Amor à Vida”? Seduzir Pilar? Não, fazer cara de “o que estou fazendo aqui?”. O ator não acrescenta em nada na novela e pelo desempenho do ator, seu personagem já poderia ter saído da novela. O ator não sabe muito bem o que fazer em nenhuma das situações.

Vera Fischer estava fazendo laboratório para o remake de “Eu, Robô”, aposto. Mesmo que o personagem fosse desnecessário, a atriz  não quis roubar a cena, sequer mostrar seu talento, além de não transformar seu personagem em algo interessante, diferente de Totia Meirelles, ambas em personagens pequenos. Quem sabe a Vera não ganha um personagem em Futurama, como uma robô brasileira.

Flávia Alessandra é indicada por duas obras: Além do Horizonte e Salve Jorge, mas por motivos diferentes. Na novela das 8 por fazer uma personagem tão sem sal, que até hipertensos perceberam. A personagem não tinha carisma, apelo popular e o pior: química, com qualquer personagem e olha que a personagem Érica pegou bastante gente. Já na atual novela das 19h, Flávia volta a interpretar a robô Naomi de “Morde e Assopra”.

VENCEDOR: Vera Fischer por Irina de "Salve Jorge"

JUSTIFICATIVA: A personagem passava 99% do tempo sentada, fazendo a contabilidade, mas isso não quer dizer que ela não poderia ter ao menos circulado pelo cenário. Pode ter sido erro da direção, mas Vera poderia ter lutado por sua personagem, que entrou praticamente muda e saiu calada.

PIOR ROTEIRO: Amor à Vida, Dentista Mascarado e Salve Jorge.

Amor à Vida trouxe situações impecáveis, além de diálogos escritos para o público que vê Galinha Pintadinha. Entre loucuras na novela, teve Amarilys gritando uhuu após achar que a fertilização não deu certo e ir pra cama com o marido do melhor amigo.Além de sequestro de Paulinha, prisão de Paloma, todos com furos que o telespectador sacou.

Dentista Mascarado, programa de estreia de Marcelo Adnet não conseguiu fazer rir. Os autores, responsáveis por sucessos como “Os Normais” e não conseguiram fazer algo engraçado, o que afastou o público de um horário já critico na Globo, o das sextas feiras depois do Globo Repórter.

Salve Jorge tinha uma premissa interessante, mas o texto falho e a lentidão levaram pessoas a fugir da trama, já que estavam acostumados com um texto mais ágil. A autora fez algumas justificativas no Twitter quando o público percebeu as falhas.

VENCEDOR: "Dentista Mascarado"

JUSTIFICATIVA: Os autores, já consagrados por trabalhos anteriores não conseguiram expressar muito bem a idéia do seriado, que fez o público desistir de assistir a obra. O trabalho de Marcelo Adnet, conhecido do publico não conseguiu ser utilizados pelos autores e a trama se perdeu.

 E vocês, o que acharam dessa primeira parte da eleição dos piores do ano? Concordam, discordam? Vamos eleger os piores e mostrar que estamos atentos e que não queremos o pior.

Comentem, compartilhe.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (11) Postar Comentário

Anônimo comentou:

Bem, a Globo já está por baixo em quesito 'comédia' há muito tempo! Hoje em dia o público prefere a agilidade da internet, dispensa o velho "pastelão" e prefere a ironia e as sátiras contemporâneas.
Portanto nem O Dentista Mascarado, nem Pé na Cova, e muito menos Zorra Total salvam a emissora, pelo menos na minha opinião!
Salve Jorge... Não diria que foi uma péssima trama, até porque já houve piores! Só acho que a novela começou a ficar boa mesmo em 2013, quando ganhou um clima mais 'investigativo', ao invés dos romances apelativos e folhetinescos que o público já está cansado de ver! O problema é que, se a novela não é boa desde o início, será difícil do telespectador começar a acompanhá-la no meio! É preciso ser ágil desde os primeiros momentos! O que salvou a trama foi a ótima interpretação de Giovanna Antonelli como a Dona Helô, e algumas revelações como Nanda Costa. E, ao meu ver, o público também rejeitou o núcleo turco e o rico brasileiro, até porque o único que dava até pra simpatizar era o do Morro do Alemão! Isso é resultado de mais uma novela com mil personagens escritas por uma só pessoa!
Já Amor à Vida, acho que foi o contrário de Salve Jorge: começou perfeita, mas ao longo do tempo se tornou arrastada! Mas sério, posso garantir que se não fosse por conta de Walcyr Carrasco, uma outra novela qualquer seria um fiasco no horário! O autor, pelo menos conseguiu desenvolver acontecimentos repentinos ao longo da trama, como sequestros, vários cenários diferentes, e os personagens sempre interligando-se de alguma forma. Interessante é que a novela 'muda' seus conceitos de vilão e mocinho a cada mês. Repare que outrora Félix era 'o malvadão' enquanto Paloma era a típica 'mocinha sofredora'. Já na situação que a novela está agora, parece até que Félix se tornou o 'mocinho sofredor' e Paloma uma personagem mais apagada que vela ao vento! O posto de vilão principal então foi assumido por Aline, que só agora mostrou do que é capaz, e está tendo grande intimidade com o público! Mas existem personagens como Bruno, que passou a novela inteira no mesmo posto, o de mocinho banana (as vezes lembra até um certo pasTHÉO...)!
Além disso, acho que o prolongamento das novelas contribui para sua monotonia! Amor à Vida estreou em maio. A Globo pede, para a novela das 9, cerca de 179 capítulos, mais ou menos 8 meses no ar. Mas, a emissora também procura evita que suas novelas acabem em pleno mês de dezembro, quando a audiência cai muito em função das festas de fim de ano! O fim de uma trama é a estreia de outra, e uma estreia de novela em dezembro seria no mínimo um fracasso, por isso Amor à Vida foi prolongada até 31 de janeiro! O autor, coitado, se vê no dever de encher linguiça. Na minha opinião a emissora devia apostar em tramas mais práticas, com não mais que 150 capítulos!
Quanto a Além do Horizonte, concordo com tudo o que disse! Aliás, não sei onde a Globo estava com a cabeça em aprovar este 'folhetim'. Autores estreantes (que nunca escreveram uma novela na vida), atores desconhecidos para papeis principais, e um alto investimento em gravações na Amazônia! Só podia resultar num tremendo prejuízo!
Flávia Alessandra e Thiago Rodrigues, pra mim são atores de um personagem só! A Heloísa não está nem mais, nem menos que a Érica e a Naomi! A atriz não pensa em mudar nem o cabelo!

Matheus comentou:

Pior Ator/Atriz coadjuvante poderia ter incluído aquele juliano cazarré, o "Ninho" de Amor a Vida, o personagem além de chato é o mais odiado pelo telespectador na central de SAC da Globo, deveria ter morrido jundo com a Alejandra.

tiberio comentou:

Cláudia Raia é uma péssima atriz como vilã, isto está mais que comprovada já que essa era sua 3 vilã e nenhuma das três que fez vingou, foi um fracasso em todas elas. Cláudia Raia nunca mais como vilã !!!

Bruno comentou:

Hahaha... adorei o bom humor nas fotinhos.
Muito show!

Jhonatan comentou:

Só não concordei de Cláudia Raia e Grazi Massafera estarem concorrendo a piores atrizes. A Cláudia tinha que fazer uma personagem fria e calculista e isso ela fez. A Grazi foi muito elogiada porque brilhou em Flor do Caribe, você se equivocou ao colocá-la pra concorrer. Já a Paolla Oliveira começou bem naquela faze doidinha com o Ninho, mas quando passou a ser boa moça não convenceu mais.

rob comentou:

engraçado não tem nenhum da record , sera por que

claudenir araujo comentou:

Caros amigos e duro vc pagar caro por um aparelho de tv e aparecer na telona as seguintes figuras: Alexandre FROTA, DADO DOLABELLA, LATINO AMIN KADER , ROSA E ROSINHA, TATI QUEBRA BARRACO, MR KATRA, SEU MEME DA PRAÇA E NOSSA, LUCIANA GIMENEZ, ROGERIA, RITA KADILAC, GRETCHEN, SUPLA, CARLINHOS BROWN JR, CICARELLI, MARCOS MION E SEU CLONE RIDICULO, JOAO GORDO, JOAO KLEBER, GILBERTO BARROS...

Juberto Moreira comentou:

Achei a opinião boba demais, Grazi é sempre Grazi , cada dia crescendo como atriz

Hanna Amber comentou:

Estamos em abril de 2014, hoje a melhor novela para eu assistir é simplesmente Além do horizonte, recuperou a audiência, tem texto ,uma istória muito interessante.Quanto aThiago Rodrigues,gosto de seu personagem, marrento mas corajoso.

claudemir araujo comentou:

Perdoe meus amigos mas vcs deixam varios" artistas" fora do listao, façam uma revisao. vai ai umas indicaçoes: Latino, Alexandre Frota, Amin Kader, Dado Dolabella, Marcos Mion e seu clone o ridiculo louro jose da Ana Maria, o atiradopr de sapatos Porcolen, solicitem uma listagem dos telspectadores e verao resultado...


Publicidade

Veja também

Publicidade