O Planeta TV

O Teimoso e a Soberana

Por: Nelson Gonçalves Junior E-mail para contato: [email protected]

O Teimoso e a Soberana

Briga de gente mimada. É assim que podemos definir o embate entre a TV Globo e Dunga, técnico da seleção brasileira de futebol, durante esta Copa do Mundo.

A emissora carioca sempre foi acostumada a privilégios, vantagens, entrevistas e situações exclusivas em relação à CBF; enquanto Dunga nunca demonstrou saber aceitar críticas e muito menos saber esquecê-las.

É fato de que a imprensa esportiva brasileira faz uma cobertura extremamente maldosa e dramática do nosso futebol, sempre exacerbando lados negativos e colocando toda opinião pública contra a figura do treinador.

Mas também é fato de que isso não foi feito apenas contra Dunga, mas sim contra todos os técnicos que já passaram por lá, porque o povo brasileiro quer assim. Não se acha dono do país, mas se acha dono da seleção. E a pressão que tudo isso trás é absurda.

Desde o início de sua passagem pelo comando do Brasil, Dunga não privilegia nenhum jornalista ou emissora. Acabou com a farra de exclusividades globais. Ponto positivo para ele.

Agora, ao mesmo tempo em que obtinha estes benefícios, a Globo dava em troca, espaço para que treinadores falassem e se defendessem do que desejassem. Dunga abriu mão disso.

Porém foi ai que ele se perdeu. Na ânsia de ser totalmente imparcial, virou um chato, que vê a imprensa como adversária, que deseja sua cabeça a todo segundo, e que a cada pergunta, o quer destruir.

Dunga faz com a imprensa exatamente o que reclama que fazem com ele. E nada justifica seus palavrões e grosserias. Quem exerce um cargo desta importância, não tem o direito de ser assim.

E mais: generalizar nunca deu certo. Há bons e maus jornalistas; assim como há bons e maus técnicos de futebol. É preciso separar.

A única certeza é que o resultado da Copa será o desfecho desta polêmica.

Se sairmos campeões da África do Sul, Dunga será o eterno guerreiro-herói que venceu o Mundial e lutou contra a maligna e ex-soberana TV Globo.

Agora se o Brasil não for hexa, o teimoso ditador Dunga será jogado na toca dos leões, como único culpado. E ninguém defende os perdedores, muito menos a imprensa “inimiga” de antes.





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também