O Planeta TV

"A Força do Querer não é uma cartilha de moral e cívica", diz Gloria Perez

Autora rebate as críticas de que sua novela faz apologia ao crime.

por Redação, em 17/08/2017

Gloria Perez. Foto: Divulgação/Globo

Publicações nas redes sociais e mensagens encaminhadas em aplicativos acusam A Força do Querer de apologia ao crime. As críticas contra Gloria Perez começaram antes mesmo da autora revelar na trama a associação de Rubinho (Emílio Dantas) com o tráfico de drogas, mas se intensificaram com a entrada de Bibi (Juliana Paes) para tal universo.

Em seu Twitter, Gloria publicou a seguinte mensagem rebatendo as críticas:

pessoal do mimimi: #aForçaDoQuerer é uma novela, não é uma cartilha de moral e cívica, q ainda pode ser encontrada nas boas casas do ramo

— Gloria Perez (@gloriafperez) 16 de agosto de 2017

Um de seus seguidores creditou ao sucesso da novela a inquietação sobre a temática, e desejou: "Fica bem". Gloria respondeu: "Eu estou ótima!". O post de outro seguidor lembrou que esta não é a primeira vez que a autora sofre acusações pelos temas que aborda. "Lembrei de América: mal a novela estreou acharam 30 mil pessoas que venderam tudo pra cruzar deserto". escreveu o rapaz. A mensagem foi replicada e comentada pela autora: "E teve quem disse que a novela é que ensinou!"

Conforme já informou OPTV, A Força do Querer já é o maior sucesso de audiência do horário nobre desde 2014.



Publicidade

Comentários (5) Postar Comentário

Geraldo comentou:

A questão não seria a novela, mas a Globo como que pretende "vender" a imagem que nas Favelas e Morros é Diversão. Até a personagem Elvira indo toda "patricinha" ao "Baile" e adorando. Agora a questão que será sutil trazer à tona: são os carregamentos realizados em que o personagem Zeca, "desatento" às cargas que leva, indo no "aval" de estar servindo a grande Transportadora Garcia, dirigida pelo personagem Eurico, mas sendo carregamento do narcotráfico. Como o personagem Caio está trabalhando na SSP, como sairá dessa, quando o "fio da meada" chegar ao primo dele: o Eurico.


Ray respondeu:

Acho bobagem, dai vai ter um monte de filme e serie que nunca poderia ir pro cinema ou tv, no caso de novela o publico por mais jovem que seja ainda luta pra aceita certos temas, Me nego assistir novela com finais previsíveis e mocinhos sempre bonzinhos e os maldosos ruins até o final, isto é coisa do seculo passado,


ricardo comentou:

novela boa era velho chico era simples e com assuntos importante como aprender a lidar com a terra agricultura familiar , cooperativa , prefeito e deputado corrupto na politica


Televisivo respondeu:

E uma dose cavalar de sonífero. Essa novela era angustiante, eu tinha pavor. Mudava de canal até quando passava alguma chamada. E para coroar, o protagonista faleceu perto do fim. Acho macabra! De verdade gente, eu sentia angústia!


Edu comentou:

Gente chata, mimimizenta, conservadora, infelizmente hoje todo mundo tem acesso a internet e posta as besteiras que quer, deveria haver um filtro e só pessoas com senso poderiam postar, povo reclama de tudo, que coisa, novela épica, autora mais épica ainda, e esses mesmos que tanto enchem a droga do saco são os que mais assistem...vão lavar uma privada ao inves de ficarem enchendo a paciência!

Rodrigo comentou:

Como sempre, povinho ignorante que acha que televisão tem a obrigação de educar.

Claudio Souza comentou:

E político não faz apologia ao crime?Eles são o que mais nos mostram que o crime compensa

Veja também

Publicidade