O Planeta TV

Especial Vitória, a nova superprodução da Record

Conheça a nova novela da Record, que estreia nesta segunda (02/06).

Por: Assessoria da Rede Record

Novela de: Cristianne Fridman
Colaboração de: Alexandre Teixeira, Jussara Teixeira, Carla Piske, e João Gabriel Carneiro
Direção de: Daniel Ghivelder, Rudi Lagemann e Michele Lavalle
Direção geral de: Edgard Miranda
Direção de teledramaturgia: Anderson Souza

A sinopse

A história central da novela gira em torno de Diana e Artur, protagonistas de Thaís Melchior e Bruno Ferrari. O nome de batismo do rapaz, na verdade, é Mossoró. Mas ele assume uma nova identidade para planejar uma vingança contra o pai, Gregório, papel de Antônio Grassi. O ódio começa quando, aos 12 anos, Mossoró cai do cavalo, fica paraplégico e é rejeitado pelo pai por conta da deficiência. Mais tarde, ao descobrir que não é filho de sangue de Gregório, planeja seduzir sua suposta meia-irmã, Diana, para atingi-lo. O próprio Gregório, no entanto, desconhece o fato de não ser pai biológico do rapaz. "Toda a amargura do personagem tem sentido dentro da história, ele vivenciou várias coisas. É um papel humano", ressalta Bruno Ferrari, que passou cerca de dois meses se movimentando em uma cadeira de rodas, dentro de sua casa, para se preparar para o personagem.

Artur, no entanto, acaba se apaixanando por Diana e terá que fazer uma escolha: revelar a verdade de que não é filho de Gregório, que não houve incesto, deixar de lado o ódio e a vingança ou contar a verdade e viver o amor com Diana?

Já Diana, filha do segundo casamento de Gregório, é uma joqueta apaixonada por sua égua Vitória, que dá nome à novela. Depois de se envolver amorosamente com Artur durante uma viagem a Curaçao, no Caribe onde ele mora desde o acidente -, sofre por acreditar que o rapaz é seu irmão. Mas o amor se transforma em ódio quando percebe que ele pretende destruir o haras Altacyr Ferreira. "É tudo muito confuso, é uma mistura de sentimentos que não sei onde vai chegar", despista Thaís.

Amor entre cavalos

Vitória, a nova novela da Record, estreia no próximo dia 2 de junho. Mas, afinal, quem é Vitória? Seria a "mocinha" da trama? Na verdade, a estrela Vitória é uma linda e impetuosa puro sangue inglês. 

Uma égua! Sim! A grande estrela é uma puro sangue inglês que, inclusive, dá nome à trama de Cristianne Fridman e viverá uma história de amor aos moldes de Romeu e Julieta, de William Shakespeare. Segundo o material de divulgação da emissora, Vitória já venceu inúmeras corridas para o Haras Altacyr Ferreira e foi dada de presente por um admirador secreto para a linda Diana (Thaís Melchior). Vitória tem um olhar expressivo, marcante e é apaixonada pelo cavalo Filho do Vento, propriedade de um haras rival. Mas apesar do amor impossível, eles farão de tudo para ficarem juntos. Isso até outro puro sangue inglês, Gregory Segundo, entrar na disputa pelo equestre coração de Vitória. 

Neonazistas

Além de abordar temas como incesto e paraplegia, Vitória terá um núcleo de neonazistas. Encabeçado por Priscila, primeira vilã de Juliana Silveira, o grupo persegue negros, nordestinos, homossexuais e qualquer pessoa que não se enquadre em seus parâmetros. Entre os integrantes estão Paulão, Bárbara e Enzo, interpretados, respectivamente, por Marcos Pitombo, Liege Muller e Raphael Montagner, todos bem nascidos e, à primeira vista, acima de qualquer suspeita. "Ninguém imagina que Priscila seja cruel, que à noite bote uma máscara ninja e vá depredar ônibus, matar nordestino na beira da Rio-Santos. Ela é uma psicopata", explica Juliana.

"Tenho falas deliciosas, sem pudor nenhum. Quando comecei a ler, pensei: vou me vingar de todos que aprontaram comigo", diz, aos risos.  Apesar de explodir um carro em um atentado nos primeiros capítulos do folhetim, a personagem não aparenta ser tão ardilosa. "Ela é culta, elegante, estudada, tem dinheiro... Ninguém desconfia que ela faz essas coisas. É lobo em pele de cordeiro", avalia. 

"Ao longo da novela a gente vai debater temas espinhosos: intolerância e preconceito. Vamos falar sobre muitas coisas delicadas, mas eu acho importante por ser um tema bem atual e bastante pertinente, visto os casos de racismo no futebol e os crescentes casos de homofobia. Acho que a Cris [Cristianne Fridman] está sendo bem corajosa em levar esses temas para as pessoas", diz Marcos Pitombo, que explica como se preparou para o personagem: "Tivemos uma série de workshops de história falando sobre o neonazismo e, além disso, a gente fez aulas de motocross. Enfim, tem toda essa parte histórica que a gente se aprofundou e estamos trabalhando com muito cuidado".

Assédio sexual

Maytê Piragibe dará vida à Renata, uma veterinária que sofre assédio sexual no trabalho. A primeira cena da atriz já será mostrando seu chefe, Jorge (André Di Mauro), sendo asqueroso com ela. "Ele não chega a abusar dela porque Renata se defende. É uma mulher com atitude, mas ela enfrentará o assédio dele diariamente", adianta a intérprete da personagem.

O papel seria feito por Gisele Itié, que sofreu um acidente de moto em março e teve de deixar a trama em prol de sua recuperação. Maytê conta que foi a última do elenco a ser escalada e revela que havia feito um teste para fazer uma outra personagem, bem mais jovem. Segundo a atriz, o teste foi para ver a química entre os atores envolvidos e a direção a deixou no banco de reserva porque ela não imprime mais o frescor da juventude que a personagem em questão exigia. 

"Esse remanejamento é uma questão da empresa, algo normal dentro da rotina de escalação de elenco. Estou muito feliz em fazer a Renata, que é uma mulher adulta, casada há 12 anos, com uma filha de 11, e com problemas que vão dar muito pano para manga", comenta a atriz, revelando que, além do assédio sexual, a personagemenfrentará uma crise conjugal porque ela e marido, o veterinário Edu (Cláudio Gabriel), perderam tudo em uma enchente em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, onde se passa a trama.

"Eles enfrentam uma fragilidade financeira e surgem em cena morando na casa dos pais dela, Zuzu (Lucinha Lins) e Manoel (Cesar Pezzuoli). Até por conta disso, Renata nem pensa em deixar o trabalho, pois o seu dinheiro é importante para o casal conseguir superar esse momento difícil e reconstruir sua casa", diz Maytê, que foi orientada a ver alguns filmes como referência para sua personagem. Um deles é o drama "O Impossível",com Naomi Watts e Ewan McGregor, que reconstitui o tsunami que devastou a costa asiática em 2004. "Não sei como a cena em que Renata e a família perdem tudo será roteirizada e gravada, mas sei que teremos que mostrar porque esse trauma atinge tanto a vida deles "

Na sinopse, a veterinária é descrita como uma profissional muito competente, responsável pela saúde do Filho do Vento, o melhor cavalo do Haras Arminho. Por ironia do destino, ela e o marido trabalham para haras rivais. 

Renata herdou do pai, Manoel, a paixão por motos. Ela pratica motocross como passatempo contra a vontade domarido. A personagem ainda vai enfrentar o drama de ver sua mãe ficar doente, sem saber como lidar com o Alzheimer. Por último, Gabi (Victoria Diniz), a filha dela, vai sofrer bullying na escola por ser gordinha.

"Fiz workshop para as cenas de motocross porque esse universo de aventureira é bem distante da minha realidade. Também fiz laboratório com uma veterinária para ver como é sua postura para impor autoridade, afinal Renata está inserida em um universo masculino, rodeada de peões e cavalos", conta a atriz, que é apaixonada por bichos e, mesmo sendo urbana, já tinha uma relação com animais. "Meu pai tem uma fazenda e meu refúgio sempre foi no campo. Tive uma égua e um potro. Essa parte foi simples, mas tive de aprender sobre a complexidade da medicina", diz.

Maytê conta que a doença da mãe e o problema da filha são temas que vão demorar mais um pouco para aparecerem em Vitória. Ela diz que primeiro o telespectador vai ver o dilema de pais que precisam educar seus filhos com a influência e interferência dos avós.

Motocross

Em Vitória, Ricky Tavares interpretará Mossoró, um jovem adepto ao "motocross" - modalidade de esporte radical com motos especializadas. 

"Mossoró é um cara super do bem, super amigo. Estou ansioso para ver o resultado na TV. A minha expectativa é que dê tudo certo e que seja um grande sucesso. Tem muitas emoções vindo por aí", comemora o ator.

O rapaz ama esportes radicais e terá como hobby as corridas de motocross. "Eu já sábia andar de moto, mas motocross é uma coisa muito diferente. Eu nunca imaginei ter que aprender a andar de moto para fazer uma personagem que é piloto. Em Vitória não será a modalidade de freestyle (estilo livre), vai ser corrida de motocross com aqueles saltos irados", avisa.

Na trama, Mossoró decide criar uma pista de motocross para se tornar competidor profissional. Já nas questões familiares, o personagem é o braço direito da irmã, Diana, interpretada por Thaís Melchior. E ainda tem uma boa convivência com o pai, Gregório, de Antônio Grassi.

Na fase de composição para o papel, Ricky relembra a procura minuciosa por filmes sobre a temática central do personagem. “Fiquei focado em esportes de aventura”, conta. Além disso, o ator incluiu em sua rotina a ida a eventos de motocross para descobrir os macetes de profissionais da área. 

A Trilha Sonora

A cantora e atriz mexicana Thalia, estrela de novelas exibidas pelo SBT, teve a sua presença confirmada na trilha sonora da novela. Ela interpretará - em português - a canção Manias.

Quem também está com música na novela é Fábio Jr., atualmente jurado do programa Superstar, na Globo. A música é Não Posso Reclamar de Nada, em parceria com a filha Tainá. Será tema romântico dos protagonistas, Artur (Bruno Ferrari) e Diana (Thais Melchior).

Confira outros temas:

Onze: 20 - Meu Lugar  (Tema de Beatriz e Mossoró)
Engenheiros do Hawai - Toda Forma do Poder (Tema do núcleo jovem)
Jorge Vercillo - Sensível Demais (Tema de Renata)
Micael Borges - Qual é o Andar (Tema de Laíza)
Adryana Ribeiro - Oba, lá vem ela (Tema Lenito e Luciene)
Ivan Busic - Cry For Love (Tema de Artur)

Perfil dos principais personagens

ARTUR (BRUNO FERRARI) – Dono do Haras Arminho, filho de Clarice (Beth Goulart) e, supostamente, de Gregório (Antônio Grassi). Vai seduzir Diana (Thaís Melchior) para se vingar do pai, só que se apaixona pela joqueta.

DIANA (THAÍS MELCHIOR) – Irmã de Mossoró (Ricky Tavares), é filha de Gregório, com quem vive batendo de frente. Se apaixona por Artur, mas ao mesmo tempo vai tentar impedir que ele destrua seu Haras, o Altacyr Ferreira.

RAFAEL (RODRIGO PHAVANELLO) – Advogado que vai se aliar a Diana contra Artur. Os três formam o triângulo amoroso da história.

GREGÓRIO (ANTÔNIO GRASSI) – Casado duas vezes, é pai de Artur, DIana e Mossoró. O único amigo é Bernardo (Paulo César Grande). Passou por duas crises financeiras que o impediram de perder seu haras.

CLARICE (BETH GOULART) – Mãe de Artur, acaba internada em uma clínica psiquiátrica e fica viciada em remédios controlados. Depois, torna-se professora na escola de Priscila (Juliana Silveira). Vai defender Cícero (Pablo Monthé) de trabalhar obrigado pelo pai.

MOSSORÓ (RICKY TAVARES) – O irmão de Diana é apaixonado por motos e tem uma clube de motocross. Apaixonado por  Beatriz (Letícia Medina), receberá convite para administrar um bar em Petrópolis.

BERNARDO (PAULO CÉSAR GRANDE) – Treinador do haras de Gregório, sofrerá com a morte do filho, Felipe (Eduardo Pires).

EDU (CLAUDIO GABRIEL) – Marido de Renata (Maytê Piragibe) e veterinário do haras de Gregório. Seu desejo é construir uma casa nova para morar com a esposa e filhos – Quim (Gustavo Leão) e Gabriela (Victória Diniz).

JAVIER (GUSTAVO OTTONI) – Casado com Rubia (Flávia Monteiro), é o secretário de Artur. Tenta tirar da cabeça do patrão os planos de vingança.

NELITO (ROCCO PITANGA) – Trabalha no haras de Gregório e namora Luciene (Bruna di Tullio). É metrossexual.

LUCIENE (BRUNA DI TULLIO) – Joqueta do haras de Gregório que quer trabalhar no haras rival.

JORGE (ANDRÉ DI MAURO) – Administrador do haras de Artur. Maltrata a irmã, Beatriz (Letícia Medina), e assedia Renata (Maytê Piragibe).

RENATA (MAYTÊ PIRAGIBE) – Veterinária do haras de Artur, é apaixonada por motos. Não vai conseguir lidar com a doença da mãe, Zuzu (Lucinha Lins).

EDNALDO (RAYMUNDO DE SOUZA) – Pai de Cicinho, trabalha no haras de Artur. Viúvo, terá uma paixão por Clarice.

BEATRIZ (LETÍCIA MEDINA) – Irmã de Jorge e namorada de Mossoró.

RICARDINHO (LEANDRO LÉO) – Rival de Diana, é apaixonado por Luciene.

YONE (NINA DE PÁDUA) – Diretora da escola de propriedade de Priscila.

DANTE (ANDRÉ DE BIASE) – Professor de matemática da escola de propriedade de Priscila. Vai guardar um segredo que o fará bater de frente com Priscila.

ANASTÁCIA (ROBERTA GUALDA) – Semianalfabeta, trabalha na escola de Priscila. Se envolverá com Bruno (Augusto Garcia).

LAÍZA (ALINE BORGES) – Dona de um bar apaixonada por Liza Minnelli.

CAÍQUE (HEITOR MARTINEZ) – Cria sozinho a filha, Rebeca (Letícia Pedro). Desempregado, vai se transformar em stripper do bar de Laíza, ao lado de Tadeu (Leonardo Vieira), marido de Matilde (Luciana Braga), e Paulo Henrique (Silvio Guindane).

PRISCILA (JULIANA SILVEIRA) – Neonazista e líder de um grupo que conta com Paulão (Marcos Pitombo), de quem é namorada, Bárbara (Liege Muller) e Enzo (Raphael Montagner).

RAMIRO (JONAS BLOCH) – Delegado corrupto e de temperamento difícil. Pai de Sabrina (Rafaela Mandelli), que vai bater de frente com o pai, já que será uma pedra no sapato do grupo de Priscila.

Elenco

Bruno Ferrari - Artur/Mossoró
Thaís Melchior – Diana
Beth Goulart – Clarice
André di Mauro - Jorge
Lucinha Lins – Vó Zuzu
Jonas Bloch – Ramiro
Leonardo Vieira – Tadeu
Luciana Braga – Matilde
Maytê Piragibe – Renata
Letícia Medina – Beatriz
Ricky Tavares – Mossoró
Marcos Pitombo – Paulão
Juliana Silveira – Priscila
Rodrigo Phavanello – Rafael
Gustavo Leão – Joaquim (Quim)
Aline Borges – Laíza 
Antônio Grassi – Gregório
Eduardo Pires – Felipe
Bruna di Tullio – Luciene
Heitor Martinez – Caíque
Camila Avancini – Rosa
Leandro Léo – Ricardinho
César Pezzuoli – Manoel (Manel)
Cláudio Gabriel – Edu
Créo Kellab – Alessanderson (Pedro Dois)
Dado Dolabella – Leo
Diego Kropotoff – Vinícius
Flávia Monteiro – Rúbia
Paulo César Grande – Bernardo
André di Biasi – Professor Dante
Rocco Pitanga – Nelito
Gabriel Gracindo – Ziggy
Liege Muller – Bárbara
Karen Marinho – Kátia
Raymundo de Souza – Ednaldo
Letícia Pedro – Rebeca
Henrique Ramiro – Alex
Victória Diniz – Gabriela
Marcello Escorel – Dr. Fernando
Roberta Gualda – Anastácia
Nina de Pádua – Dona Yone
Pablo Mothé – Cicinho
Cássio Ramos – Pablo
Pedro Caetano – Cleiton (Pedro Um)
Rafaela Mandelli – Sabrina
Augusto Garcia – Bruno
Raphael Montagner – Enzo
Ricardo Ferreira – Virgulino
Alessandra Loyola – Analice
Gustavo Ottoni – Javier
Alice Rodrigues – Isabele
Sílvio Guindane – Paulo Henrique
Thelmo Fernandes – William
Zeca Gurgel – Dinho
Marcelo Escorel - Dr. Fernando

Anúncio provocativo

Em um anúncio para divulgar Vitória, Record provoca a Globo e ironiza Em Família. A emissora do Bispo Edir Macedo diz que "ninguém suporta" a novela da concorrente. 

"Salada de chuchu sem tempero é a mesma coisa que novela das 21h que não acontece. Ninguém suporta. Você também está cansado de novela que não acontece? Vem para Vitória.", cutucou.

 A nova atração da Record vai competir no mesmo horário que a novela global a partir de segunda-feira (2).

Clipe de divulgação

Acompanhe as primeiras cenas da trama!

Vitória, a nova superprodução da Record, estreia nesta segunda, 2 de junho, às 21h15!



Publicidade

Comentários (2) Postar Comentário

Diego comentou:

a recopia pensa q vai conseguir vencer a globo com essa ***** ksksks,mesmo em familia sendo chata pakas,a pior da historia da globo,ainda vai ficar ISOLADA em 1º lugar!!!!

Daniela comentou:

Horrível esse teaser, se a novela for assim, até em família vai se sobressair. Pecado mortal era melhor anos luz em relação a essa novela.

Veja também

Publicidade