O Planeta TV

The Voice Brasil 4x05 - Audições Às Cegas, Parte 5

As audições terminaram, mas a temporada apenas começou...

Por: Daniel Melo - Contato: [email protected]

Foto: Divulgação/Globo

Para a minha alegria, as audições às cegas da 4ª temporada do programa terminaram em grande estilo, com alguns excelentes nomes que certamente podem fazer dessa temporada tão incrível quanto a 1ª (e até melhor, se me permitem dizer). E me alegra demais poder dizer que não foi apenas o bom nível dos candidatos que se destacou até aqui. O programa também pareceu estar mais cientes dos seus problemas e buscou resolvê-los. O êxito não foi total, mas depois das duas últimas temporadas, até mesmo a tentativa valeu.

Vou bater na mesma tecla e dizer que temos um grupo de candidatos extremamente promissores e técnicos aparentemente empolgados para a temporada. A competitividade entre os 4 técnicos nunca esteve tão alta (e ainda não está alta, mas é melhor que nada) e essa empolgação é facilmente perceptível na boa repercussão de público que o programa vem recebendo. Claro, ainda existem claros sinais de descaso com o programa, com os candidatos, mas devemos reconhecer a evoluída que o programa deu de 2013 pra cá. 

Ainda não sabemos o tipo de técnico que Michel é, mas sabemos que o Team Milk raramente desaponta nas batalhas (vamos ver esse ano, já que o Team Milk é o que menos me chama a atenção) e o Team Lulu sempre acaba tendo boa parte dos seus candidatos roubados, e dado o nível desse time esse ano, espero imensamente que a história se repita. 

O Team Brown é sempre imprevisível. Pode tanto surpreender quando desapontar. Já o Team Michel tem excelentes nomes ao ponto de estar praticamente empatado com o Team Lulu e será uma pena ver alguns nomes promissores eliminados tão cedo, mas isso é assunto para semana que vem. 

E por fim, sobre esse último episódio de audições, devo dizer que me surpreendeu bastante, já que esperava uma coisa bem meio qualquer coisa, como geralmente são os últimos episódios de audições. Vejo uns 3 a 5 nomes que podem nos surpreender mais a frente e mesmo os candidatos que achei fracos hoje, podem surpreender amanhã. Então vamos a eles:

10) Luísa Amaral - Hurt (Christina Aguilera) - Team Brown

“Hurt” é uma das músicas que conheço de cabo a rabo, principalmente por ser minha música favorita de Christina. E o primeiro e maior problema de Luísa nessa audição foi que ela enfeitou demais a canção ao ponto de deformá-la e perder por diversas vezes o tempo. Luísa não tem a qualidade vocal de Christina Aguilera e por isso é que ela deveria fazer uma apresentação mais limpa possível. Aquele silencio constrangedor no final foi de choque por Brown ter virado para uma audição tão mal executada, isso sim. Quão melhor teria sido se Liz Rosa tivesse sido aprovada no lugar dela...

9) Marcelo Archetti - You’ve Got a Friend (Carole King) - Team Michel

Marcelo pode até ter um timbre muito bacana com uma afinação a prova de críticas, mas não adianta nada você ter um timbre bacana se você não sabe usá-lo da melhor maneira possível. Por isso, e pela linearidade da audição, a audição de Marcelo foi uma das mais fracas da noite Vou discordar bastante de Lulu, ele não canta pra fora, canta pra dentro, e tem problemas de projeção. Música lindíssima, mas não passou de um karaokê. 

8) Nando Vianna - Você é Linda (Caetano Veloso) - Team Lulu

A reconstrução melódica aqui me lembrou muito o que foi feito por William Sam’per com Velha Infância, mas aqui tivemos um resultado um pouco melhor, mas tão sem graça quanto.  Não gostei tanto da audição, mas Lulu virou no último segundo e num aspecto unicamente vocal, achei que foi válida essa virada, mas totalmente dispensável também. Assim como Lulu disse, essa música não precisa de muito embelezamento e essa foi a principal falha de Nando, que muito provavelmente será eliminado nas batalhas no fortíssimo Team Lulu. 

7) Xanndy - Meu Bem Querer (Djavan) - Team Milk

“Mais um pagodeiro, JESUS!” foi o que pensei quando vi o vídeo de apresentação de Xanndy. Mas apesar de se definir como um cantor de pagode, ao escolher uma música de Djavan, ele ganhou muito o meu respeito.  Tem uma voz interessante, mas instável. Rouquidão me chamou a atenção, mas apenas isso. Ressonância poderosa e chamativa. Extensão vocal boa. Tá bagunçado, né? Foi assim que me senti com a audição dele. Muitos aspectos bons, mas uma bagunça organizada. O melhor foi ver que Cláudia tá tão desacreditada com os homens que ficou surpresa de ele ter escolhido ela. 

6) Mali - Sem Querer (Ludmilla) - Team Michel

A escolha musical seria bem válida se Mali fosse melhor vocalmente, porque certamente seria uma performance de grande destaque. A vibe, dadas as proporções, me lembrou de Ludmillah Anjos, só que menos PÁH! Concordo quando Michel fala que ela foi melhorando, mas a verdade é que vocalmente ela ainda tá bem crua, mas não descarto um possível crescimento e surpresas vindo dela. E outra, muito curioso pra ver que direção ela vai seguir daqui pra frente, já que apesar de o funk ter ficado em evidência, ela me pareceu bem mais pop que funkeira. E digo isso mais pela maneira dela de se portar no palco. Vou ficar de olho em Mali. 

5) Ana Cigarra - Num Corpo Só - Team Lulu

Ana começou a audição com bastante força, mas sem personalidade, problema que foi facilmente sanado mais a frente.  Ela traz de volta o samba ao programa, que não apareceu tanto assim desde a 1ª temporada. Tirando alguns vacilos vocais, foi bem bacana, mas senti falta de uma maior interação dela com o público. É com muita dor no coração que desde já afirmo que não há espaço para ela no Team Lulu, mas nada impede que Brown possa roubá-la nas batalhas. 

4) Rafael Dias - Oh Chuva - Team Lulu

Gostei de como a voz dele combinou com o estilo da música (escolha musical perfeita, aliás!). Essa influência reggae nele o diferencia bastante dos candidatos da temporada e o torna bem mais interessante. Uma presença bem bacana, mas que ainda pode ser desenvolvida.  O timbre dele é perfeito para o reggae mesmo. Mas aqui ele esbarra em um problema que por exemplo foi visto na banda Devir no Superstar esse ano: Ser pop/reggae ou puramente reggae.  Quero muito ver como ele se sairá daqui pra frente. Como ele tá doidinho pra ser eliminado nas batalhas, escolheu ir pro time do Lulu. E achei bem deselegante a maneira como ele interrompeu o discurso da Cláudia para escolher o Lulu. Pelo menos a nega loira levou na brincadeira, mas ficou feio. 

3) Joelma Santiago - Love On Top (Beyoncé) - Team Milk

Foto: Divulgação/Globo

Joelma está aqui nesse Top 3 unicamente pela sua qualidade vocal. Ela possui uma voz pesada, que não combina com a estrutura musical da música, e a limitou bastante no grave, mas quando o tom subiu, deu lugar a uma Joelma que conseguiu me lembrar em alguns momentos  me fez pensar que ela poderia ser um projeto de Jennifer Hudson bem verdinha (MUITO VERDINHA!). Foi uma escolha musical muito errada. Minhas principais recomendações a ela seriam uma precisão nos melismas e refinar mais os falsetes. Quero vê-la cantando uma balada para valorizar o seu timbre. Apesar dos seus problemas, não é nenhum martírio ouvi-la.

2) Matteus  - Estou Apaixonado - Team Michel

Foto: Divulgação/Globo

Apresento a vocês o Leandro Buenno versão sertaneja da temporada. Ele me surpreendeu com essa escolha musical e com a sua precisão vocal; além da tranquilidade com a que ele passeava entre as notas. Fez boas escolhas vocais, sabendo exatamente a hora de subir o tom, sem prejudicar sua interpretação. Claro que 4 cadeiras viradas é um pouco demais, mas já desisti de ir contra isso. Claudinha levou exatamente o que pensei “doçura”. Incrível como ri dos 4 virando as cadeiras de volta quando ele falou de show de calouros. Michel levou o candidato e não sei se ele tem chances contra os outros sertanejos do time.

1) Brícia Helen - Nobody’s Perfect (Jessie J) - Team Michel

Foto: Reprodução/Globo

Brícia foi a única nessa temporada que conseguiu cantar uma música da Jessie J com personalidade e vozes que fazem jus a cantora britânica. Queria que ela tivesse usado mais esse tom suave que ela usou no final no lugar do timbre rasgado dela, mas isso foi detalhe. Ambos são maravilhosos.  Aquela tentativa de glory note no final foi sofrível, mas no geral foi uma excelente audição. Brícia surge como a adversária natural de Francielle e desde já sofro com esse possível pareamento. 

Quanto às eliminadas, vou me limitar a falar de Liz Rosa, talvez o maior erro dos 4 até aqui.  Queria muito que Brown tivesse virado pra Liz porque a voz dela é muito interessante e me lembrou bastante do estilo de Elis Regina. Foi uma das minhas audições favoritas dessa última  noite. Liz conhece perfeitamente sua voz e sabe exatamente como encaixar cada recurso vocal perfeitamente de maneira a sempre extrair o melhor. Se tivesse sido aprovada, teria ficado em segundo no meu ranking. Que ela volte ano que vem!

E assim, terminam os times nessas audições. Segue também como eu dividiria as duplas e os supostos vencedores 

1) Team Lulu: Negra Mary, Tori Huang, Rebecca Sauwen, Rafael Dias, Jonnata Lima, Leo Chaves, Ana Cigarra,Thaís Moreira, Ayrton Montarroyos, Sarah Lorena, Nando Vianna, Marcos Matarazzo.

Para quem começou a temporada com um time disparadamente superior aos outros, Lulu acabou terminando em primeiro por uma diferença muito pequena. Negra Mary, Tori Huang, Rebcca Sauwen, Rafael Dias e Jonnata Lima dão um time bem acima da média para os shows ao vivo (e provavelmente serão os que vencerão suas batalhas). Há grandes chances do bicampeonato do Team Lulu esse ano. 

Se fosse eu, faria os seguintes pareamentos: Negra Mary x Ana Cigarra; Tori x Sarah; Rafael x Leo; Rebecca x Thaís; Jonnata x Nando; Ayrton x Marcos

2) Team Michel: Renato Vianna, Brícia Helen, Franciele Karen, Edu Santa Fé, Renan Ribeiro, Mattheus, Mali, Marcelo Archetti, Eduardo Camiletti, Adna Souza, Paulynha Arrais, Victor Hugo

Michel segue urubuzando a primeira posição e com alguns dos meus favoritos. Com Renato Vianna, as chances dele ser o técnico campeão esse ano são imensas. E olha que ele ainda tem Brícia, Franciele, Renan e Edu. Sem falar que ainda pode surpreender com algum dos demais candidatos do seu time. 

Acho que os pareamentos de Michel serão: Renato x Marcelo; Brícia x Franciele; Edu x Victor Hugo; Renan x Eduardo; Mattheus x Paulynha e Adna x Mali.

3)Team Milk: Lorena Ly, Bella Schneider, Joelma Santiago, Alice Tirola,  Del Feliz, Tabatha Fher, Vanessa Macedo, Xanndy, Camilla Leonel, Cris Silva, William San’Per, Nikki.

Enquanto Lulu e Michel disputam o primeiro lugar, Cláudia e Brown brigam pra não ficar na lanterna. Com muito pop, o Team Milk não possui nenhum candidato de grande destaque e por isso, é o time em que é mais difícil de prever os cortes. 

Por semelhança de estilos, dividiria da seguinte maneira: Lorena x Tabatha; Bella x Vanessa; Joelma x Alice; Xanndy x Del Feliz; Cris x Nikki; William x Camila

4) Team Brown: Paula Sanffer, Larissa Mello, Junior Lord, Júlia Rocha, Agnes Jamille, Dani Lino, Gau Silva, Selma Fernandes, Maurílio de Oliveira, Luísa Amaral, Aline Mendes, Matheus Zuck.

Acabou que Brown terminou na lanterna de novo, mas nada que o impeça de construir um time forte mais a frente, como fez ano passado. Acho que Paula é a única com a vaga garantida e assim como o Team Milk, o Team Brown é bastante imprevisível. 

Acho que o mais razoável seria algo perto dos seguintes pareamentos: Paula x Agnes; Larissa x Júlia; Junior x Matheus; Dani x Luísa; Gau x Selma; e por falta de alternativa, Aline x Maurílio.

Bem pessoal, parece que mais uma vez a quantidade de “pegueis” foi reduzida. Aparentemente haverá apenas um esse ano para cada técnico, o que me preocupa bastante. Não pela qualidade musical, mas pela maneira como a fase seguinte será organizada. Com apenas 7 candidatos em cada time, o mais certo seria que todos cantassem e lutassem pelas 4 vagas em cada time, mas justamente por ser o mais correto, dificilmente acontecerá. 

Que venham as batalhas, a melhor fase do programa! Até semana q vem!



Publicidade

Comentários (4) Postar Comentário

Igor Juan comentou:

Claudia tá com um time muito forte acho que passam nikki, allice, lorena, william, del e tabatha , e acho que cris e bella vão ser roubadas.

Léo comentou:

Discordo quando diz que o time de Claudia não é tão bom quanto o do Lulu e do Michel, afinal ela não tem um candidato realmente ruim. Todos são bons. É filtrando seu time do jeito que ela sabe fazer, vai chegar com uma equipe poderosa nas outras fases. Michel tem bons candidatos, talvez os com mais apelo popular, e isso que deve fazer ele ganhar a temporada.

Gabriel comentou:

li alguns spoilers e cláudia foi cláudia pareando os fortes com os fracos e pegou uma front-runner. Lulu fazendo m*erda, pareando sem qlqr critério. Teló dispensou um front-runner e teve a melhor batalha do primeiro dia, mas teló foi mega sensato nos pareamentos. Brown pareou seus iguais e extraindo leite de pedra

Edu comentou:

Joelma Santiago é infinitamente superior vocalmente que a Bricia....anos luz.

Veja também

Publicidade