O Planeta TV

Ministério Público notifica produção de Segundo Sol

Fabrício Bolivera será um dos protagonistas da novela.

por Redação, em 12/05/2018

Roberval (Fabrício Bolivera). Foto: TV Globo/Segundo Sol

A TV Globo foi notificada pelo Ministério Público do Trabalho. Formalmente, a emissora foi recomendada a aumentar o núcleo negro de Segundo Sol, novela das nove que estreia na próxima segunda-feira (14). 

A ação aconteceu por causa da novela, que, ambientada na Bahia, estado com o maior percentual de população negra do país, tem elenco majoritariamente branco. O documento faz 14 recomendações à empresa, entre elas a realização de um censo, a elaboração de um plano de inclusão e a igualdade de remuneração da população negra nas relações de trabalho.

Na semana passada, a direção artística da Globo, após uma reunião de emergência com a equipe da novela, afirmou que trabalhará para evoluir a questão.



Publicidade

Comentários (6) Postar Comentário

Rosem comentou:

É impressionante como essa emissora com tantos recursos materiais, humanos, financeiros, etc comete erros primários, como esse de escalar elenco de atores brancos ignorando nossa formação étnica, a raça negra e mestiça, predominante no estado em que se passará a novela Segundo Sol. Podiam chamar consultoria, mas não. Cada vez mais a soberba, a falta de gente com melhor formação para elevar o nível ali dentro.


Filipe respondeu:

Concordo. E quem discorda com certeza é racista em algum nível.


caio comentou:

Conversa fiada. Com Mr. Brown, foi a única rede de televisão a dar protagonismo a um casal de negros em horário nobre.

Noher' comentou:

Engraçado esse boicote ao JEC sendo que ele foi um dos pioneiros a colocar negros como protagonistas em novelas da Globo: Preta (Da Cor do Pecado), Foguinho (Cobras e Lagartos) e Roberval em SS - Nesse último o autor já falou que a história dele é uma das principais....

Victor Guimaraes comentou:

Agora as novelas serão obrigadas(notificadas) a colocar negros em seus elencos ? Ridículo. Talento não tem cor. Povo mimizento. Só porque a novela vai se passar na Bahia, todo mundo nela tem que ser negro, ou a maioria? Como se não existisse brancos por lá. Será que essa gente que promoveu esse mimimi não sabe que o Brasil é um povo miscigenado? Que não tem essa de " na Bahia tem mais negro, no Amazonas tem mais índio"? Preguiça dessa gente. É por aí que prolifrera os preconceitos. Vamos assistir Segundo Sol, ou outra novela, sem mimimi? Alias, chega de mimimi. Chato isso, viu?

Mario comentou:

isto se chama censura.
nunca vi qualquer produçao nos EUA, por ter criança, por raça ou gênero, ou qualquer
outra circunstãncia especial, sofrer este tipo de interferencia.
é óbvio que a globo poderia fazer com mais negros a novela, mas acho
que isto acaba interferindo na obra;
Pensem bem, daqui a pouco vao mandar no número de lorias, de japoneses
de anões, autistas, gordos, malhados, sarados, etc. isto seria interferencia.
e vai acabar abrindo precedentes para a volta da censura.


gui respondeu:

Meu filho você não ouviu falar do #OscarSoWhite? Vários atores renomados boicotaram o Oscar porque não havia negros entre os indicados! Não é questão de censura, é recomendação para a novela mostrar uma realidade.


Original comentou:

O MP fez recomendações, mas a Globo não é obrigada a acatar. Ou seja, quero entretenimento, independente da etnia e do lugar onde a trama se passa. É claro que o elenco tem que ter negros, pardos, porem não podemos ficar presos a esse tema, afinal temos um entretenimento a assistir.

Veja também

Publicidade