O Planeta TV

Deus Salve o Rei: Autor desiste de matar Amália

Marina Ruy Barbosa emendará trama das sete e novela das nove.

por Redação, em 12/01/2018

Foto: Divulgação/TV Globo

Prevista na sinopse de Deus Salve o Rei, a morte de Amália (Marina Ruy Barbosa) foi cancelada pelo autor.

Segundo Márcia Pereira (UOL), a ideia de Daniel Adjafre não foi bem recebida e ele pensou em duas alternativas: na primeira, a mocinha seria dada como morta para ressurgir e movimentar a história; já na segunda, o afastamento da personagem foi descartado. Prevaleceu a segunda ideia e a protagonista ficará ao longo de toda a trama das sete.

Para levar adiante sua história, Adjafre promoverá inúmeras mudanças no romance de Amália e Afonso (Rômulo Estrela). Virgílio (Ricardo Pereira) se aliará à Catarina (Bruna Marquezine) para separar o casal. Depois, o fiel escudeiro do príncipe de Montemor, Cássio (Caio Blat), terá um envolvimento com a plebeia de Artena. "O que sei é que os dois vão lutar por reinos diferentes porque o Afonso estará em Artena, e Cássio ficará como chefe da guarda de Montemor. Então, eles acabarão se enfrentando. E, em algum momento, passarão a disputar o amor da Amália", revelou Blat.

Com a modificação no destino de sua personagem, Marina Ruy Barbosa não terá folga e emendará as gravações de Deus Salve o Rei com os trabalhos de O Sétimo Guardião (nome provisório), que começam em agosto. "Quando a gente começou a gravar a novela, estava mesmo na sinopse que ela iria morrer e voltar algumas semanas depois. Mas logo o Daniel e o Fabrício (Mamberti, diretor artístico) avisaram que ela não morreria. O que sei é que estou na próxima novela do Aguinaldo. Quando surgiu a oportunidade de participar de Deus Salve o Rei, o combinado já era fazer a trama do Aguinaldo", disse a atriz. A novela de Aguinaldo Silva ocupará a faixa das 21h a partir de novembro.



Comentários (5) Postar Comentário

Televisivo comentou:

A produção da novela bem que poderia ter trabalho no sotaque dos atores. Estão todos com o carioquês gritando. Fica fora de esquadro com a época da novela e muito mais, pelo padrão de qualidade que a obra vem apresentando. Único ponto que destoa!


napow respondeu:

É muito puxado o ''carioquês''' do elenco para uma novela medieval. Tinha que melhorar isso, produção.



diego respondeu:

ainda pega um boi que vc ta vendo de graça , ai tu quer demais né , ja basta a globo gasta milhoes no capitulo , nos figurinos , nos efeitos porra muda de canal entao cacete



João respondeu:

Pensei a mesma coisa assistindo ao segundo capítulo.


Eduardo comentou:

Que absurdo tanta repetição de elenco na Globo.Já não se fazem mais novelas como antigamente.Saudades de Tieta que já terminou e Fera Radical que está nos capítulos finais.


Eu queria ser bem mais que amante respondeu:

Deixa de ser bobo! As novelas antigas também tinham repetição de elenco. Gloria Pires, por exemplo, havia acabado de protagonizar "Cabocla" que terminou em dezembro de 79 e logo entrou no elenco de "Água Viva", que estrou em 04 de fevereiro de 1980.



Eduardo respondeu:

Inteligência um caso raro idiota não como agora que é direto.



Mario respondeu:

Verdade, ninguém mais aguenta a repetição de alguns atores enquanto outros sao esquecidos.


fervini comentou:

eu queria que isso acontecesse, acho que ficaria mais forte e diferente.
Mas ela é importante para trama, fora que a Bruna não está sendo 100% aceita, não daria conta do recado.

Júlia comentou:

Só quero ver. Em Cabocla falaram que o Tomé ( Eriberto Leão ) não ia morrer mas não foi o que aconteceu. Estragaram a novela para mim. Tomara que seja verdade .

noveleiro comentou:

a novela se perdeu,texto fraco,atores pessimos parecem estar ali forçados,achei que fosse uma que rei sou eu? e DECEPCIONEI


Mario respondeu:

Basta comparar o elenco daquela novela para esta, por favor...


Veja também