O Planeta TV

Cansado, João Emanuel Carneiro desabafa: "preciso fazer algo diferente"

Diretor de dramaturgia já teria solicitado uma sinopse ao dramaturgo.

por Redação, em 23/01/2019

João Emanuel Carneiro. Foto: Divulgação/Globo

O autor João Emanuel Carneiro quer dar uma pausa nas novelas. O dramaturgo quer se dedicar a outros projetos. "Eu tenho muitas ideias. Mas o problema é que eu acabo fazendo novelas de novo, e isso toma dois anos e meio da minha vida. Preciso parar esse ciclo e fazer algo diferente", disse ele em entrevista à revista norte-americana Variet.

Antes de se tornar autor de novelas, João escreveu roteiros de filmes. Foi o responsável por Central do Brasil (1998), indicado ao Oscar de filme estrangeiro.

O autor de Avenida Brasil alfinetou o público brasileiro e a produção televisiva do país, ao dizer que não sabia se conseguiria fazer uma trama como A Favorita (2008), que ele considera ousada. "Ninguém sabia quem era a vilã de verdade até o fim. Eu não sei se poderia fazer isso hoje. Nós somos tão focados em custo, dinheiro, audiência. Um problema que eu vejo na TV atual é que as pessoas têm medo de tentar algo novo e precisam fazer sempre algo mais tradicional", desabafou.

O diretor de dramaturgia da Globo, Silvio de Abreu, vive um impasse. Ele ainda não decidiu qual a obra irá ir ar no fim deste ano ou no início do próximo, após o fim de “Dias Felizes”, de Walcyr Carrasco. Nos bastidores, há boatos de que o “todo poderoso” já teria solicitado uma sinopse para João Emanuel.

Após a confissão de João Emanuel, declarando o desejo de ficar um tempo longe da dramaturgia, só resta aguardar pela decisão final de Silvio de Abreu.   



Publicidade

Comentários (11) Postar Comentário

Juliano comentou:

Precisa de um descanso, depois de A Regra do Jogo e Segundo Sol... Poderia ressuscitar a sequência da série A Cura

Rui comentou:

Chamem a Glória Perez para salvar o horário, oras!


Lea respondeu:

Precisa de descanso tbm. Vão pedir uma trama as pressas pra ela repetir as ideias de AFDQ e fazer como fez nas tramas pós 'O clone'.


Televisivo comentou:

Novela é novela meu caro. Os problemas das atuais nem é a falta de ousadia, é que estão ruim mesmo. Com enredo fraco, histórias sem emoção, inclusive “Segundo Sol”.
De mais a mais, o senhor já encheu as borras de money, por isso está saturado!

André Ouacht-Èrnatti comentou:

Ponha o Carlos Lombardi!

Marcelinho comentou:

Uma sequencia de A Cura , seria uma boa hein!!

Zairo comentou:

Chamem o Gilberto Braga para salva o horário nobre oras!


Pedro respondeu:

Como ele fez com Babilônia?! Ou Paraíso Tropical q o sucesso foi tanto que a Globo precisou diminuir a meta.


Eudardo comentou:

"Um problema que eu vejo na TV atual é que as pessoas têm medo de tentar algo novo e precisam fazer sempre algo mais tradicional" Concordo plenamente. A Favorita ( que pra mim é a melhor novela que já assisti) ousou de mais, era muito ágil, e mesmo assim penou pra ir bem. Tudo bem que coincidiu com o ápice de recorde e sua saga mutantes, mas mesmo assim, creio que se torna uma novela cara.
Acho que JEC deveria ser aproveitado em séries para o globoplay, mas ai meu amigo, fazer o que a imaginação dele mandar.
Suas duas últimas novelas, na minha opinião foram trágicas. A Regra do Jogo mesmo..


Eudardo respondeu:

Record*


super comentou:

"A Favorita" foi a melhor novela dele no horário das 9. Um novelão, mesmo! E a "Flora" é uma das maiores/melhores vilãs da teledramaturgia brasileira!
O JEC devia era fazer uma passagem pelo horário das 7, tal como o Walcyr voltou ao horário das 6. Não há mal nenhum nisso e o autor e o público só ganham com isso. O JEC precisava de escrever algo mais na linha de "Da Cor do Pecado" ou "Cobras & Lagartos" ao invés de lhe estarem sempre a cobrar um sucesso tal e qual "Avenida Brasil"!!!

comentou:

A Favorita, que saudades dessa novela bem escrita muito melhor que Avenida Brasil, JEC presenteou Patrícia Pillar com a melhor personagem de muitos bons da carreira dela, A Flora. JEC poderia escrever tramas de estilo diferentes, uma temporada de Malhação, uma novela das 6, voltar a fazer novela das 7 e uma supersérie das 11 para só depois poder votar a escrever novela das 21h. Com tantas ideias boas que ele tem, essas não podem ser desperdiçadas.
Já tá passando da hora de Lícia Manzo e Maria Helena Nascimento estrear novelas das 9.

Ono comentou:

Engraçado o povo ficar elogiando "A Favorita" como se tivesse sido uma obra-prima. Eu até reconheço a inovação na narrativa, uma vilã com perfil interessante e alguns bons elementos que compuseram a história, mas, na minha opinião, a novela era o prenúncio dos vícios que marcariam as obras seguintes do JEC no horário das 21hs: uma história central forte e núcleos paralelos bobos, desconectados e desinteressantes, um texto forçado em vários aspectos, excesso de dispersão, personagens idiotas e uma trama central que se arrastou por muito mais tempo do que deveria. Na minha opinião, a única novela desse JECA que prestou foi Da Cor do Pecado. Das outras, não gostei de nenhuma. Aliás, este é um autor que deveria voltar para às 19hs.

Veja também

Publicidade