O Planeta TV

Arigatô Amore Mio é o título definitivo da próxima novela das seis da Globo

Folhetim será escrito por Walther Negrão e protagonizado por Giovanna Antonelli e Bruno Gagliasso.

por Redação, em 16/02/2016
Publicidade

Giovanna Antonelli e Bruno Gagliasso

De acordo com informações do jornalista Flavio Ricco, a Globo já tem o título definitivo de sua próxima novela das seis: Arigatô Amore Mio.

O folhetim, escrita por Walther Negrão em parceria com Júlio Fischer, terá entre os protagonistas dois grupos de imigrantes: japoneses e italianos. E mostrará uma história de amor, com diferenças culturais.

Giovanna Antonelli, atualmente como Atena em A Regra do Jogo, dará vida a uma das protagonistas de Arigatô Amore Mio. Bruno Gagliasso, Danielle Suzuki, Josie Pessoa, Letícia Spiller e Marcelo Novaes também participarão da trama. 


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (10) Postar Comentário

Kassio comentou:

E quando reclamamos de Eta Mundo Bom !, não podíamos imaginar que poderia vir coisa pior, quem em sã consciência inventou isto, deveria ser interditado, péssimo título ! creio que o pior da história ! Sol Nascente era muito mais bonito, por que não deixá-lo, apesar de oficial e registrado, eu ainda espero que a emissora troque isso, aliás posso estar enganado mais essa novela tá em nível de desastre imenso ! vejam só Bruno Gagliasso e Antonelli como par romântico, estranho ! Marcello Novaes pai do Gagliasso, a Letícia Spiller madrasta dele, Josie Pessoa (?) como vilã !!!! Silvio de Abreu resolva isso logo, antes do desastre, além de japoneses, coisa q não dá muito certo em novelas.


Japão respondeu:

Concordo com quase tudo que você disse... menos "japoneses, coisa q não dá muito certo em novelas". Depende da história! Se a história for boa, não há exemplos para comprovar de que japoneses não dão certo em novelas!!! Que preconceito!!!



fer respondeu:

uma boa novela pode ter nome feio, pais mais jovem que o filho até nucleo pouco explorado. se a história for top ai meu amigo o ibope nem liga


Jeff comentou:

I ❤ Paraisópolis era um nome "feio" e nem por isso, a novela era ruim ???? #pensenisso


Eliandra respondeu:

I love Paraisópolis era feio, este é escabroso, bizarro! Alô, Silvio de Abreu?


Fernando comentou:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk imaginando Bruno Gagliasso parlando italiano igual em Passione.

Ale Pinto comentou:

Gente, posso estar enganado, mas a única novela de sucesso que teve núcleo italiano foi O Rei do Gado. O resto que eu me lembre só teve flop: Jóia Rara, Terra Nostra, Esperança, Máscaras, Poder Paralelo e por aí vai...


Júlio Augusto respondeu:

Está enganado: TERRA NOSTRA foi um sucesso estrondoso, que resgatou o ibope do horário das 8, em 1999, e ainda teve A PRÓXIMA VÍTIMA, lotada de personagens italianos, que foi um sucesso enorme



Mario respondeu:

Poder paralelo foi sucesso e uma excelente novela.


Mario comentou:

O Sooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooool
há de brilhar mais uma vez...

Ivan comentou:

Não entendo como eles ainda querer forçar núcleo de japoneses. Quando foi que isso deu certo? E outra, que título horrendo é esse? Uma tremenda duma bosta!

Rodrigo comentou:

Deus nos acuda! Parece título de novela filhote de Carlos Lombardi com Miguel Fallabela!

Mario comentou:

O tema da abertura será Arigatchan, do grupo É o Tchan, e quem vai cantar em parceria
com eles vai ser a Sabrina Sato.

Gabriel comentou:

Gente é realmente difícil agradar a todos mais já é demaos se ele fizece uma história de pria voces iam dizer que era outra flor do caribe e etc, aí ele tenta criar, mudar e vocês já dizem que não vai da certo.


Fernando respondeu:

O Caribe é Aqui, título provisório de Flor do Caribe, era horrendo. Flor do Caribe soa bem melhor. Agora, Arigatô Syonará Amore Mio nipônico, mas pode ser que soe estranho igual Eta Mundo Bom! E depois exploda de audiência.


hugo comentou:

Se puxar muito para o lado HUMOR, vai ser tipo uma novela do Miguel Falabella e Carlos Lombardi(na Record atualmente). Walther Negrão, onde fica o núcleo praiano?
O senhor só combina escrever novela praiana.


Publicidade

Veja também

Publicidade