O Planeta TV

Após 15 anos, Adriana Araújo deixa a Record TV

Ela tinha sido remanejada para o Repórter Record Especial.

por Redação, em 19/03/2021
Publicidade

Adriana Araújo. Foto: Reprodução/Record TV

Baixa no casting da Record TV, a jornalista Adriana Araújo optou por deixar a emissora após 15 anos de serviços prestados, Em carta, ela avisou aos amigos que pretende ficar sem trabalhar por alguns tempos. E nega que tenha conversado com qualquer emissora de TV.

Adriana estava à frente do Repórter Record Investigação, depois deixou o Jornal da Record,

Parte da carta da jornalista:

Vou me lembrar de todos os plantões ao vivo, quando o país para na frente da TV e nosso trabalho se torna essencial. Foram muitos momentos assim: ataques do PCC (2006), queda do avião da Tam (2007), a morte de Michael Jackson (2009) resgate dos chilenos soterrados (2010), terremoto no Japão (2011), casamento real em Londres (2011), os protestos de junho no Brasil (2013), a morte de Eduardo Campos (2014), o rompimento da barragem de Mariana (2015), impeachment da Dilma (2016), queda do avião da Chapecoense (2016), eleição e posse de Donald Trump (2016/2017), Lula preso e Lula solto (2018/2019), greve dos caminhoneiros (2018), o crime da barragem de Brumadinho (2019),  a morte dos amigos Marcelo Rezende (2017) e Gugu (2019) e tantos outros.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (1) Postar Comentário

Vicente comentou:

Todo mundo já sabia que isto iria acontecer desde que ela se posicionou publicamente contra a linha editorial adotada pela RecordTV em favor do Governo Bolsonaro, a ponto de ser "remanejada" da bancada do principal jornal da casa para um programa que poderia ser apresentado por qualquer outro repórter menos gabaritado do que ela. Contrato vencido, tempo esgotado!


Publicidade

Veja também

Publicidade