O Planeta TV

A Fazenda bate recorde de audiência da temporada em São Paulo

Nadja e Ana Paula se enfrentam na Roça.

por Redação, em 10/10/2018

Foto: Reprodução/Record TV

Com a exibição da Prova do Fazendeiro, o reality A Fazenda 10 desta terça-feira, dia 09/10, registrou a melhor audiência desta temporada e ainda venceu com grande vantagem a estreia do programa de relacionamento exibido pela concorrente. No confronto, das 23h39 à 0h16, A Fazenda registrou média de 13 pontos, contra 11 pontos da outra emissora.  

A atração, comandada por Marcos Mion, registrou média de 11 pontos, pico de 13 pontos e share de 19% em seu horário completo de exibição, das 22h36 à 0h16, garantindo a vice-liderança isolada.

No Rio de Janeiro, o reality show também bateu recorde de audiência com média de 8 pontos, pico de 10 pontos e share de 13%, e também ficou na vice-liderança absoluta.

O programa exibiu a Prova do Fazendeiro ao vivo. Evandro Santo venceu o desafio e ganhou o chapéu de Fazendeiro.

Nadja Pessoa e Ana Paula Renault estão na roça e uma delas sai da disputa nesta quinta-feira.



Comentários (1) Postar Comentário

Mario comentou:

Povo sem personalidade. O Brasil já percebeu isso. Todos se anularam com medo da Ana Paula e da popularidade nela nos fãs-clubes e redes sociais. A única que merecia ganhar é a Nadja. Tem muita coisa que mudar para alguém merecer o prêmio, depois de tanta apatia e falta de personalidade. Imagina como seria sem a Nadja: - a cada semana, a Ana escolheria uma pessoa para brigar, tramaria para aquela pessoa ser mandada para a roça, até que ela tirasse todo mundo e ganhasse o programa. Isto porque ninguém iria peitar a jararaca. A propósito, ela já fez isso com Vida, Evandro (estava na roça) e Sandro, e o próximo foco ela já anunciou que seria a Fernanda. Ou será que o Rafael e a Gabi, por terem os gênios mais fortes, não agüentariam até o final e decidiriam se rebelar? Ainda bem que a Nadja foi pra fazenda, senão
estaria tudo pronto para Ana ganhar sem trabalho, arrumando uma briga por semana, para
criar um desafeto para eliminar.

Veja também