O Planeta TV

A audiência do capítulo de estreia de Dois Irmãos

A minissérie conquistou índices razoáveis nesta segunda (9).

por Redação, em 10/01/2017

Halim (Bruno Anacleto) e Zana (Gabriella Mustafá). Foto: Divulgação/Globo

O primeiro capítulo de Dois Irmãos, na noite de segunda (09/01), rendeu à TV Globo uma audiência média de 21,5 pontos. O indíce é considerado razoável, mas ficou abaixo da média da Tela Quente, com o filme Malévola. Na semana passada, a sessão de filme garantiu 28 pontos à emissora. 

Os desafetos e intensos conflitos de uma família de imigrantes libaneses são o mote de Dois IrmãosA minissérie de dez episódios - escrita por Maria Camargo, a partir do célebre romance homônimo de Milton Hatoum, com direção artística de Luiz Fernando Carvalho -, narra a rivalidade entre os gêmeos Omar (Enrico Rocha/ Matheus Abreu/ Cauã Reymond) e Yaqub (Lorenzo RochaMatheus Abreu/ Cauã Reymond).



Publicidade

Comentários (3) Postar Comentário

BE comentou:

Eu não entendi muita coisa dessa minissérie e vi nas redes sociais que ninguém estava entendendo nada, tem uma estética belíssima, grandes atuações, o que me surpreendeu foi atuação de Juliana Paes ela simplismente arrebentou, acho que ainda pode surpreender mais pela frente será Eliane Giardini e Antônio Fagundes, Luiz Fernando Carvalho narrativa lenta, mas uma estética e uma fotografia impecável.

Thiago São Tomé comentou:

Todos os críticos de TV estão derramando elogios a minissérie "Dois Irmãos", sem nenhuma ressalva. Ao eu ver, há falhas. O primeiro capítulo começou intrigante, mostrando a casa vazia e uma ZANA (Eliane Giardini) já gasta pela vida complicada. Em seguida, vemos ZANA (Juliana Paes) jovem, feliz, pela chegada do filho Yacub. Com a chegada de Yacub, notamos que o menino tem sérios conflitos internos e familiares, uma vez que ele despreza os pais, fica em silêncio e não demostra afeto.
Porém, a narrativa perde o fôlego quando é mostrado a fase jovem de HALIM e ZANA. Ali a narrativa fica lenta, os bochechos foram incontroláveis, o sono difícil de afugentar. HALIM jovem e seus amigos bêbados e insuportáveis e aquele eterno vai não vai. Logo no primeiro capítulo, "Dois Irmãos" apresentou uma barriga. A juventude de HALIM e ZANA poderia ocupar dez minutos de arte, e pronto; mas se entendeu demais, dando a entender que aquilo era pra encher espaço.
Acredito que a tendência é melhorar com a disputa entre os gêmeos. Mas esse primeiro capítulo deixou a desejar.

Lucas comentou:

Não prestei muita atenção na historia, pois tava fazendo trabalho, enquanto, assistia. Não saquei muita coisa, devido atenção divida. Porém, a tela estreita me incomodou bastante. Não vi necessidade.

Veja também

Publicidade