O Planeta TV

Programa mais visto da TV paga não vale a pena

O "Vai que cola" é o programa mais visto na TV fechada nos últimos dez anos,

Por: Daniel Sena - Contato: [email protected]

Publicidade

O que é essa coluna?
Geral reclama da programação dos canais de televisão aberta pondo em questão o gosto duvidoso de suas atrações. Daí é comum dizer, "ainda bem que eu tenho TV por assinatura". Não é tão "bem" assim, mas também não é ruim. É bem verdade que a liberdade e a qualidade estão mais presentes nos canais fechados, o que não quer dizer que sempre valha a pena, pagar pra ver. É por isso que essa coluna nasceu, com a ideia de mostrar o que tá valendo ou não nos canais fechados. 

                                                                                                                                                                                            Não colou...
E pra começar, tais canais viraram uma boa opção para artistas que não tem espaço nos canais abertos. O Multishow, por exemplo, virou espaço cativo para atores que não emplacam na Globo e tem a possibilidade de ousar com roteiros mais bem elaborados para um público mais exigente. Nem sempre! O "Vai que cola", programa mais visto na TV fechada nos últimos dez anos, uma cópia mau feita do "Sai de Baixo", tem um texto que beira o infantil e piadas do top do "Zorra Total". O elenco não poderia ser mais global: Catarina Abdalla, Cacau Protásio, Fernando Caruso, Samanta Schmtuz, Emiliano Dávila, Silvio Guindane e Fiorela Matheis. Liderados pelo espirituoso Paulo Gustavo, o melhor da série são os erros de gravação e os convidados especiais que distraem a falta de graça do que é apresentado, vide Flávio Canto, Seu Jorge e Ivete Sangalo que já passaram por lá...

Não colou de novo...
Ivete Sangalo que ao lado de Paulo Gustavo ajudou a amenizar a chatice que foi O "Prêmio Multishow de Música Brasileira". A dupla de apresentadores agradou pelo segundo ano consecutivo, mas o estrago de mais de duas horas de premiação, categorias equivocadas e um troféu que parecia uma extensão do "Vai que Cola" com Cacau Protásio e Samanta Schmutz fazendo esquetes aos gritos, foi inevitável. Desejo melhoras para o ano que vem...

O que dá pra colar...

O que cola de vez em quando no canal, são algumas das séries exibidas pela emissora. A atriz Natalia Klein é a protagonista de "Adoravél Psicose", toda quarta-feira, as 22h, numa das mais delicosas produções do canal. Tem reprise em horários alternativos durante quase toda a semana. A série além de divertida, com um roteirio inteligente e que foge da obviedade, trata de temas muito interessantes através das loucuras e neuroses da personagem principal . E apostando no "bom" popularesco,de segunda a sexta, tem o "Cilada" com o Bruno Mazzeo mostrando toda a versatilidade humorística do ator, no programa que deu origem ao filme de sucesso. Nenhuma dessas duas atrações atingiu os 11 milhões de telespectadores do "Vai que cola", mas vale muito mais a pena. 

Por enquanto é só, e o controle remoto continua a postos para mais dicas na próxima coluna...


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (4) Postar Comentário

Felipe comentou:

Esse Daniel Sena ou é invejoso ou está de TPM. Como assim o Vai que Cola é uma cópia do Sai de Baixo? kkkk Os moldes são os mesmo, mas a sua crítica ao programa está inteiramente desenganada. Você assistiu aos episódios? Acho que não, hein? Acho que o sem graça aqui é você.


Sabrina Silva respondeu:

Concordo Felipe, adoro Vai Que Cola não perco um episódio e os atores com certeza se encaixam na Globo eles são muito bons principalmente a diva, linda, maravilhosa, perfeita, única.. Catarina Abdalla acho que você não sabe muito da vida dela né ? Pois ela já fez muitas novelas da Globo.


Douglas comentou:

Concordo Daniel, acho o "Vai que Cola" muito sem graça. Ainda não assisti "Adorável Psicose", aliás pra mim a melhor produção brasileira da TV a cabo não está no multishow e sim na HBO com o seriado "O Negócio". Adorei essa coluna, fugindo um pouco da chatisse da tv aberta com suas novelas clichês. Abç.

Pedro Becker comentou:

O que seria de nós, sem a TV fechada? Globo, eca...

VICTOR comentou:

A DIFERENCA DO SUCESSO DO VAI Q COLA É A PLATEIA... O POVO GOSTA DISSO


Publicidade

Veja também

Publicidade