O Planeta TV

Ema e Jorge: amizade colorida de Orgulho e Paixão

As emoções do primeiro capítulo da novela das seis.

por Redação, em 13/03/2018

Foto: Divulgação/TV Globo

A anfitriã do grande baile, Ema Cavalcante (Agatha Moreira), pode ser uma casamenteira de mão cheia, mas ao ficar tão entretida com tal ofício, acaba se fechando para o amor. Elisabeta (Nathalia Dill) confronta a amiga, que sempre desconversa quando se trata de assuntos do coração. A dondoca fica chateada com a insistência de Elisabeta, em saber o motivo pelo qual Ema não arranja um pretendente para ela mesma, e se defende: “Desde que minha mãe morreu e eu acabei meus estudos, minha tarefa é cuidar do meu pai e do meu avô. Não tem espaço para outro homem na minha casa. Além do que, não posso me casar com qualquer um, sou neta de um Barão e aqui, no Vale do Café, não tem ninguém qualificado!”. 

Mexida com os questionamentos da mais velha das irmãs Benedito, Ema corre para os braços de seu amigo Jorge (Murilo Rosa), e se queixa. “Ela disse que eu sou uma farsa!”, diz Ema, exaltada. Jorge é um homem maduro e experiente advogado, que o torna a pessoa ideal para ser o confidente e conselheiro dessa jovem mulher tão cheia de vida e inseguranças. “Acredito que Elisabeta pensou que você não tem capacidade de amar, quando a verdade é que talvez nenhum homem tenha qualidades suficientes para interessar uma mulher como você, minha doce Ema!”, diz Jorge, expressando seus sentimentos nas entrelinhas. 

Foto: Divulgação/TV Globo

Ema fica tímida com os elogios do advogado, que vê uma chance de demonstrar sua admiração e, quem sabe, fazer com que a amiga o enxergue como um possível pretendente: “Fique tranquila, Ema. O dia do homem perfeito se apresentar a você vai chegar quando você menos esperar”. A neta do Barão de Ouro Verde agradece os elogios e segue entretida com seus preparativos para o baile, ignorando a existência do seu par perfeito, que está bem diante dos seus olhos. 

Essas cenas são do primeiro capítulo de Orgulho e Paixão, que tem estreia prevista para o dia 20 de março. De Marcos Bernstein, escrita por Marcos Bernstein e Victor Atherino, a novela tem direção artística de Fred Mayrink. 



Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também