O Planeta TV

Audiência: Tom Cavalcante está rindo à toa

por jeferson, em 11/11/2007

Tom Cavalcante acertou ao pegar carona no fenômeno do cinema nacional. Sátira de ‘Tropa de Elite’, o quadro ‘B.O.F.E de Elite’ estreou domingo passado no ‘Show do Tom’, deixando o humorístico da Record em primeiro lugar durante sua exibição, com média de 19 pontos, enquanto a Globo marcava 18 com o ‘Domingão do Faustão’. Ao lado de Tom, no papel do ‘aspira 011’, o fortão Alexandre Frota encarnava Capitão Monumento. O público ria em casa e o humorista comemorava. “Qualquer ser humano tem em si a vaidade de estar à frente nas suas realizações. Mas com o tempo de TV que tenho, vejo com naturalidade esse sobe-e-desce de audiências”, garante Tom.

No ar também nas noites de sábado, com melhores momentos de seus três anos de Record, Tom entrou na guerra de domingo em agosto. Já estreou em segundo lugar, deixando Gugu Liberato comendo poeira no SBT — ele marcou 8 pontos contra ‘B.O.F.E de Elite’. “A gente sempre soube que daria retorno, independentemente do tempo que levaria. Entramos para brigar de frente. Demos 15 pontos com João Canabrava, empatando com o futebol da Globo. E ficamos em primeiro lugar com a Tomciane Pinheiro (Tom) e Tiririca Bacchi (Tiririca), que parodiavam o ‘Simple Life’, comprando presente para Ana Hickmann. Mas sem clima de ‘já ganhou’. Quem pensa assim, amanhã cai”, diz o diretor do programa, Bruno Gomes.

Segundo ele, a vantagem da concorrência é estar ao vivo e poder tirar do ar atrações que não conquistam a audiência. “A gente tem que apostar ao botar no ar um quadro gravado de 30 minutos. Trabalhamos de segunda a sexta-feira, gravando e pautando o programa. Sempre temos duas ou três opções diferentes para exibir. Decidimos o que entra no sábado e às vezes no próprio domingo”, entrega Bruno.

O dono da atração diz que o ideal é sempre ter novidade para mostrar. “Isso está na minha natureza de radialista. Foi dessa escola que saí. Aprendi a construir situações que, se não chegarem a ser inovadoras, ao menos vêm trabalhadas com uma ótica de humor e atualidade”, detalha.

A segunda parte do ‘B.O.F.E de Elite’ entra no ar hoje. Dessa vez, o capitão Monumento expulsará dois integrantes do grupo. Mas a criação da atração não pára. “Pela repercussão que o filme teve a gente sabia que o quadro iria ser forte. Só não adianta sentar no sucesso”, avisa o diretor.

Tom jura que a maior pressão para manter a audiência ascendente vem dele mesmo. “Mas eu me cobro até onde não confunda trabalho com estresse, com distanciamento da minha vida familiar, do meu lazer, esporte e amigos. O importante é ter a consciência de que trabalhei forte. Se o resultado positivo vier de pronto, legal”, fala. Simples assim.

Fonte: O Dia



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade