O Planeta TV

Aguinaldo Silva explora realidade para aquecer trama de "Duas Caras"

por jeferson, em 12/10/2007

Aguinaldo Silva explora realidade para aquecer trama de "Duas Caras"

A leitura diária de três jornais, mesclada à formação de repórter investigativo, promete ser a arma do autor Aguinaldo Silva para alavancar a audiência de ‘Duas Caras’, que ainda não decolou no Ibope. A novela das oito vai ser cada vez mais recheada com fatos relacionados à vida real. “É dos jornais que tiro a matéria-prima para a ficção”, confessa ele.

Nos próximos capítulos, moradores dos condomínios de luxo da Barra da Tijuca vão ter suas histórias retratadas: “Os seqüestros-relâmpago que ocorrem nos condomínios também vão acontecer em ‘Duas Caras’. A vítima será ninguém menos que Branca, papel de Susana Vieira. É claro que, na novela, o seqüestro dela mobiliza vários personagens, e é Juvenal Antena (Antonio Fagundes) quem acaba por salvá-la...”, antecipa Aguinaldo.


E os exemplos não param por aí. No capítulo de hoje, João Pedro (Herson Capri) é atingido por bala perdida dentro de um circo, ao lado da amante, Célia Mara (Renata Sorrah). Fora da ficção, o caso ocorreu em 1996. Acompanhado ‘da outra’, o tesoureiro Niziomar do Espírito Santo, 48 anos, foi baleado durante apresentação de circo na Praça Onze. Antes de fugir, a moça foi fotografada ao lado do amante e o caso, revelado.

Apesar de as histórias aproximarem o telespectador, as primeiras semanas de ‘Duas Caras’, assim como ‘Paraíso Tropical’, não têm alcançado boa audiência. A trama estreou com 40 pontos de média e terça-feira registrou 38, números bem abaixo dos 50 pontos esperados para novela das oito.

Diretor de TV, Nelson Hoineff justifica, em artigo no site Observatório da Imprensa, que a queda de ibope se dá na televisão de modo geral. Para ele, ‘a era da massificação acabou’. “As pessoas estão desligando seus aparelhos de televisão e ligando seus computadores. Cerca de 36% dos televisores brasileiros estão desligados em pleno horário nobre. Isso nunca havia acontecido”, afirma ele, baseando-se ainda em mais dados.

“A novela das 20h está fazendo 35 pontos, o que não acontecia há dez anos. Mas não está sozinha. O ‘Fantástico’ estacionou em pouco mais de 20. Nos bons tempos chegava a 65. O ‘Casseta & Planeta’ não passa dos 25. O ‘Jornal Nacional’ está amargando a casa dos 30”, compara.

Apesar dos índices, Aguinaldo — que tem no currículo sucessos como ‘Senhora do Destino’, ‘Tieta’ e ‘Vale Tudo’ — diz que esta é a melhor novela que já escreveu. “Tem as melhores tramas, a maior galeria de personagens e o melhor texto. Estou, como diria um morador da Favela da Portelinha, ‘mais feliz que pinto no lixo’”, exagera ele.

Fonte: O Dia



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade