O Planeta TV

Carcereiros: O (des)conforto do lar

Saiba mais sobre a próxima série da Globo.

por Redação, em 30/03/2018

Foto: Divulgação/TV Globo

Ao longo dos anos, as paredes cinzas, as grades de ferro e a rigidez do sistema em que Adriano (Rodrigo Lombardi) vive se refletiram também em suas expressões, em seus gestos e em seu perfil. Os ombros largos acusam o peso das responsabilidades que procura sustentar, os olhos já não têm brilho e, no peito, bate um coração cheio de angústia. Principalmente quando ele deixa a tensão da Vila Rosário para trás e volta para casa, tentando esquecer tudo o que vê, ouve e sente.

Em uma casa antiga e sem luxo onde vive, Janaína (Mariana Nunes) espera o marido de braços abertos, com a esperança de manter esse casamento em pé. Dedicada à carreira de professora e também à vida pessoal, ela acredita que um novo passo pode trazer a alegria e ânimo de volta para a família, fazendo Adriano ser aquele homem que ela conheceu. Ter um filho é tudo o que ela mais quer, enquanto o agente penitenciário não consegue se animar com a ideia e não faz qualquer esforço para mudar esse cenário. 

Essa atitude pode até soar como egoísmo, uma vez que ele já tem uma filha de seu primeiro casamento. Lívia (Giovanna Ríspoli) é uma menina doce que vem enfrentando suas próprias questões e descobertas no início da adolescência e que tem um grande objetivo: encontrar a mãe, que desapareceu quando ela ainda era um bebê, algo que deixou uma marca muito forte em sua vida. Por vezes, as conversas com o pai partem para um clima de animosidade que só mesmo um refúgio na casa do avô é capaz de resolver.

Foto: Divulgação/TV Globo

O pai de Adriano, Tibério (Othon Bastos), sabe bem o que passa o filho. Ele mesmo teve décadas de trabalho no sistema carcerário, um caminho que não dá muitas escolhas. Antes um homem austero, Tibério vive, hoje, uma realidade distante daquela que ele tinha até muito pouco tempo. A viuvez e a chegada da senilidade transformaram esse homem em uma pessoa que pode oferecer riscos à sua própria integridade quando sai de casa sem saber o caminho de volta ou quando deixa uma panela no fogo. Uma preocupação a mais para o já tão esgotado Adriano. 

Além de Rodrigo Lombardi, Othon Bastos, Mariana Nunes, Giovanna Ríspoli, Aílton Graça e Tony Tornado, a série conta com Lourinelson Vladmir, Jean Amorim e Nani de Oliveira e tem participações especiais de Chico Diaz, Matheus Nachtergaele, Projota, Letícia Sabatella, Carol Castro, Caco Ciocler, Gabriel Leone, Samantha Schmutz, entre outros.

Série vencedora do Grande Prêmio do Júri do Mip Drama, em Cannes, no ano passado, ‘Carcereiros’ é assinada por Fernando Bonassi, Marçal Aquino e Denisson Ramalho, escrita com Marcelo Starobinas e livremente inspirada na obra de Drauzio Varela. A obra é uma coprodução da Globo com a Gullane Filmes e a Spray Filmes, tem direção-geral de José Eduardo Belmonte e direção de episódios de Belmonte e Fernando Grostein. Com estreia prevista para o final de abril, ‘Carcereiros’ ganha três episódios inéditos para a versão da TV, além dos doze já disponíveis no Globo Play. 



Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também