O Planeta TV

Autor de Totalmente Demais prepara série sobre Lili Carabina

Criminosa já virou filme, roteirizado por Aguinaldo Silva.

por Redação, em 13/03/2017

Paulo Halm e Rosane Svartman. Foto: Globo

A Canhota Filmes, produtora de Paulo Halm e Liara Castro, comprou os direitos dos diários de Lili Carabina, criminosa brasileira que ficou famosa na década de 1970. Segundo Patrícia Kogut, o autor de Totalmente Demais e sua parceira desenvolvem uma série de dez episódios sobre ela para exibição em algum canal da TV paga.

Betty Faria fez sucesso interpretando Lili em filme de 1989. Aguinaldo Silva foi responsável pelo roteiro, baseado nas duas biografias que ele próprio escreveu da criminosa: Lili Carabina - Retrato de uma obsessão e A História de Lili Carabina.

Djanira Ramos Suzano, que usava uma pistola 9mm e não uma carabina, cometeu inúmeros assaltos a bancos até o final da década de 1980, quando foi presa. Ela usava peruca loira, óculos escuros e roupas justas para seduzir os seguranças, enquanto seus comparsas efetuavam os roubos. Foi condenada e fugiu da prisão seis vezes. Numa das fugas, foi baleada na cabeça e ficou com parte do corpo paralisado. Lili deveria ficar presa até 2019, mas, em razão de uma diabete aguda, foi autorizada a cumprir a pena em liberdade a partir de 1999. No ano seguinte, morreu de infarto, aos 56 anos. Lili teve três filhos.



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade