O Planeta TV

As famílias rivais: Ramirez e Matheus

Saiba mais sobre a história central de A Dona do Pedaço.

por Redação, em 18/04/2019

Foto: João Miguel Júnior/TV Globo

Em uma fictícia cidade do interior do Espírito Santo, chamada Rio Vermelho, ainda na década de 1990, duas famílias de justiceiros disputam o comando dos negócios na região: os Ramirez e os Matheus. Em nome da hegemonia local, os dois núcleos familiares criam as novas gerações para assumirem o trabalho dos mais velhos. Em meio a esse conflito, nasce uma história de amor com elementos de um dos maiores clássicos da literatura mundial: Romeu e Julieta, de William Shakespeare. 

Dulce (Fernanda Montenegro) é a matriarca dos Ramirez. Viúva e responsável pelo clã, vive na mesma casa com seus filhos, noras, sobrinhos, netas e bisnetas. Seu filho Ademir (Genézio de Barros) é casado com Evelina (Nivea Maria) e tem duas filhas: Maria da Paz (Mirella Sabarense/ Juliana Paes) e Zenaide (Manu Fernandes/ Maeve Jinkings). Já Adão (César Ferrario), sobrinho de Ademir, é pai de Hélcio (Dionísio Neto) e casado com Berenice (Maria Sílvia Radonille). Juntos, os dois são os pais de Junior (Bernardo Amil/ Guilherme Leicam) – o filho adotivo do casal – e ajudam a criar o agregado da família, Ricardo/ Chiclete (Luiz Felipe Mello/ Sergio Guizé). Também na casa, vivem as filhas de Zenaide e Hélcio, Fabiana (Maria Clara Baldon/ Nathalia Dill) e Virgínia (Duda Batista/ Paolla Oliveira). Dulce é respeitada por todos e dá sempre a última palavra, a que normalmente prevalece frente a todos os parentes. 

Já a família Matheus cresce em torno de Nilda (Jussara Freire), uma mulher dura, forte e capaz de tudo para proteger os seus. Mas, apesar de ser a matriarca, quem dita as ordens na casa é Miroel (Luiz Carlos Vasconcelos), seu marido. Na fazenda, o casal vive com os filhos Ticiana (Áurea Maranhão), Vicente (Álamo Facó) e Amadeu (Marcos Palmeira), além do neto Rael (Luiz Eduardo Toledo/ Rafael Queiroz), filho de Ticiana.

Foto: Divulgação/TV Globo

Ninguém consegue determinar o dia exato em que tudo começou, mas fato é que a rivalidade cultivada há anos foi potencializada a cada geração. Esse sentimento só não é compartilhado por Maria da Paz e Amadeu, respectivos herdeiros, que nunca viram no “ofício” das famílias uma opção de vida. 

Ela, desde muito pequena, cozinha ao lado da avó, que percebe o dom da neta para fazer bolos e a incentiva com afeto, dedicando todo o seu amor. Maria cresce apaixonada pelos doces e capricha nos sabores, despertando as melhores sensações em quem os degusta. Já Amadeu tem a oportunidade de passar um tempo em Vitória, onde se forma em Direito. Com o aprendizado na cidade grande, acredita que pode convencer os familiares a tentarem levar uma vida diferente. Para ele, a violência não pode ser o único caminho, muito menos o sustento de todos. E é através do encontro inesperado entre Maria da Paz e Amadeu que um possível pacto entre as duas famílias pode acontecer. 

Foto: Divulgação/TV Globo

A próxima novela das nove, ‘A Dona do Pedaço’, é escrita por Walcyr Carrasco, com Nelson Nadotti, Márcio Haiduck e Vinicius Vianna, direção artística de Amora Mautner, direção geral de Luciano Sabino e direção de André Barros, Bernardo Sá, Bruno Martins Moraes, Caetano Caruso e Vicente Kubrusly. 



Publicidade

Comentários (6) Postar Comentário

Igor Soares comentou:

Pela sinopse, dá pra perceber que, apesar dos cliches e das tramas "inspiradas" em outras novelas, livros e séries, a novela tem boas histórias, núcleos bem entrelaçados, dramas fortes e temas chamativos. Mas o Walcyr também tinha tudo isso em O Outro Lado do Paraíso e a novela foi uma sucessão de erros gigantescos e até hoje não consigo entender o porquê de uma audiência tão alta. Se ele seguir por esse caminho em A Dona do Pedaço, só vai ficar provado que Verdades Secretas foi inteiramente escrita pelos colaboradores, pq não é possível que uma novela tão boa daquelas tenha sido escrita pela mente infantil e limitada do Walcyr Carrasco. Enfim, espero que nessa nova incursão do autor no horário nobre ele tenha mais sorte escrevendo o texto, desenvolvendo personagens e temas e contrarie a minha opinião (tô torcendo pra isso, pois desde AFDQ não sei o que é assistir uma novela inteira).

paulo comentou:

Novelão vindo aí.

dinho comentou:

Sucesso do ar!

dinho comentou:

Sucesso no ar!

ALTAMIRO RÔLERRETÉ comentou:

Esta novela terá mais de 60 atores fixos. Se contar os que farão apenas a primeira fase, dá mais de 70. É gente que não acaba mais. Muitos personagens, pouca história.

Ryan comentou:

Está se encaminhando para dar certo finalmente a globo sendo globo com "lacres da terra" "verão sucesso" e agora "a dona das nove" é uma grande chance de sucesso já vejo os 40 pontos o walcir sabe que quando uma novela está ruim ele cria uma grande reviravolta prova disso "o outro lado do paraiso" creio que "a dona do pedaço será mais legal que "o outro lado do paraiso"que teve seus problemas qualquer coisa que vir será muito melhor que o flop do "sétimo guardião"

Veja também

Publicidade