O Planeta TV

Participação de Dudu Camargo não altera audiência do Pânico na Band

Apresentador do SBT se submeteu a brincadeiras, como strip-tease.

por Redação, em 26/06/2017
Publicidade

Liberado pelo SBT, Dudu Camargo participou do Pânico na Band neste domingo (25/06). O jovem, apresentador do Primeiro Impacto (SBT), se submeteu a algumas brincadeiras, como strip-tease, e foi a uma festa vestido de Robin, onde tirou a camisa. Ainda foi convidado para apresentar um jornal fictício ao lado de uma moça do tempo nua.

Foto: Reprodução/Band

As imagens dividiram opiniões nas redes sociais. Enquanto muitos se divertiam, outros lamentavam. O jornalista Léo Dias lamentou as cenas: "Meu Deus do céu! O que o 'Pânico' está fazendo com a imagem do Dudu? Como uma pessoa aceita se submeter a isso? Estou em choque", escreveu no Twitter.

Com 19 anos, e com o ensino médio finalizado, Dudu foi promovido a âncora de telejornal. A pedido de Silvio Santos, desde outubro de 2016 ele apresenta o Primeiro Impacto (SBT), assumindo a posição no lugar de profissionais experientes, com diploma.

Apesar da grande repercussão (positiva ou não), a participação de Dudu Camargo não refletiu na audiência do Pânico. O humorístico da Band manteve a média de 5 pontos, segundo dados preliminares do Ibope na Grande São Paulo. Cada ponto equivale a 70,5 mil domicílios sintonizados. 


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (1) Postar Comentário

Original comentou:

O Pânico sendo Pânico e o povo incomodando kkkk Dudu apresentou muito bem o programa. Sobre as bizarrices, muita coisa desnecessária, mas a essência do Pânico é essa. Incrível como o público que antes idolatrava o Pânico hoje em dia joga pedras. O Programa faz as mesmas tollagens desde sempre, mas o público chato do politicamente correto não gosto, pura hipocrisia!


Sérgio Duarte respondeu:

Sou do time "old school", que curtia o "Pânico" na Rede TV, que lançava modas como as Sandálias da Humildade, a Dança do Siri, a Dança do Samurai e personagens como o Zina. Honestamente, o "Pânico" só desceu ladeira abaixo depois que foi pra Band; perdeu sua essência, perdeu peças importantes no elenco, tentou se reinventar mas, nesse caso, está igual a cocô: quanto mais mexe, mais fede.



Publicidade

Veja também

Publicidade