O Planeta TV

"Gênesis" perde público a casa semana e deixa de ameaçar o império da Globo

A trama bíblica da Record TV perdeu o fôlego.

por Redação, em 07/03/2021

Foto: Divulgação/Record TV

A novela "Gênesis", escrita por Camilo Pellegrini, Raphaela Castro e Stephanie Ribeiro, estreou com altos índices de audiência: 16 pontos, segundo dados apurados na Grande São Paulo. Porém, desde a semana da estreia, o folhetim perde público e já não ameaça a liderança da Globo que conseguiu ampliar a diferença com a exibição do "Jornal Nacional".

Nas duas últimas semanas, "Gênesis" marcou 12 pontos de média. Uma queda de três pontos em um mês. 

A direção artística da Record TV, apesar da queda, comemora os índices de "Gênesis" porque a obra obtém o segundo lugar isolado e com o dobro da reprise de "Chiquititas", do SBT.

Segundo Flávio Ricco, do R7, "Gênesis" pode passar dos 200 capítulos. A previsão inicial era de 150.


Publicidade

Comentários (7) Postar Comentário

Rosangela Dos Santos Ferreira comentou:

Novela chata é cansativa.

FABIO SALOMAO DE OLIVEIRA comentou:

Quando Genesis ameaçou a liderança da Globo?

Christian comentou:

Essa fanfic fica pior a cada episódio

Vicente comentou:

Esse é o público de "Gênesis". Os picos que a novela dá vez ou outra quando tem algum acontecimento especial é um público flutuante que todo programa tem, seja em que emissora for.

Janaí James Martins comentou:

Todas novelas bíblicas são maravilhosas a Globo na minha e creio de muitas pessoas é exemplo para os tempos em que vivemos hoje, precisamos de amor solidariedade e muuuuuuuuita FÉ ???????? é o que deixa GLOBO a desejar!

Neto (@eunetinho) comentou:

Óbvio, se você medir a audiência só em São Paulo, a Record nunca ameaçou.... Seja mais honesto e coloque a audiência de todos os estados!

Renata comentou:

A novela começou muito bem,mas não vejo mais nada da Bíblia. Está cansativa, praticamente não acaba essa história de Ur. Nada contra os personagens, somente que virou uma novela comum. Penso que deveriam rever seu enredo e priorizar o texto bíblico.

Publicidade

Veja também

Publicidade