O Planeta TV

Na tela da tevê. De novo!

Por: Nelson Gonçalves Junior E-mail para contato: [email protected]

Na tela da tevê. De novo!

E acabou mais um Carnaval. Pra quem acompanhou as transmissões da festa pela televisão, a sensação foi de repetição. Nada novo. Tudo exatamente como sempre foi, só que mais chato.

Pra começar, a RedeTV optou, mais uma vez, por apostar nos restos da concorrência. Se orgulhou em fazer a melhor transmissão dos bastidores da folia. Pudera, era a única emissora que se propôs a isto! De exclusivo, apenas a transmissão do Gala Gay, que também já está bem ultrapassado e repetitivo. A única lembrança do Carnaval na RedeTV será a do membro de uma escola de samba de São Paulo dando um soco num cinegrafista da casa.

Já a Band ainda não aprendeu o quanto é insuportavelmente insuportável assistir trios elétricos na televisão. Pior: a qualidade técnica da transmissão não é das melhores, o áudio deixa bastante a desejar e se não fosse o beijo de Ivete Sangalo no apresentador Guilherme Arruda, nada se destacaria.

Na Globo, os desfiles das escolas de samba foram maravilhosos. São Paulo em constante evolução e o Rio de Janeiro sendo o show inigualável de sempre. Agora o que foram os comentários sonolentos e absurdamente clichês de Chico Pinheiro, Renata Ceribelli e companhia? Ou os comentários altamente especializados (não sei no que) de Cleber Machado e sua trupe? Ou ainda as brilhantes perguntas dos repórteres nos bastidores, cada vez mais vazias e redundantes?

Resumindo, quem viu o desfile de São Paulo ficou com sono e tédio. Quem viu o do Rio de Janeiro, ficou com raiva e torcendo desesperadamente para o silêncio dos apresentadores. Por fim, apenas a certeza de que a Globo precisa melhorar para o próximo ano.

Já as coberturas do SBT e da Record foram discretas. A emissora de Silvio Santos limitou-se a pequenas notas nos telejornais. O que já é tradição do canal. E na Record, pareceu-me que o Carnaval foi uma festa realizada na...Califórnia. O tratamento foi tão gelado e distante, que ficou nítida a intenção de não se valorizar o evento profano.

Em outras palavras, quem passou o feriado na frente da telinha teve uma certeza: Carnaval foi feito para se curtir nas ruas, sambódromos, bailes e afins, porque na televisão...

Bom reforço
A talentosa e polivalente Rosana Hermann, que estava na equipe do Pânico na TV, é a nova companheira de Leão Lobo à frente da Atualíssima, da Band. Quem sabe ela não ajuda a melhorar o nível dos programas “femininos” vespertinos...





Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também