O Planeta TV

“Não sou uma atriz dentro dos padrões de televisão”, diz Grace Gianoukas

Atriz comenta sucesso em Haja Coração, elogia parceiros de cena e revela que foi aprovada em teste.

por Sergio Gustavo, em 29/06/2016

Foto: Divulgação/Globo

Haja Coração mal estreou e Grace Gianoukas já era um dos maiores destaques da novela de Daniel Ortiz. "Não esperava que gostassem tanto da Teodora, ainda mais porque não sou uma atriz dentro dos padrões de televisão. Então isso também dá uma novidade. Ela é uma vilã simpaticona, sem noção. Ela governa, é uma ditadora, só ouve a filha. Para mim, ela foi mimada do mesmo jeito pelo pai, que arranjou um bonitão para casar com ela", disse a atriz, em entrevista à jornalista Giselle de Almeida.

Depois de ter a morte de sua personagem adiada em cerca de 20 capítulos, Grace foi avisada que o autor havia decidido trazê-la de volta mais adiante. "Em Sassaricando (1987), a personagem morria no capítulo 9. Mas foram chegando os capítulos e eu estava fazendo o que me mandam, sou contratada. Fiquei até jururu, não queria ler o capítulo da minha morte, porque nunca mais poderia fazer essa personagem. Sabe quando você lê um livro maravilhoso e, no fim, vai lendo só uma pagininha? Quando acaba dá aquela saudade... Aí tive essa notícia maravilhosa desse bombardeio nas redes sociais. Fiquei muito feliz, realmente não esperava. Mas ela tem que sumir para a trama andar. O Aparício tem que se envolver com a Rebeca (Malu Mader). Eu venho atazanar, sou a mosca que vai ficar voando por ali", revelou a atriz.

A atriz em cena de Haja Coração. Foto: Globo

Com uma carreira de 32 anos e algumas participações na televisão, Grace sempre se dedicou ao teatro, acumulando as funções de atriz, produtora, roteirista e diretora. "Quis estar mais disponível para coisas interessantes que pudessem surgir e surgiu o convite para fazer um teste (para a novela). Veio a calhar. É um novo momento na minha carreira de atriz. Estou me sentindo num spa, porque eu só tenho que ir lá e colaborar. Não tenho que me preocupar com o catering, a luz, a trilha sonora, o texto do outro ator. A Teodora é a ponta de um iceberg. Sobrou para mim dar vida à personagem porque ela vem sendo pensada há muito tempo”, disse a atriz, que aproveitou para elogiar seus principais parceiros de cena, Alexandre Borges, Tatá Werneck, Claudia Jimenez, Marcelo Médici e Duda Mamberti: "São seis estilos de comédia bem diferentes que, juntos, dão um prato ótimo. Aquela família é um hospício, o público ama! O Alexandre eu conhecia de vista. Quando começamos as preparações, encontrei um cara superdisponível, a fim de jogar. É surpreendente porque ele tem uma carreira de muitos anos na televisão, muita gente não quer. A Tatá é uma atriz de raciocínio muito rápido, tem um olhar muito original, eu me identifico com a viagem da criadora. Temos tido oportunidade de inventar coisas muito legais".

Grace destacou ainda o figurino de Teodora, inspirado em estrelas como Hebe Camargo e personagens de sucesso como a Porcina, de Regina Duarte. “O visual fica engraçado em mim porque sou pequenininha. E essa coisa de ela ser muito chique me ajuda a me conter. No teatro, eu me mexo muito. Sou pessoa agitada, para a câmera tento ser pouquinho mais chique”, brincou a atriz.

A cena em que Teodora some em uma explosão de helicóptero vai ao ar no capítulo do próximo dia 11. 



Publicidade

Comentários (3) Postar Comentário

ricardo comentou:

ela fez escolinha do professor raimundo turma de 94

FABINHO comentou:

Eu vi ela, através do VÍDEO SHOW, na ESCOLINHA e pouts quando nova ela era gostosona, haha.

Televisivo comentou:

Ela está ótima na pele da Teodora, é diversão garantida. "Cala a bocaaa Varella".

Veja também

Publicidade