O Planeta TV

Ministério Público do Estado de SP investigará José Luiz Datena

O jornalista, que apresenta o Brasil Urgente, foi acusado de assédio por uma colega de trabalho.

por Redação, em 22/01/2019

Datena. Foto: Reprodução/Band

Após ficar um dia afastado da apresentação do Brasil Urgente, na sexta-feira, dia 18/01, José Luiz Datena reassumiu a apresentação do programa. Ontem (21/01), na abertura do telejornal, o profissional desabafou sobre as acusações da jornalista Bruna Drews, que o acusa de assédio sexual. Confira à íntegra das palavras dele:

"Claro que eu tô triste, é evidente, eu sou um ser humano. E um ser humano quando enfrenta qualquer acusação mentirosa, embutida de calúnia e com o sentido de ferir, que vem principalmente de quem você não espera, é claro que você fica chateado. É claro que você fica chateado. Claro. Você está trabalhando. Minha avó dizia que quando você está montado em cima da verdade, você enfrenta quem quiser. Eu acredito na Justiça de Deus e dos homens. Não tenha dúvida disso.

Evidente que eu fico chateado quando não só eu mas também a minha família é atacada, principalmente as mulheres da minha família. Eu sou casado há 41 anos, tenho filha, netas, noras, [que] são atacadas de uma maneira baixa na rede social, é claro que isso dói meu coração, principalmente porque são palavras mentirosas.

Mas eu repito: a verdade vai aparecer. Não vou falar muito sobre isso, porque quem vai decidir isso primeiro é Deus, depois é a Justiça dos homens. Não tenha dúvida absolutamente nenhuma sobre isso.

Quanto ao meu trabalho, faz 17, 18 anos que só nesse tipo de programa eu venho defendendo as mulheres brasileiras contra todo tipo de crime. Assédio sexual, abuso sexual, feminicídio, e vou continuar fazendo isso. Eu defendo todas as mulheres. Agora, se uma pessoa, independentemente de ser mulher ou não, me acusa de uma maneira vil, é claro que eu vou ter que responder, pedir que a Justiça faça justiça. Mostre a pura verdade.

Porque eu vou continuar trabalhando, fazendo meu trabalho, que sempre fiz. Isso vai me abater é claro, abate qualquer ser humano. Mas não vai me abalar a ponto de quebrar minhas pernas.

Eu já enfrentei muita gente perigosa, enfrento até hoje, já enfrentei muita calúnia, já enfrentei muita mentira, já enfrentei gente que achava que ia me destruir porque eu falo a verdade. Não é dessa vez que eu vou dobrar os meus joelhos, de forma alguma. Espero só que a Justiça mostre o que é verdadeiro."

Datena. Foto: Reprodução/Band

Para o público, Datena contou a sua versão. Mas, segundo informações do jornalista Daniel Castro, do UOL, ele será ouvido pelo Ministério Público do Estado de São Paulo. Após o inquérito, caberá a um promotor decidir se denuncia ou não Datena, com base nos fatos apurados. Uma eventual decisão de arquivamento da denúncia terá de ser homologada por um juiz.

A direção da Band tentou afastar Datena até que as investigações fossem concluídas. Porém, ele, numa reunião com a direção da emissora, recusou ficar fora do ar. 



Publicidade

Comentários (1) Postar Comentário

Marcio comentou:

Agora é santinho nao adianta chorar a reporte nao ia envenenar isto élê está com medo de perder público

Veja também

Publicidade