O Planeta TV

Ingrid Guimarães revela como é viver do riso no Brasil

"Viver do Riso" vai ao ar entre os dias 1 e 5 de abril, na Globo.

por Redação, em 28/03/2019

Foto: Globo/Ellen Soares

Para criar um registro histórico e traçar um panorama do humor no Brasil, a atriz Ingrid Guimarães idealizou a série documental ‘Viver do Riso’. Sucesso no canal Viva, ela ganha uma nova versão na Globo, que vai ao ar a partir de segunda-feira, dia 1. Reeditado e com novas imagens de arquivo, o programa mostra a participação das mulheres no gênero, discute os limites do humor, lembra as duplas mais marcantes e homenageia o mestre Chico Anysio, que tem um dos cinco episódios totalmente dedicado a ele. A série tem supervisão artística de Marcius Melhem e Daniela Ocampo e direção de Tatiana Issa, Guto Barra e Raphael Alvarez. 

“Eu tenho 25 anos de carreira e, sem dúvida, ‘Viver do Riso’ é um dos meus projetos mais importantes. Fiquei dedicada a ele durante um ano inteiro, entrevistei 90 pessoas, foi uma experiência pessoal transformadora. Quero que seja um registro histórico e, daqui a 50 anos, mesmo que eu não esteja mais aqui, meus netos vejam como o humor foi importante para esse país”, diz Ingrid.

A inserção de imagens de arquivo ajuda a tornar o material ainda mais rico. “Essa é uma mudança incrível na nova versão do projeto, que faz muita diferença”, adianta Ingrid. “O acesso ao acervo foi muito impactante, deu um colorido e ajudou a enriquecer o conteúdo. Estamos acostumados a ouvir e usar as referências que temos na cabeça. É muito diferente ouvir e, na sequência, poder ver o esquete”, explica Daniela Ocampo. 

Foto: Globo/Ellen Soares

O episódio de estreia presta uma homenagem ao ícone Chico Anysio. “Temos uma entrevista comprida, rica e super pessoal da Ingrid com o Bruno Mazzeo, na qual ele conta detalhes de como o pai era em casa. Para quem está assistindo, a sensação é de estar na casa do Bruno, ouvindo ele contar histórias da família”, conta Daniela Ocampo. Na terça-feira, dia 2, as duplas de humor são o destaque. “As duplas são um clássico da comédia. A maior dupla da nossa história foi formada por Oscarito e Grande Otelo, mas tivemos muitas outras. Fazendo as entrevistas desse episódio, me dei conta que eu e Heloisa Perissé formamos a primeira dupla feminina de comédia do Brasil. Ficamos 15 anos juntas e fizemos de tudo”, lembra Ingrid. 

As mulheres no humor são tema do terceiro episódio da série, o preferido da apresentadora. O quarto fala sobre os limites no humor. O último episódio mostra como envelhecer no humor e presta uma homenagem a Jô Soares. “Todos os meus entrevistados citam o Jô como o maior exemplo de um comediante que soube envelhecer na frente das câmeras. É muito bonito de ver”, conta Ingrid.

‘Viver do Riso’ vai ao ar entre os dias 1 e 5 de abril, depois do ‘Jornal da Globo’.



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade