O Planeta TV

TV Globo: Vem aí uma semana para se jogar nas estreias!

Maju à frente da bancada do JH, "Se Joga" e Éramos Seis são as novidades.

por Redação, em 28/09/2019

Na próxima segunda-feira, dia 30, a semana começa cheia de novidade. Seja para quem gosta de acompanhar o jornalismo, para quem estava com saudades de um programa de variedades no meio da tarde ou para quem curte novelas. Em novos postos, novos desafios e novas histórias, todos os dias serão dias de Maria Júlia Coutinho, Fernanda Gentil, Érico Brás e, Fabiana Karla, além de Glória Pires, Antonio Calloni, Susana Vieira e grande elenco.

Para Maju, o clima agora é de bons ventos na bancada do ‘Jornal Hoje’, onde estreia como apresentadora titular. Para que a jornalista traga, de maneira ainda mais ágil, as principais notícias do dia, o cenário passa por algumas mudanças. A bancada agora está menor e mais alta, servindo como apoio para a apresentadora, que comanda o jornal de pé, em um cenário que ganha detalhes mais alaranjados, que aquecem o ambiente. Há também um painel de controle para que a ela possa acione vídeos e artes que ilustram as notícias. “Mesmo antes de sonhar em ser jornalista eu já assistia ao ‘Jornal Hoje’. Tenho um carinho imenso pelo jornal, que marcou minha estreia na bancada, nos rodízio de plantonistas. Vi pessoas que admiro muito passarem por ele. É uma honra estar nesse jornal vibrante, que vai ao ar no meio do dia, quando tudo está acontecendo. É pura adrenalina. Estou muito animada com este novo desafio”, conta ela.

Na sequência, um novo trio se reúne num ponto de encontro com famosos e anônimos embarcando em um só convite: se jogar. Com jogos, humor e informação, com aquela energia de resenha boa entre amigos. Fernanda Gentil, Érico Brás e Fabiana Karla são anfitriões de ‘Se Joga’, com anônimos e famosos, numa mistura de diversão e aprendizado, com bate-papos e passatempos de não sentir a tarde passar. “Serão momentos para o público relaxar, se divertir, brincar com a gente e, de quebra, ainda aprender um pouco”, define Fernanda. “O programa tem uma característica bacana, típica do teatro, que é ser efêmero. Começa e termina todos os dias e, por mais que você tenha um roteiro, podemos começar e fazer diferente diariamente”, completa Érico. “Esse trio está muito gostoso. Em pouco tempo, já estamos nos divertindo muito. Acho que vai ser uma diversão para a galera que está em casa, ali no sofá, ou almoçando, querendo ver o que está acontecendo de uma forma mais descontraída”, avisa Fabiana. ‘Se Joga’ vai ao ar de segunda à sexta, ao vivo, após o ‘Jornal Hoje’, e tem direção artística de Daniela Gleiser e direção geral de Bianca Lopes

Os fãs de boa histórias podem ficar descansados, que a ‘Sessão da Tarde’ mantém o clima leve e divertido. A segunda traz a comédia brasileira “Tô Ryca”, com Marcelo Adnet, Marilia Pêra, Samantha Schumtz e Katiuscia Canoro no elenco e ainda os sucessos internacionais “A Sogra” com Jennifer Lopez; “Mulheres Malvadas” com Lindsay Lohan; e “Bater ou Correr” com Jackie Chan, além da emocionante e premiada história de “Os Intocáveis”.

Depois o Vale a Pena Ver de Novo pega fogo com a reta final de ‘Por Amor’. Em sua penúltima semana, vão ao ar cenas inesquecíveis como a da revelação de Branca (Susana Vieira) de que Marcelo (Fábio Assunção) é filho de Atílio (Antonio Fagundes).

Em ‘Malhação: Toda Forma de Amar’, vão ao ar a sequência gravada no ‘Rock in Rio’ que trará fortes emoções para Rita (Alanis Guillen). No meio do festival, ela não consegue se contar ao avistar Rui (Romulo Arantes Neto) e foge do local antes que seja vista pelo ex-namorado.

Fechando a tarde com um grande clássico, o horário das seis traz a estreia de ‘Éramos Seis’, com a história da família Lemos ao longo das décadas de 1920, 1930 e 1940, comandada por Lola (Gloria Pires). A trama mostra o afeto que se constrói entre familiares e amigos, os laços tecidos nos relacionamentos ao longo da vida, e a força e o propósito de manter unidas as pessoas que mais ama, mesmo com todas suas diferenças. Os desafios que a vida impõe e a rede de apoio que se forma ao redor da matriarca para superá-los são o fio condutor da novela. “Vamos falar sobre os laços que se estabelecem na vida e a importância da solidariedade num contexto que pode ser adverso. É sobre Lola, como ela faz para manter a união e a harmonia familiar. Sobre a força dessa mulher e de sua família, que vive com poucos recursos, mas cercada de amor”, diz Angela Chaves, autora da novela. ‘Éramos Seis’ é escrita por Angela Chaves, com direção artística de Carlos Araújo, baseada na novela original escrita por Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, livremente inspiradas no livro de Maria José Dupré.



Publicidade

Comentários (5) Postar Comentário

Macedonio comentou:

Gentem!!! Que perca de tempo da globolixo lançar essa programação! É só perca de dinheiro! Eles já estão falidos, jornalistas e artistas estão em de banda pra Record, que oferece maiores salários, sua programação é mais planejada com profissionais de ponta! Então todo mundo quer a Mega Record! Esses novos programas da globolixo será um fiasco histórico! Esse se joga vai dar menos audiência q a TV Aparecida! Estou com minha champagne francesa oferecida ao fracasso desta nova programação de lixo.


Bruno respondeu:

PerCa de tempo? kkk


Princesa Ariel comentou:

A globo não aprende né, podia escalar filmes de grande sucesso para as tarde, pelo menos para despertar o intersse do público. Colocam esses filmes que dá vontade de trocar de canal.

GUYDO comentou:

BOA SORTE!!

Ono comentou:

A Globo realmente escolheu se desconectar do público e se fechar em si mesma. Faz programas apenas para satisfação própria. Tirar a Sandra do JH foi uma estupidez. Colocar a cotista no lugar foi uma atitude mais burra ainda. Esse Se Joga com aqueles três antipáticos em um programa sem mote e sem razão de existir já é uma desgraça anunciada. Quem vai ver essa porcaria? A Sessão da Tarde também vai de mal a pior. Tanto filme interessante para ser exibido e a Globo opta por exibir essas comédias nacionais de péssimo gosto. Estou torcendo muito para a audiência corresponder à altura da qualidade da programação e despenque para a emissora aprender.


GUI respondeu:

cotista? QUE COMENTÁRIO RACISTA



Júlio respondeu:

Gui, o que o Ono quis dizer é que ela não foi promovida pela competência. Ela é uma péssima jornalista.



Petrus respondeu:

Também nunca mais assistirei ao JH. Saudades da Sandra e do Evaristo juntos. Podiam pelo menos ter colocado um jornalista melhor para apresentar.



Maria respondeu:

Realmente essa promoção da Maria Júlia Coutinho foi uma marmelada das grandes. Em nome do politicamente correto, a Globo deixa de escalar profissionais de verdade apenas para poder "lacrar". Os apresentadores do tal Se Joga são um bom exemplo disso também. Quando é que vão aprender que competência não tem nada a ver com orientação sexual, cor da pele, condição social, gênero ou o que quer que seja. Perfeito comentário, Ono.


Gu comentou:

Tudo muito atropelado! Muitos programas pra pouco espaço de tempo. Dá até claustrofobia.

Veja também

Publicidade