O Planeta TV

Turner e Esporte Interativo disputam Brasileirão com a Globosat

Clubes têm interesse em nova divisão nos lucros do campeonato.

por Sergio Gustavo, em 05/02/2016
Publicidade

A americana Turner, em parceria com o Esporte Interativo, está tentando fechar um acordo milionário com os principais clubes que compõem o Campeonato Brasileiro. O grupo disputa com a Globosat os direitos de exibição da competição a partir de 2019.

Segundo o R7, seis dirigentes de clubes mostraram interesse na proposta da Turner, mas somente o Santos se manifestou publicamente. O clube aceitou um acordo de seis anos. A Turner propõe aos clubes a seguinte divisão de lucros: 50% igualitariamente, 25% de acordo com a audiência e 25% de acordo com o desempenho esportivo.

A Globosat já fechou a renovação dos direitos para a TV fechada com oitos clubes do Brasileirão: Fluminense, Corinthians, Vasco, Cruzeiro, Botafogo, Vitória, Sport e Atlético-MG.

Na parceria com a Globo, Corinthians e Flamengo são favorecidos, já que representam as melhores audiências na medição do Ibope. Cada um, segundo o R7, fica com 13,5%, enquanto o São Paulo, por exemplo, fica com 8,7%, Palmeiras, 7,9%, Santos , 6,3%, e assim vai. Enquanto o Flamengo chega a lucrar R$ 170 milhões, o Cruzeiro ganha em torno de R$ 60 milhões, a título de comparação.

Enquanto a reportagem do R7 afirma que o Esporte Interativo pode realizar as transmissões, Flávio Ricco (UOL) acredita que o canal não está preparado para uma operação deste porte.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (1) Postar Comentário

Vicente comentou:

E como ficariam essas transmissões já que alguns times já renovaram com a Globosat? E quando um time que assinou com esta jogar com um time que assinasse com a Turner? Acredito que, devido a inviabilidade da questão, vai ficar tudo como antes. A Globosat vai levar.


Publicidade

Veja também

Publicidade