O Planeta TV

Tá no Ar: Cortejo festivo marca encerramento do programa

O último episódio irá ao ar nesta terça, dia 9.

por Redação, em 06/04/2019

Foto: Globo/Estevam Avellar

O ‘Tá no Ar: a TV na TV’ vai se juntar à eternidade no rol de programas de humor. Um festivo cortejo de despedida, no melhor estilo nonsense e desconstruído do humorístico, marca seu encerramento, no episódio da próxima terça-feira, dia 09. Contrariando o imaginário comum de um funeral, o luto passa longe e dá lugar a alegria e muita cor. Na gravação da cerimônia, que mobilizou os Estúdios Globo e contou com cobertura especial de Pedro Bial, elenco e equipe entoaram marchinhas de Carnaval e músicas das seis temporadas do programa em torno do caixão do ‘Tá no Ar’, celebrando o fechamento de um ciclo. 

Vinte estandartes com fotos dos personagens mais emblemáticos lembram a trajetória do programa e coroas de flores enviadas por outras atrações da Globo compõem o ritual, além de rosas, gérberas, margaridas e monsenhores coloridos. “Essa mobilização é muito legal. É uma festa livre e corajosa que atravessa os Estúdios da Globo para festejar o próprio fim”, destaca Marcius Melhem. “Esse funeral está sendo uma grande festa ao estilo mexicano. Eles sabem celebrar a morte. Estamos encerrando de um jeito bem anárquico e louco, que é o jeito que a gente gosta e é a cara do programa”, ressalta a redatora Daniela Ocampo.

No episódio, Pedro Bial acompanha todo o cortejo e entrevista nomes do elenco, como Marcius Melhem e Marcelo Adnet, que também são redatores finais. “Não é exagero falar sobre a importância do ‘Tá no Ar’. É um marco na história do humor da televisão brasileira. Marcou um ‘antes’ e um ‘depois’. Acho maravilhosa a ideia de haver um funeral do programa. É raro a gente ver essa coragem e dignidade. Evidentemente, quem sabe morrer vai renascer. O ‘Tá no Ar’, com esse nome como tal, acaba, mas para essa moçada que faz esse humor, é só um começo. Ainda vamos dar muita risada e, principalmente, pensar muito a partir do trabalho deles”, destaca Pedro Bial. 

Foto: Globo/Estevam Avellar

Recordista de participações no programa, com quatro aparições, Fátima Bernardes não poderia faltar nesse momento. “Eu amo o programa! Espero que permaneça vivo esse estilo provocador e irreverente. Participei de tanta coisa... A mais difícil, para mim, foi a do Kill Bill porque eu tinha um personagem, tinha que encenar, fazer caras, lutar. Foi muito divertido! Vou guardar a lembrança com enorme carinho”, declara.

Se, para os convidados o programa vai deixar saudades, para os atores, então... “O programa vai embora, mas estaremos juntos. Pra gente, algo muito importante é que essas amizades e relações se preservam. Essa é a melhor maneira de trabalhar", pontua Marcelo Adnet. “Tudo que a redação desse programa escreveu foi muito genial e não podia acabar de outra maneira. Temos que terminar com alegria e pra cima, do jeito que foi o programa”, explica Danton Mello.

“Esse Carnaval está trazendo uma alegria que acompanhou o programa ao longo dos anos. Estou chorando de emoção ao ver a beleza que se criou com esse movimento”, destaca Carol Portes, ao ver colegas de outras produções se juntarem ao coro. "Dar tchau dá uma sensação de fim de festa, sabe? Não sei exatamente o que estou sentindo. Isso não é só um programa de televisão. É um relacionamento de seis anos, de muito aprendizado que tivemos uns com os outros e de si mesmo. Nossa união é muito forte, o que nos emociona demais”, Renata Gaspar fala. 

"Acho que é sempre muito difícil terminar. Terminar de uma maneira irônica, brincando consigo mesmo e se divertindo com o próprio fim é bem a cara do ‘Tá no Ar’, então estou muito feliz com esse final que a gente criou. Tenho certeza de que o programa será muito divertido", complementa Mauricio Farias, diretor artístico e criador do programa ao lado de Melhem e Adnet. 

Além desse funeral às avessas, todo o programa derradeiro de ‘Tá no Ar’ trará a temática de “despedida”. O episódio resgata grandes finais que ficaram na memória do espectador, com desfecho de alguns quadros e personagens e até uma campanha dos atores em busca por futuros trabalhos. Um final surpreendente promete encerrar a trajetória da atração em grande estilo. 

‘Tá no Ar: a TV na TV’ tem direção artística de Mauricio Farias, direção de Felipe Joffily, Vicente Barcellos e João Gomez, redação de Alexandre Pimenta, Carolina Warchavsky, Daniela Ocampo, Edu Krieger, Leonardo Lanna, Luiza Yabrudi, Marcelo Adnet, Marcelo Martinez, Marcius Melhem, Maurício Rizzo, Renata Corrêa, Thiago Gadelha e Wagner Pinto, e redação final de Marcius Melhem e Marcelo Adnet.



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade