O Planeta TV

Priscila Fantin e Juliana Sana encaram lama no Esporte Espetacular

O quinto episódio da temporada da série Mulheres Espetaculares.

por Redação, em 01/06/2017
Publicidade

Foto: Divulgação/Globo

Depois de fazer yoga com Fernanda Lima na Índia, andar de caiaque com Nanda Costa, encarar o stand up paddle em mar aberto com Isis Valverde e lutar com Paola Oliveira, no quinto episódio da temporada da série Mulheres Espetaculares, a jornalista Juliana Sana tem pela frente um dos seus desafios mais difíceis. Ela convida a atriz Priscila Fantin para encarar com ela a Bravus Race, a maior prova de obstáculo do Brasil, onde os participantes, em sua maioria, são militares e atletas de ponta. Como a prova é colaborativa, Juliana e Priscila disputam em dupla. O desafio vai ao ar no ‘Esporte Espetacular’ deste domingo, dia 4 de junho.

“Gosto do desafio de fazer coisas que nunca fiz. Sempre malho de acordo com meus personagens, mas não tinha participado de algo assim. Eu e Juliana nos completamos, esse foi o segredo. Ela é muito melhor do que eu na corrida, nos últimos trechos quase me carregou. Eu tinha mais habilidade e força para superar os obstáculos. Fico arrepiada só de lembrar dessa parceria. Foi muito bonito cruzarmos juntas a linha de chegada”, afirma Priscila. 

O esporte sempre esteve presente na vida da atriz. Ela foi ginasta na infância, fez hipismo e praticou diversas modalidades. Foi o esporte também que a ajudou a superar uma depressão aos 25 anos, quando um diretor de teatro a convidou para fazer uma peça de teatro que misturava flamenco, parkour e esgrima. “Foram nove meses de ensaio e realmente foi o esporte que me trouxe de volta”, revela Priscila.

Juliana Sana e Priscila Fantin. Foto: Divulgação/Thais Taverna

Para se preparar para a prova, Juliana e Priscila fizeram durante uma semana um treino inspirado no crossfit, baseado na repetição de exercícios de força, habilidade e resistência. Elas foram treinadas por Camile Morales, atleta referência no crossfit nacional, que identifica as principais características e diferenças da dupla: “Priscila tem um pouco mais de força, de coordenação para passar pelos obstáculos, enquanto a Juliana tem mais resistência na parte aeróbica. Elas têm que se ajudar porque se completam”, compara.

Finalmente chega o grande dia: 57 participantes estão inscritos na Bravus, dos quais 12 são mulheres. Juliana e Priscila escolhem a categoria elite, a mais  difícil da prova, cheia de atletas profissionais. Todos largam juntos. E o objetivo da dupla é um só: completar a prova. São cinco quilômetros de corrida, alternados com 15 obstáculos, cheios de lama, peso, gelo, paredes e até choques elétricos. Quando não conseguem cumprir algum deles, os participantes pagam uma prenda. Depois de uma hora e quarenta minutos de prova, a dupla não apenas atinge o objetivo como ainda conquista um lugar no pódio.

O Esporte Espetacular vai ao ar na manhã de domingo, dia 4 de junho, depois do Auto Esporte.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Publicidade

Veja também

Publicidade