O Planeta TV

Popstar: Mouhamed, Renata, Samantha e Guizé

Globo divulga os perfis de mais quatro participantes do reality show.

por Redação, em 05/09/2018

Sergio Guizé. Foto: Globo/Paulo Belote

Eles têm perfis diferentes, mas estão unidos com um objetivo: se arriscar, se superar e enfrentar o friozinho na barriga de cantar ao vivo para o público do ‘PopStar’. A segunda temporada do reality musical, que estreia no dia 16 de setembro, reúne, além deles, Carol Trentini, Eri Johnson, Fafy Siqueira, Fernando Caruso, Jeniffer Nascimento, João Côrtes, Jonathan Azevedo, Klara Castanho, Lua Blanco, Malu Rodrigues, Mouhamed Harfouch, Renata Capucci, Samantha e Sergio Guizé. 

Formato original da Globo, o programa estreou em 2017 e chega em sua segunda temporada reunindo 14 talentos que se apresentam em números musicais e precisam conquistar as melhores notas: da bancada dos especialistas, composta por artistas e personalidades da cena musical e do entretenimento, da plateia interativa, que vota em tempo real no estúdio, e do público, através do site oficial da atração. No final da temporada, apenas um deles leva o título de ‘PopStar’

Conheça um pouco mais sobre os popstars Mouhamed Harfouch, Renata Capucci, Samantha e Sergio Guizé:

Mouhamed Harfouch

O ator descobriu o amor pela música através de uma relação espontânea com o violão na infância. “Hoje, não consigo me ver em um lugar sem que eu possa pegar o violão para dedilhar qualquer coisa – às vezes nem tocar, mas ficar com ele na mão. É uma coisa que me acalma”. Ele, que já protagonizou um musical, diz ter se inspirado nas performances de Thiago Fragoso na edição passada do programa para aceitar o desafio de participar do ‘PopStar’ este ano. “É uma grande oportunidade para me divertir e também de me jogar em algo que não tenho a menor ideia de como vai ser”, afirma. Seu estilo preferido é o rock, mas durante o processo de preparação está desconstruindo referências pessoais e permitindo redescobrir outros gêneros que fazem parte da sua história. Para o ator, ter o aparato de uma grande equipe ao seu lado é motivador. “É de uma beleza você estar aqui sabendo que as pessoas estão pensando como vai ser a sua banda, elaborar um arranjo feito especialmente para você, no seu tom”, detalha. Ser visto e ouvido por ídolos também é uma oportunidade fantástica para Mouhamed. “Eu sou fã louco do Nando Reis. Se eu passei a brincar de compor, foi porque sempre achei as letras dele sensacionais. Estar no programa significa que, pelo menos um dia na vida, as pessoas que a gente mais ouve na vida vão estar nos ouvindo também”, afirma.

Mouhamed. Foto: Globo/Paulo Belote

Renata Capucci

A jornalista tem uma playlist eclética, que vai de Arlindo Cruz a Barry White. “Ouço de tudo o tempo inteiro, mas o que gosto de cantar mesmo são músicas que me trazem alguma lembrança, que tem a ver com algum momento da minha vida. E é isso que vou cantar no ‘PopStar’: música afetiva. Como sou uma cantora amadora, vou me ancorar naquilo que tem algum significado ao meu coração”, ela diz. Sua relação com a música é antiga e influenciada por seus pais. “Minha mãe me levava muito a musicais, e para assistir balés. ‘Noviça Rebelde’ e ‘Xanadu’ são os filmes da vida, que têm a música como fio condutor. Isso, com certeza, veio muito da minha mãe”. Para o programa, Renata vai apostar nos pops antigos. Para ela, o desafio e a diversão em participar do ‘PopStar’ estão correndo juntos. “Ouvir a minha voz cantando (e não falada), me ver vestida de uma maneira diferente de como me visto no jornalismo, estar em um ambiente totalmente novo, essa expectativa de me ver no palco, tudo isso é muito desafiador e, ao mesmo tempo, muito divertido. E meu propósito principal aqui é, além de aprender, me divertir”, diz. 

Samantha 

“Minha vida sempre foi muito musical, porque meus pais me estimularam demais. Eles me levavam a shows desde que eu tinha quatro anos de idade”, conta a atriz, que sempre foi atraída pelo universo do palco e das canções. Na sua playlist – eclética – tem reggae, hip hop, MPB, black music, jazz. “E o que vou cantar no programa está totalmente ligado ao meu gosto musical. Terá um DNA de black music com muito metal. Pretendo caminhar por esse R&B, mesmo que seja em outros estilos”, entrega. Samantha quer fazer grandes apresentações a cada domingo. “Não posso fazer feio. Sinto essa responsabilidade porque as pessoas me conhecem trabalhando com a música também. Mas eu tenho essa preocupação em tudo o que faço, de sempre dar o meu melhor”. Ela acredita que a oportunidade de estar no ‘PopStar’ surgiu porque ela, ao longo de sua carreira, se preparou. “Estou sempre tentando me aprimorar para manter o meu talento lapidado. Estou sempre preparada para as oportunidades que aparecem, e não me preparando porque simplesmente apareceu uma oportunidade”. 

Sergio Guizé

Música cubana, rock antigo, jovem guarda, MPB e música para meditação são alguns exemplos do que toca na playlist de Sergio Guizé. “Para mim, música é respiração. Dependendo do momento em que estou, mudo o ritmo, coloco um blues ou acelero para um rock inglês”. O ator tem várias referências musicais e admira artistas como Belchior, Chico Buarque, Itamar Assumpção, Arnaldo Antunes, Chico César. “Minha referência é um pouco de tudo, estou sempre buscando músicas novas e de outros países. Gosto muito também da música argentina, francesa, portuguesa. Estou sempre investigando”, conta. No programa, ele vai se apresentar com seus companheiros de banda, Tio Che. “Estamos ensaiando muito e está sendo muito boa essa proximidade ainda maior com os meus amigos”. Os números que estão preparando são de canções conhecidas do público, mas com uma roupagem diferente. “Vamos tocar artistas que admiramos e queremos deixá-los felizes com o resultado. A ideia é buscar outras sonoridades para conhecidos sucessos, mas não pretendemos fugir do rock”. Superar a ansiedade e alcançar milhões de pessoas com leveza e alegria são os objetivos de Guizé no programa. Seu ponto forte sobre os outros concorrentes, segundo ele, é a energia e a sintonia que tem com sua banda. 

O ‘PopStar’ é um formato original e estreia em 16 de setembro. O programa tem direção artística de Creso Eduardo Macedo, direção geral de Flavio Goldemberg e apresentação de Tais Araújo com Tiago Abravanel.



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade