O Planeta TV

O Sétimo Guardião: A vilã Valentina Marsalla

Saiba mais sobre a vilã da próxima novela das nove da Globo.

por Redação, em 11/10/2018

Foto: Globo/João Cotta

Valentina Marsalla (Lília Cabral) é daquelas pessoas que apenas com o olhar conseguem demonstrar todo o desprezo que sentem pelo restante da humanidade – pelo menos é essa a imagem que ela gosta de manter. Famosa empresária do ramo de cosméticos, ela sabe que nada nessa vida vem de forma fácil e é capaz de qualquer coisa para garantir que ninguém atrapalhe seus planos. O principal deles é o casamento de seu filho, Gabriel (Bruno Gagliasso), com Laura (Yanna Lavigne). Para Valentina, essa união é muito importante, principalmente porque a jovem é filha do milionário Olavo de Aragão Duarte (Tony Ramos), e a união das famílias representa a salvação de sua situação financeira, que atualmente não é das melhores.

Mas, para desespero da empresária, pouco antes da cerimônia, Gabriel desiste de se casar e vai embora sem dizer para aonde nem o motivo. Essa atitude faz com que um filme triste se repita na memória de Valentina. O rapaz nunca soube, mas, na juventude, a mãe foi abandonada no altar por Egídio (Antonio Calloni) e fugiu de Serro Azul jurando nunca mais voltar. "Por causa desse trauma do passado e da atitude de Gabriel quando ele está prestes a se casar e resolver os problemas financeiros dela, Valentina se transforma naquilo que provavelmente sempre foi: uma mulher amarga, sofrida, vingativa e sem compaixão", analisa a atriz Lília Cabral. 

Foto: Globo/João Cotta

Depois de decidir, mesmo que de forma inconsciente, mudar os rumos de sua vida, Gabriel dirige em direção a Serro Azul, sem nunca sequer ter ouvido falar da cidade. Seu único objetivo é entender o que o atrai para aquele lugar. Quando Valentina descobre o paradeiro do rapaz, é tomada por uma enorme fúria: como é possível que seu filho tenha ido justamente para o lugar que ela jurou nunca mais colocar os pés? Isso não pode ficar barato. Contrariada, a empresária pede a Clotilde (Adriana Lessa), a única pessoa de sua terra natal com quem ainda mantém contato, que prepare tudo para seu retorno que, é claro, tem que ser triunfal. "O Aguinaldo tem uma forma de escrever que é um deleite. As maldades da personagem vão acompanhando a cabeça dele, que é um autor criativo e muito bem-humorado", ressalta Lília.

‘O Sétimo Guardião’, próxima novela das nove, é uma obra de Aguinaldo Silva com direção artística de Rogério Gomes. A trama tem previsão de estreia para novembro.



Comentários (2) Postar Comentário

gui comentou:

Espero que não seja apenas uma promessa de vilã como a Maria Marta de Império (2014) fora....

Geraldo comentou:

Lilia, Calloni e Bruno em "trio" é uma aposta ao fracasso: Lilia tem dominio em cena; Bruno geralmente interpretando playboy e Calloni geralmente aquela interpretação de "italiano canastrão", ou seja, são heterogêneos demais para circularem mesmo núcleo. Faz lembrar a Isis, Fiuk, Paola e Pigossi, em que os dois últimos tinham que conter talento em cena, quando juntos, pela fraca atuação artistica que oferece Isis e Fiuk.

Veja também