O Planeta TV

Miguel Falabella escreverá série inspirada em tweets

Arlete Salles e Aracy Balabanian devem ser as protagonistas do projeto.

por Redação, em 12/09/2018

Miguel Falabella. Foto: Divulgação/TV Globo

Miguel Falabella vai escrever uma nova série para Globo. Trata-se de uma demanda a convite de Gloria Perez. De acordo com informações do jornal O Globo, a trama narrará a rivalidade de décadas entre duas vizinhas. A história será inspirada, veja só, em tweets postados por Eduardo Almeida, que vem a ser o neto de uma delas.

Para os papéis centrais, Miguel teria sugerido os nomes de Arlete Salles e Aracy Balabanian.

Miguel vai criar outras personagens para interagir com as protagonistas. A produção será intitulada “Eu, minha avó e a Boi”. Uma das protagonistas tem o apelido de “Boi”, daí o nome do programa.



Comentários (4) Postar Comentário

amigo tv tudo comentou:

AMO AS SERIES DO MIGUEL!!!

Rita comentou:

Adoro as séries dele!

João comentou:

Ele é péssimo pra escrever novela, mas série! Eu não perdia "A Vida Alheia" e " Pé na Cova". Tomara que essa seja boa.

Heloísa Moura comentou:

As séries dele são ótimas e muito cativantes. Já em novelas ele tem um desempenho questionável. A Lua me Disse foi ótima, elevou a audiência do horário na época, mas foi aquela comédia rasgada com personagens de nome esquisito, todos falando aos berros, figurino extremamente colorido e extravagante que agradou o público mas alguns críticos não aprovou o universo da novela criado por Miguel Falabella. Foi a cara do horário das 19h. Na minha opinião, foi um alívio ver aquela novela solar após a pretensiosa e soturna Começar de Novo. Em 2008, ele sofreu uma derrocada em sua carreira de novelista com a fajuta Negócio da China. Convenhamos, aquela novela foi dose hein. Daria certo no horário das 19h, mas a novela foi tão mal desenvolvida que seria melhor nem ter ido ao ar. Parecia que tinha sido feita às pressas. Muitas vezes, recebia com 26 pontos de Malhação e derrubava para 18 em poucos minutos, sendo que o ideal seria elevar. Uma bomba. Fracassou com toda razão. Em 2011, Miguel teve a chance de se redimir com o público e com a critica e escreveu Aquele Beijo. Eu particularmente adorei a novela, tinha uma pegada de A Lua Me Disse, mas com o passar dos capítulos foi se mostrando frágil e limitada a embates pouco convincentes entre os protagonistas. Em consequência disso, o público abandonou a trama! Começou com 35 pontos e logo na segunda semana já caiu para 25/26, perdendo seu embalo e encanto. Foi considerada um fracasso de audiência, considerando que na época a meta do horário era 30 pontos. Porém com suas desventuras na áreas de novelista, Miguel cumpre com louvor o seu ofício de roteirista de séries. As de maiores sucesso dos últimos 10 anos foram escritas por ele vide Toma Lá Dá Cá, Pé na Cova e A Vida Alheia, em parceria com Carlos Lombardi.

Veja também