O Planeta TV

Marcos Pasquim estreia no horário nobre com personagem gay

"O Carlos vai se descobrir com olhares, com silêncio”, disse o ator.

por Sergio Gustavo, em 11/03/2015

Foto: Divulgação/TV Globo

Marcos Pasquim fez uma carreira repleta de protagonistas e personagens relevantes dentro das novelas que participou, especialmente no horário das 19h. Entre os destaques estão Kubanacan (2003) e Morde & Assopra (2011). Também protagonizou a minissérie O Quinto dos Infernos (2002) e o seriado Guerra e Paz (2008), ambos da profícua parceria com Carlos Lombardi. Depois de Saramandaia (2013), de Ricardo Linhares, foi convidado para Babilônia, sua primeira novela das nove. "É um horário novo para mim. Estou amando. A novela tem uma galera muito interessante e trabalhar com o Dennis (Carvalho, diretor) é muito bacana. O astral da novela é bacana, sabe? Estou muito animado", disse ao Portal IG.

Famoso por personagens mulherengos, Pasquim vai interpretar um gay na trama. "Sem ter a bengala do trejeito é bem mais difícil interpretar, porque é preciso mostrar internamente o conflito dele. Se uma pessoa começa a conversar com você sem trejeito, você nunca vai rotular se é gay ou não. O Carlos vai se descobrir com olhares, com silêncio", revelou o ator. Carlos é casado com uma mulher e pai de família, mas vai se apaixonar por Ivan, gay assumido vivido por Marcello Melo Jr.

"O que eu acho é que esse tipo de situação, de ter um cara casado, com filhos, que depois quer ser livre para viver suas escolhas é muito comum, mais do que se imagina. Nosso objetivo é tentar fazer a coisa sem trejeitos", revelou Pasquim. "Teve uma coisa que eu li e não gostei. Falaram que vou fazer ‘o machão’ da relação. Não é isso. Ele é um cara normal que mais lá na frente vai falar ‘eu te amo’ para outro cara. O sentimento não tem trejeito", concluiu.

Sobre um possível beijo entre os personagens, Pasquim foi direto. "Estou a serviço da arte. Se precisar, 'vambora'".

Babilônia estreia na próxima segunda, dia 16, e já deve contar com um selinho entre as personagens de Nathalia Timberg e Fernanda Montenegro.



Publicidade

Comentários (2) Postar Comentário

Marco comentou:

Até que enfim os gays sendo tratados com seriedade e o respeito que merecem em uma novela no Brasil.

bufo comentou:

Finalmente uma novela das nove pro Marcos brilhar, tava mais do que na hora de receber essa oportunidade.

Veja também

Publicidade