O Planeta TV

Marcos Bernstein se inspira em três obras de Jane Auste

Orgulho e Paixão é o título provisório da novela das seis.

por Redação, em 11/09/2017

O autor Marcos Bernstein. Foto: Globo

Para a novela das seis, o autor Marcos Bernstein vem se inspirando em três obras de Jane Austen:  “Orgulho e preconceito”, “A Abadia de Northanger” e “Razão e sensibilidade”.

Mariana, personagem de Chandelly Braz, por exemplo, é uma referência a “Razão e sensibilidade”. Com informações do jornal O Globo.

A novela, com título provisório de Orgulho e Paixão, tem previsão de estreia para março de 2018. Thiago Lacerda e Malvino Salvador, Nathalia Dill, Vera Holtz, Tato Gabus Mendes, Ary Fontoura, Isabella Santoni, Gabriela Duarte são outros nomes confirmados para o folhetim.





Comentários (5) Postar Comentário

Bernardo comentou:

O elenco está ficando top Gabriela Duarte, Isabela Santoni e Chandelly Braz serão filhas da Vera Holtz e Ary Fontoura, estão cotadas ainda, Maria Helena Chira para ser Jane a filha mais velha do casal, a mais bonita tbm e a única loira da familia, Juliana Paiva e Bianca Muller.

Mario comentou:

esta novela, além de ter uma trama familiar, que sempre é interessante,
tem por objetivo lançar os novos nomes em papeis maiores até para preparar
novas atrizes para estrelar as novelas, porque Isabele Drumond é talentosa,
mas tem sido uma overdose dela, que junto com a marina e a bruna marquezini,
tem sido as principais apostas da globo.
maria helena chira é a que fez a adorável camila em tititi. gostei dela.
bianca muller é carismatica, mostrou isso em a lei do amor.
e a juliana paiva já protagonizou além do horizonte, do mesmo autor.
senti falta de flávia alessandra nesta novela.

Gabriel Barbosa Saboya comentou:

Nathalia Dill Confirmada Em Orgulho E Paixão Já Tem Isabela Satony E Mariana Rios E Shandeli Braz Não Consigo Entender Isso Tem Tanta Novela Para Nathalia Dill Para Emendar Orgulho E Paixão

Cida comentou:

E enquanto isso, clássicos da literatura brasileira são postos de lado pra dar valor ao que vem de fora... Realmente o Brasil não se conhece, e nem se valoriza. Lamentável

Mario comentou:

Acho que isso poderia se aplicar a Record ou outras, mas nao a Globo.
Já fizeram tantas obras literárias, O tempo e o vento, A casa das 7 mulheres, Tereza Batista, Tieta do Agreste, Dona Flor e seus dois maridos, Escrava Isaura, Tenda dos Milagres, O mar morto, Primo Basílio, entre outras...

Veja também