O Planeta TV

Globo exibe Presença de Anita nesta sexta-feira

Telefilme será levado ao ar após Império, no festival Luz, Câmera 50 Anos

por Redação, em 16/01/2015

Com a autoria de Manoel Carlos e direção de Ricardo Waddington e Alexandre Avancini, o público poderá rever Mel Lisboa em Presença de Anita, no papel da jovem provocante no festival Luz, Câmera 50 Anos, nesta sexta-feira (16), às 22h20, logo após Império.

A trama começa quando Lúcia Helena (Helena Ranaldi) e Fernando (José Mayer), em crise conjugal, resolvem viajar com a família para fugir da violência da cidade grande. Ela é uma mulher bonita, porém, insegura, que sofre com o fracasso de seu casamento. Fernando é um arquiteto com aspirações literárias que não consegue concluir o primeiro livro.

Com a proximidade das festas de final de ano, Lúcia decide ir para sua cidade natal, Florença, no interior de São Paulo, onde moram seu pai e suas irmãs. Os planos da família, no entanto, são interrompidos pela chegada da jovem Anita (Mel Lisboa) à cidade. Bonita e muito sensual, ela se muda para um sobrado onde, no passado, aconteceu um crime passional. Anita é ao mesmo tempo cândida e provocadora; parece ingênua, mas é extremamente lasciva. A única coisa que se sabe sobre seu passado é que viveu com um artista plástico, Armando (Paulo César Pereio), muito mais velho do que ela, a quem conheceu quando tinha apenas 12 anos de idade.

Ao conhecer Anita, Fernando acredita ter encontrado a grande inspiração que lhe faltava para começar seu novo romance. E, a partir daí, assistimos à crescente obsessão de Fernando por Anita. Maliciosa e manipuladora, ela se empenha em atrapalhar seu casamento.

Ela também transforma a vida e a rotina dos moradores da pacata Florença. Um deles é Zezinho (Leonardo Miggiorin), o tímido ajudante da mercearia que fica em frente ao sobrado, que se apaixona perdidamente por Anita, mas não consegue se declarar. Percebendo seu interesse, a jovem inicia um jogo de sedução com o rapaz.


Publicidade

Comentários (2) Postar Comentário

ricardo comentou:

Quero ver todo mundo que há um tempo atrás crucificou o Manoel Carlos agora elogiando esse excelente autor e com vários trabalhos de prestígio na emissora que são maiores do que qualquer erro!!

Guilherme comentou:

A iniciativa e a maioria das minisséries exibidas são ótimas, mas, sinto muita falta de "Capitu". Gostaria que essa minissérie fosse exibida no festival também.

Publicidade

Veja também

Publicidade