O Planeta TV

"Era Uma Vez..." estreia em janeiro no Canal VIVA

Saiba a data de estreia da reprise.

por Redação, em 18/12/2020
Publicidade

Foto: Divulgação/Globo

A partir do dia 4 de janeiro, o Canal VIVA dará início à reprise de "Era Uma Vez", novela escrita por Walther Negrão e estrelada por Herson Capri e Drica Moraes. O folhetim será exibido de segunda a sábado na faixa da 12h30, com reprise a partir da 1h.

Com direção geral de Rogério Gomes, “Era uma vez” se passa na cidade de Nova Esperança, no interior do sul do país. Conta a história de Madalena (Drica Moraes), que para fugir do marido, o possessivo Danilo (Tuca Andrada), viaja para a Europa na companhia do amigo Maneco Dionísio (Antonio Calloni). Lá, eles se sustentam trabalhando como artistas de rua. Mas Danilo descobre o paradeiro dos dois e eles resolvem voltar clandestinamente ao Brasil. Disposta a não mais voltar para o marido, Madalena aceita um emprego de governanta em Nova Esperança. Ela vai viver na mansão do poderoso Xistus (Cláudio Marzo), onde passa a cuidar dos netos de seu patrão: Glorinha (Luiza Curvo), Zé Maria (Alexandre Lemos), Marizé (Alessandra Aguiar) e Fafá (Pedro Agum), órfãos de mãe. O pai das crianças é o veterinário Álvaro (Herson Capri), que mora num sítio com seu pai Pepe (Elias Gleiser). O viúvo está noivo da ardilosa Bruna (Andréa Beltrão), filha de seu patrão Rudy (Jorge Dória), um homem falido que vive de aparências. Com a transferência de Madalena para Nova Esperança, Maneco Dionísio, seu fiel e inseparável amigo, também decide morar na mesma cidade. Ele encontra abrigo na casa de Dona Santa (Nair Bello), a matriarca da família Zanella, mãe de Tito (Luciano Vianna), da sensata Emília (Deborah Secco) e do mau-caráter Horácio (Marcos Frota). Santa é irmã de Frei Chicão (Diogo Vilela), um franciscano que é obrigado a dividir o seu quarto com Maneco. No entanto, a chegada dos dois forasteiros modifica a rotina dos habitantes da pequena cidade. O velho e rigoroso Xistus se apaixona por Madalena, mas não é correspondido. A governanta ama Álvaro. Inconformados, Xistus e Bruna se unem para lutar contra esse amor. Madalena também vai demorar a ser feliz ao lado do veterinário e as coisas pioram quando Danilo descobre aonde ela vive depois do exílio europeu.

“Era uma Vez” revive também os personagens Shazan (Paulo José) e Xerife (Flávio Migliaccio), que encantaram as crianças dos anos 70. A idéia de trazer de volta os personagens foi de Walther Negrão, também o autor de “O Primeiro Amor” (1972), novela em que eles apareceram pela primeira vez. Depois, a dupla ganhou seriado próprio, "Shazan, Xerife e Cia.", que ficou na Globo até 1974. Na participação de “Era uma Vez”, Shazan e Xerife, atrapalhados como sempre, estão perdidos, brigam para achar o caminho e encontram Maneco, que os leva até a cidade Nova Esperança. De lá, eles se despedem dizendo que vão rever velhos amigos e saem em sua camicleta apitando e soltando fumaça. Originalmente a trama de Walther Negrão foi exibida de março a outubro de 1998 e teve 160 capítulos.

Leia também:

'O Beijo do Vampiro' voltará ao ar no Viva em fevereiro de 2022

Canal VIVA reprisará as novelas "Cara & Coroa" e "Locomotivas"

"Alma Gêmea" sucederá "Da Cor do Pecado" no Canal VIVA


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (2) Postar Comentário

Júlia N. comentou:

Amei a notícia. Novela leve, alegre, romântica com pitada de mistério. Tomara que depois venha SONHO MEU , CORAÇÃO DE ESTUDANTE E OUTRAS.


vlad respondeu:

Depois virá Sonho Meu e em fevereiro de 2022 Beijo do Vampiro


Mario comentou:

Ja na espera por Sonho Meu e estas novelas do meio-dia
e meia poderiam ser reprisadas depois da ultima novela
da noite, hoje seria Sassaricando


Publicidade

Veja também

Publicidade