O Planeta TV

Em baixa no Painel Nacional de Televisão, Éramos Seis será modificada

A novela sofrerá alterações pontuais para tentar conquistar a atenção do público.

por Redação, em 01/01/2020

A tristeza de Lola (Gloria Pires). Foto: TV Globo

Em São Paulo, “Éramos Seis” [ainda] registra uma audiência razoável. Porém, em outras capitais a novela das seis da TV Globo vai mal (muito mal). Conforme OPTV vem informando há algumas semanas, a adaptação – escrita por Angela Chaves e estrelada por Gloria Pires – registra índices assustadores em, no mínimo, seis capitais: Goiânia, Belo Horizonte, Distrito Federal, Salvador, Fortaleza e Manaus.

Em Goiânia, até o momento, o melhor desempenho semanal foi de 14 pontos, mas já chegou a registrar apenas 10. E pior: há duas semanas, “Éramos” não aparece no ranking das mais vistas em nível nacional (PNT).

Com 50 capítulos exibidos, “Éramos Seis” acumula 21 pontos de média na Grande São Paulo. Porém, desde segunda (25/11), vem apresentando oscilações [para baixo] em dias úteis.

Para tentar melhorar o desempenho de “Éramos” no Painel Nacional de Televisão (PNT), a direção da TV Globo vai realizar ajustes pontuais na narrativa do remake, com base numa pesquisa de satisfação (grupo de discussão). A princípio, as mudanças visam dar agilidade à história e personalidade a alguns perfis.

Silvio de Abreu, que vendeu a novela para a Globo, segundo consta, auxiliará Angela Chaves nestas modificações.

O último capítulo de “Éramos Seis”, se nada alterar, está previsto para ir ao ar no dia 27 de março.



Publicidade

Comentários (8) Postar Comentário

Nando Lopes comentou:

Há tempos algumas cidades não apresentam boa audiência no horário novela das 6. São cidades que o público é fiel ao jornalismo policial que passa no horário. Para a Globo e canais que vivem de publicidade, é mais fácil vender publicidade no horário de novelas do que no horário de jornais policiais. Além do mais, com o aumento de assinaturas da Globoplay, a tendência é estacionar ou até reduzir a audiência das novelas na TV. O que não significa que elas são menos vistas. A Globo chega a adiantar os capítulos para assinantes da Globoplay.

Televisivo comentou:

Um pecado mexerem. A novela não tem nada de errado, é boa, tem um andamento de uma narrativa que não se vende para viradas mirabolantes, elenco e direção sob medida. Eu considero uma boa novela para o horário. Injustiçada!


Pedro respondeu:

Concordo com a sua sensatez, Televisivo. Aliás, e com boa parte de tudo que você escreve aqui. As pessoas se acostumaram com outro formato de novela, mas ágil e cheia de ganchos, e estranham quando uma narrativa mais lenta, à moda antiga, entra em cartaz. A novela, dentro da sua proposta, é irretocável.


Fabrício comentou:

kakaakak bem que este site avisou que o ibope está na lama em nível nacional. A poderosa globo vai mexer tarde demais. E que agilizem logo com a novela da Manu, que não está legal.

Mario comentou:

Nao se fazem mais novelas como antigamente.
Mesmo que seja de época. Ah dona Globo, estamos na epoca
da tecnologia, HD, etc. Chega de novelas sem cor.


canal viva respondeu:

meu nome é canal viva, muito prazer!


Felipe Ricardo comentou:

Éramos Seis: tristeza sem fim... humor na vibe só rindo pra não chorar vs Amor de Mãe: realidade que assusta, humor subentendido sem ser forçado
Bom Sucesso a melhor que mescla humor, drama, sensibilidade, sutilidade e uma temporada boa de Malhação.
A Malhação Toda forma de amar é pura enrolação sem histórias para contar... seguraram a entrada do vilão Rui, novo Samurai até a metade da trama e vilã atirada e atrevida tirada do éter para mexer na história dos protagonistas, que nem aconteceu com o Rodrigo e a Luciana de Seu Lugar no Mundo com a chegada da vilã Flávia

Setembrino comentou:

Opa! o Silvio de Abreu vai mexer na novela? então veremos cenas de torta na cara perseguição com calhambeques e correria nas ruas. Como se dizia naquela época, será da fuzarca!

Mag Gama comentou:

Vão chamar o Carrasco. Aliás ele iria adorar essa novela de época.

Andre Luiz comentou:

Eu acho que com a baixa audiência pode ser encurtada em uma semana.

Veja também

Publicidade