O Planeta TV

Em 1998, "Era Uma Vez..." não fez sucesso de audiência

A novela está em cartaz no Canal VIVA, na faixa das 12h30.

por Redação, em 17/01/2021
Publicidade

Foto: Divulgação/TV Globo

Em 1998, a Globo produziu "Era Uma Vez...", que atualmente está em cartaz no Canal VIVA na faixa das 12h30. Na época, a novela de Walther Negrão não fez sucesso de audiência. Ela foi a substituta de "Anjo Mau". A sua média geral de audiência foi de 29,6 pontos. "Anjo Mau" entregou o horário com 32 pontos.

Em 2007, "Era Uma Vez..." foi reprisada no "Vale a Pena Ver de Novo" e obteve apenas 18 pontos, o que era baixo para época, tanto que foi compactada em 69 capítulos.

A novela conta a história do viúvo Álvaro (Herson Capri) que mora com seus quatro filhos - Glorinha (Luiza Curvo), Zé Maria (Alexandre Lemos), Marizé (Alessandra Aguiar) e Fafá (Pedro Agum) - no modesto sítio de seu pai, Pepe (Elias Gleizer). O rico e poderoso Xistus (Cláudio Marzo) - avô materno das crianças e dono da fábrica de chocolates da cidade - contrata Madalena (Drica Moraes) para trabalhar como governanta em sua casa. Com seu jeito espontâneo, logo cativa os filhos de Álvaro, que também se apaixona por ela. Quem não gosta nada disso é Bruna (Andrea Beltrão), namorada de Álvaro. O elenco também conta com Nair Bello, Tuca Andrada, Cláudio Heinrich e Nívea Stelmann.

"Era Uma Vez" marcou a primeira protagonista de Drica Moraes em uma novela da TV Globo.

No VIVA, "Era Uma Vez..." ficará no ar até o dia 10 de julho. O VIVA ainda não confirma, mas tudo indica que "Sonho Meu" será a próxima trama em cartaz às 12h30.


Deixe o seu comentário


Publicidade


Comentários (6) Postar Comentário

Santiago comentou:

Acho intrigante que 18 pontos não era sucesso e hoje é nem faz tanto tempo assim. Teve novelas piores que Era uma Vez... Que fez pior e foi compactada em 2007, acredito que é uma novela leve, alto astral e apaixonante.


Carmella Roriz respondeu:

uma observação 18 pontos ERA SUCESSO. a meta era 18 fora que a novela é curta. tem 160 capitulos na versao original. a versão da reprise teve 69 pq os capitulos de 1998 tinham 35 minutos e os da reprise acima de 1h


vlad comentou:

Bem, tem que considerar que ela foi uma novela dentro da media, aceitável, infanto -juvenil e dentro de padroes normais. Não foi um ícone, simplesmente, mas nada contra sua reprise, ainda mais num horario alternativo.


Carmella Roriz respondeu:

sim ela foi sucesso tanto em 1998 quando em 2007


Vinícius comentou:

Sugiro reverem suas fontes. Não foi um estrondo, mas Era Uma Vez teve na época uma audiência aceitável sim!
Fracasso foi sua substituta, Pecado Capital e em seguida Força de um Desejo, apesar de ter sido esticada e aclamada pela crítica.


Marcos respondeu:

Força de um Desejo foi um grande sucesso sim. Uma ótima novela de época do Gilberto Braga para o horário das 18h. Era uma Vez foi fraca e sem sal.


Lauro comentou:

Manchete tendenciosa. ERA UMA VEZ... teve uns centésimos a menos de audiência que O CRAVO E A ROSA que é considerada sucesso.
O CRAVO E A ROSA teve mais repercussão porque a Globo a reprisou mais vezes.
Você esqueceu de falar em quanto ela entregou pra PECADO CAPITAL que também foi sucedida por FORÇA DE UM DESEJO, ambas consideradas "fracassos" de números.


Carmella Roriz respondeu:

zzz


Norberto Hecktor Junior comentou:

Materia desinfirmada. Em 2007 a meta do vale a pena era 18 pontos e Era uma Vez fechou com 18.31... Logo, ela nao ficou abaixo. Affs.
Aconcelho a fazer pesquisas serias. Pegar informações do kantar (que é o responsavel pela medição) ou ate mesmo do Gabriel Farac


Norberto Hecktor Junior respondeu:

Materia desinformada. Em 2007 a meta do vale a pena era 18 pontos e Era uma Vez fechou com 18.31... Logo, ela nao ficou abaixo. Affs. Aconselho a fazer pesquisas serias. Pegar informações do kantar (que é o responsavel pela medição) ou ate mesmo do Gabriel Farac


Carmella Roriz comentou:

tirou do ***** né? em 1998 fechou na meta. em 2007 TAMBÉM fechou na meta. derrubou DOIS pontinhos em 1998 e um pontinho em 2007. ahh ohh que fiasco.
publicação enganosa.


Publicidade

Veja também

Publicidade