O Planeta TV

Duas eliminatórias e anúncio ao vivo do ganhador são destaques do Made in Japão

Sabrina Sato faz sua primeira apresentação solo em tempo real ao interagir com finalistas no palco e com demais por telão.

por Redação, em 26/06/2020

Está chegando o grande dia! É neste sábado (27/06), às 22h30, a eletrizante final do Made in Japão, reality show valendo R$ 500 mil comandado por Sabrina Sato, na Record TV! No mesmo episódio, os nove famosos que concorrem ao prêmio passam por eliminatórias que, de três em três candidatos, desclassificam parte do elenco até que sobre apenas o trio do pódio. A prova decisiva já foi gravada, mas seu resultado é segredo guardado a sete chaves: o nome, ainda desconhecido por todos, de quem ocupará o topo da plataforma só será revelado em tempo real, marcando a estreia solo da apresentadora no formato ao vivo! 

"A expectativa é das melhores. É muito gratificante finalizar ao vivo esse trabalho, construído desde o início e com perfil inédito no Brasil. É um enorme desafio, mas estou preparada!", anima-se Sabrina.

Todos os protocolos de segurança e distanciamento serão obedecidos nas gravações em estúdio. Pelo mesmo motivo, os seis participantes que não chegarem à última fase da disputa marcarão presença no programa apenas por meio de um telão. De casa, eles se conectarão a uma plataforma de vídeo.

DINÂMICA

Com adrenalina sobrando ao longo das quase duas horas de atração, não vão faltar lances empolgantes para torcidas vibrarem de casa. Será esta a primeira vez no jogo que participantes deixarão, por regra, a casa japonesa que vêm compartilhando ao longo de quase um mês de muita interação e turbulência. Será uma fase difícil, pois as emoções estarão afloradas tanto pelas questões pessoais quanto pelas competitivas.

No momento, brigam pelas vagas na semifinal os atletas Richarlyson, Daniele Hypólito e Maurren Maggi; a mãe da cantora Ludmilla, Silvana Oliveira; os ícones televisivos da virada do século Luiza Ambiel e Flávio Mendonça; o ator Gui Santana; a ex-panicat Babi Muniz e o ex-namorado de Sabrina, Dhomini. Vale lembrar que Quitéria e Sérgio se desligaram por questões alheias ao regulamento.

"Parece brincadeira de criança, mas as provas são pesadas! Tem gente cansada, e  é mentalmente enlouquecedor! (risos) Mas tem sido uma ótima oportunidade de crescermos como seres que convivem uns com os outros", resume Dhomini, sobre o jogo como um todo.

Assim como outros jogadores, Flávio concorda com o colega ao avaliar a trajetória do programa desde o início: "Tudo é muito desafiador e tem sempre uma malícia: muito óleo e sabão, que fazem escorregar, roupas que dificultam demais, tempo curto... São desafios alucinantes, e ninguém está ali de brincadeira!".

Logo após a segunda prova que vai ao ar neste fim de semana, só avançarão à etapa seguinte os seis primeiros colocados na tabela da divertida gincana maluca que conduz o reality; desses seis, apenas três serão classificados à fase decisiva. Esse trio de finalistas, que já gravou a disputa com muita antecedência (em fevereiro), estará no palco do programa para, frente a frente com Sabrina, descobrir quem se deu melhor e vai embolsar, portanto, o meio milhão de reais em jogo. 

Para a apresentadora, o saldo desta temporada não poderia ser mais positivo: "Este foi um programa que abordou, além da disputa, muita informação sobre a cultura japonesa. Também promoveu a interação entre um time de participantes que são tão diferentes e únicos. Com certeza a emoção virá à tona quando eu anunciar o prêmio olhando para os finalistas ali na hora".

 

Mais sobre o “Made in Japão”
Formato inédito no Brasil, trata-se de um game, capitaneado por Sabrina Sato, em que celebridades disputam o prêmio de R$ 500 mil enfrentando as mais loucas provas em estilo japonês. O desafio vai muito além dos jogos, já que os famosos têm de morar juntos, aguentando a pressão da competição e da convivência. É a versão brasileira da atração nipônica “Big in Japan”, produzida, aqui, pela Floresta Produções. O anfitrião Yoshi e o juiz sem noção Mr. Fu, ambos japoneses, apresentam o quadro ao lado de Sabrina, que conta com a ajuda, ainda, de assistentes ninjas apelidados de Japaquitos. Supervisão de Rodrigo Carelli, diretor do núcleo de realities da emissora.

 

EM NÚMEROS ATUALIZADOS

23 de maio foi a reestreia do Made In Japão, e
22:30 é seu novo horário de exibição, agora aos sábados.
9 participantes, neste momento, concorrem ao prêmio de 
500 mil reais.
70 torcedores divididos em
2 arquibancadas animam a competição, realizada em estúdio de
370 m² da GGP, em Alphaville.
24 provas, no total, serão realizadas até que
1 competidor saia vitorioso. Neste sábado, 
27 de junho,
3 finalistas fazem a prova decisiva, após a eliminatória com
6 semifinalistas. Até este momento, em casa de
186 m² montada em estúdio, o elenco permanece confinado por
25 dias em ambiente que contempla



Publicidade

Comentários (0) Postar Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Veja também

Publicidade